Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco testa hoje com o ASA

Melo Clemente - 17 de Novembro, 2018

Seleccionador nacional comea hoje a aferir o potencial da sua rapaziada

Fotografia: Vigas da Purificao| Edies Novembro

A Pré-Selecção Nacional de basquetebol em seniores masculino defronta hoje, a partir das 17h00, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, o Atlético Sport Aviação (ASA), no primeiro dos quatro jogos de controlo, que o cinco nacional vai efectuar, visando a disputa da quinta e derradeira janela de qualificação zona africana, para a Copa do Mundo da República Popular da China, em 2019, prova a decorrer de 30 do mês em curso a 02 de Dezembro próximo, no Pavilhão Arena do Kilamba, em Luanda.
Sem o extremo base do Atlético Petróleos de Luanda, Olímpio Cipriano, que foi dispensado do grupo de trabalho, em virtude de ter falhado as primeiras sessões de treinos, sem apresentar qualquer justificação, o seleccionador nacional, Will Voigt, conta, nesta altura, com dezasseis atletas dos vinte e um (21) inicialmente convocados para a \"operação\" Luanda.
Tratam-se de Reggie Moore, Ludgero Galiza, Glofate Buimba, Leonel Paulo, Hermenegildo M´bunga, José António, Gerson Gonçalves \"Lukeny\", Benvindo Quimbamba, Edson Ndoniema, Felizardo Ambrósio \"Miller\", Jone Pedro, Mutau Fonseca, Gerson Domingos, Alexandre Jungo, Pedro Bastos e  Mohamed Malick Cissé, respectivamente.
Depois de ter submetido a sua rapaziada a sessões bi-diárias durante a semana, o norte-americano ao serviço do cinco nacional, vai aproveitar o teste de mais logo, diante dos aviadores, para aferir o potencial de cada integrante dos hendecacampeões africanos, que estão ainda desprovidos dos atletas que militam na diáspora, nomeadamente Carlos Morais, extremo base, do Mens Sana Siena Basket de Itália, Leandro Conceição, extremo base, do Sport Lisboa e Benfica, Yanick Moreira, poste, do Paok da Grécia) e Júlio Afonso, extremo, do Club Baloncesto Tizona Autocid de Espanha. 
Os jogadores acima referenciados, devem juntar-se ao grupo de trabalho no final da próxima semana, de acordo com uma fonte ligada a direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB).
Os comandados de Will Voigt vão medir forças com os egípcios, que estão igualmente na corrida para alcançar o passe de acesso à fase final da Copa do Mundo de 2019, competição que contará com a participação de 32 nações, contra as 24 das anteriores edições.  
O seleccionador nacional vai aproveitar os jogos de controlo, para potenciar o grupo, que procura a sua oitava presença numa fase final de uma Copa do Mundo, depois de ter feito a sua estreia, em 1986, em Espanha, à convite da Fiba-Mundo.
Seguiram-se posteriormente as presenças em 1990, na Argentina, 1994, Toronto, Canadá, 2002, em Indianápolis, Estados Unidos da América, 2006, Japão, 2010, Turquia e 2014, Espanha.
A entrada da quinta e derradeira janela de qualificação, os hendecamepões africanos ocupam o segundo lugar do Grupo E, com 15 pontos, contra 18 da Tunísia, no primeiro lugar e já com o passe assegurado para a fase final da Copa do Mundo, que, pela terceira vez, será disputada no continente asiático, depois da Filipinas e Japão terem acolhido o referido evento. Egipto e Marrocos estão nas posições imediatas, ambos com 14 pontos, ao passo que os Camarões e o Chad ocupam as últimas duas posições, com 12 pontos cada, respectivamente.
Durante a disputa da quinta janela de qualificação zona africana, a Selecção Nacional vai medir forças com as similares dos Camarões, Chad e Tunísia.
Seis selecções já estão apuradas para a Copa do Mundo da República Popular da China, em 2019, designadamente, República Checa, Alemanha, Grécia, Lituânia, Tunísia e Nigéria.