Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco defronta misto do Petro

Melo Clemente - 16 de Julho, 2018

Pupilas de Elisa Pires limam arestas com vista o Mundial de Minsk

Fotografia: kindala Manuel|Edies Novembro

A Selecção Nacional de basquetebol feminina de Sub-17 defronta hoje, a partir das 9h00, no Pavilhão Anexo número dois da Cidadela Desportiva, o Misto do Atlético Petróleos de Luanda (juvenis e juniores masculinos), desafio enquadrado no âmbito da sua participação na fase final do Campeonato do Mundo da categoria, prova a decorrer de 21 a 29 do mês em curso, em Minsk, capital da Bielorrússia.
Com o grupo definido para a aludida competição, que arranca no sábado, naquele país da Europa Oriental, a seleccionadora nacional, Elisa Pires, que viu o estágio pré-competitivo abortado, alegadamente, por falta de verbas, tem aproveitado os jogos de controlo para corrigir eventuais debilidades que o grupo ainda apresenta, nesta ponta final da sua preparação.
Apesar de reconhecer que o estágio pré-competitivo proporcionaria às suas meninas mais traquejo, dado o nível de exigência do Campeonato do Mundo, a técnica angolana que conseguiu o passe para a fase final da prova, mercê do segundo lugar alcançado no Campeonato Africano das Nações de Sub-16, vulgo Afrobasket, competição que se disputou em Maputo, capital moçambicana, a Selecção Nacional vai procurar fazer o seu melhor, que passa por não perder por números expressivos diante das suas adversárias da fase regular.
A integração da Rafaela Henriques, à pouco menos de uma semana do embarque do cinco nacional para o local da competição, aumentou o leque de opções da seleccionadora nacional, na posição um (base).
Com o trabalho praticamente finalizado, Elisa Pires e os seus colaboradores vão aproveitar os dias que restam para limar as últimas arestas.
No desafio de hoje, frente ao Misto de juvenis e juniores da formação do Atlético Petróleos de Luanda, a seleccionadora nacional vai mais uma vez aferir o potencial da sua rapaziada, que está  ansiosa para fazer a estreia, numa fase final de Campeonato do Mundo a nível de Sub-17.
À entrega das atletas, durante o período de preparação que decorre em Luanda, mais concretamente no Pavilhão Anexo da Cidadela Desportiva, deixa satisfeito a equipa técnica nacional que augura uma boa participação na competição.
Entretanto, Angola e Mali serão os representantes do Continente  Africano no  Campeonato do Mundo de Minsk, Bielorrússia. As malianas são as actuais campeãs africanas, na categoria de Sub-16, ao passo que as angolanas são as vice -campeãs.
A delegação angolana deixa o país com destino a Minsk, em princípio, na quarta-feira dia 18, de acordo com Nelson Sardinha \"Futuro\", secretário-geral da Federação Angolana de Basquetebol (FAB).
A Selecção Nacional faz a sua estreia no Campeonato do Mundo da Bielorrússia, frente à selecção da Austrália, actual campeã do mundo, numa partida de elevado grau de dificuldades para o cinco nacional, que é de longe inferior as australianas. Angola figura no Grupo D, ao lado da Letónia, Canadá e Austrália.
Mali, outro representante do Continente Africano, faz parte do Grupo B, juntamente com a Repúbliva Popular da China, Estados Unidos da América e Itália.
No Grupo A, estão as seleções do Japão, Colômbia, Bielorrússia, país anfitrião, e França, ao passo que no Grupo C, fazem parte as selecções da Argentina, Nova Zelândia, Espanha e Hungria, respectivamente.
Eis o grupo seleccionado para o Mundial de Minsk: Sara Caetano, Conceição Caetano, Cácia António, Alexia Dizeco, Helena Pululo, Tcheuzia Gonçalves, Nara André, Júlia Malebo, Nelma Cunha, Cristina Lourenço, Maria Quipaca e Rafaela Henriques.