Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco procura primeira vitria

02 de Setembro, 2019

Hendecampees africanos voltar a ter mais um teste difcil

Fotografia: Dr

Ainda combalidos com a pesada derrota na estreia (59-105), diante da forte Sérvia, a Selecção Nacional de basquetebol em seniores masculinos defronta hoje, a partir das 8h30 minutos, no Pavilhão Internacional Sports Cultural Arena de Foshan, a similar da Itália, em partida a contar para a segunda jornada do Grupo D da fase preliminar da 18ª edição da Copa do Mundo da República Popular da China.
Depois da pálida imagem deixada na jornada inaugural da prova, os hendecacampeões africanos da \"bola ao cesto\" são obrigados a mudarem de postura hoje, quer no capítulo defensivo, quer no aspecto ofensivo, frente a selecção da Itália, conjunto que aplicou chapa cem (108-62) as Filipinas, estando por isso, a partilhar a liderança do Grupo D, com a poderosa Sérvia, com dois pontos cada.
Angolanos e italianos voltam a duelar numa fase final de uma Copa do Mundo, vinte e nove (29) anos depois de se terem defrontado, isto em 1990, na Argentina. Na altura, o combinado nacional havia perdido por apenas oito pontos de diferença (78-86).
Ontem, o seleccionador nacional, Will Voigt, aproveitou a sessão de treinos para corrigir os erros cometidos na partida diante da Sérvia, onde ficou mais uma vez demonstrada as fragilidades defensivas da Selecção Nacional, para além da ineficácia no sector ofensivo.
Aliás, desde a vinda do técnico norte-americano, isto em 2017, que os hendecacampeões africanos perderam completamente a sua identidade, que passava  por uma defesa agressiva, aliada as jogadas de contra ataque.
Entretanto, caso consiga melhor o seu jogo, sobretudo nos aspectos defensivos, o \"Cinco\" Nacional, que vai em busca da sua primeira vitória na fase preliminar da aludida competição, poderá dificultar em algumas etapas do jogo a selecção da Itália e, consequentemente, vergar o seu opositor, que tem nesta altura o melhor ataque da competição, com 108 pontos marcados, a par da Austrália, igualmente com 108 anotados na primeira jornada.
No seio dos jogadores reina a vontade de se fazer melhor no jogo desta manhã, ante uma selecção que está presente na prova para lutar pelos lugares cimeiros da 18ª edição da Copa do Mundo, competição que está a decorrer em oito cidades da República Popular da China.
Espera-se que Olímpio Cipriano e Eduardo Mingas, dois atletas que passaram ao lado do jogo no sábado, frente a Sérvia, possam surgir hoje, no embate frente a Itália.
Carlos Morais, Yanick Moreira e Reggie Moore, terão a missão de orientar os mais novos no desafio desta manhã. Gerson Domingos, base do Grupo Desportivo Interclube, será mais uma vez chamado a conduzir as acções ofensivas do \"Cinco\" Nacional.
Na outra partida do Grupo D, a forte Sérvia, uma das candidatas à conquista do título mundial, terá pela frente as Filipinas, desafio marcado para as 12h30 minutos. Os sérvios voltarão a passear classe, tal como fizeram com Angola, na ronda inaugural.