Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Spurs recupera caminho das vitórias

08 de Março, 2015

O extremo Kawhi Leonardo ofuscou o extremo-base dos Cleveland Cavaliers LeBron

O San Antonio Spurs dá sinais de recuperação, definitiva, depois do reinício mau face à pausa do All-Star Game. A equipa de Tony Parker somou a quarta vitória consecutiva, ao vencer em casa o Denver Nuggets, por 120- 111, com destaque para o extremo Kawhi Leonard, com 25 pontos e Tony Parker, com 24 pontos.

Desde que Leonard, Parker, Tim Duncan, Tiago Splitter e Danny Green foram escalados no quinteto titular na vitória sobre o Sacramento Kings, no dia 27 de Fevereiro, os actuais campeões desconhecem o significado de derrota.

Além de ser o cestinha, Leonard ainda acrescentou oito ressaltos e quatro assistências, enquanto Parker foi líder na condução do jogo com sete assistências. Tim Duncan acrescentou 15 pontos e Tiago Splitter anotou dez pontos, sete ressaltos, uma assistência e um toco em quase 26 minutos de acção.

Os Spurs mantêm-se na sétima posição da Conferência Oeste, com a marca de 38 vitórias e 23 derrotas, a uma distância confortável do Oklahoma City Thunder (34-28) e apenas 0,5 jogo do Dallas Mavericks (40-24). O próximo desafio acontece hoje, em San Antonio, com o Chicago Bulls (39-24).

Já os Nuggets continuam fora da zona dos play-offs da Conferência Oeste, com a marca de 22 vitórias e  40 derrotas. O destaque da equipa foi o base Ty Lawson, com 23 pontos, seguido por Kenneth Faried, com um “double-double” de 20 pontos e dez ressaltos e Wilson Chandler, com 16 pontos.

Noutro duelo da Conferência Oeste, o líder Golden State Warriors, venceu em casa o Dallas Mavericks, por 104- 89, com destaque para a actuação de Stephen Curry, cestinha da partida com 22 pontos. Além de ser o maior cestinha da equipa, Curry distribuiu sete assistências e contou com o apoio do extremo Draymond Green, com 18 pontos e nove ressaltos e do extremo-base Klay Thompson, que chegou aos 16 pontos.

O australiano Andrew Bogut foi o grande nome da equipa californiana na área pintada, com 13 ressaltos e três tampões, enquanto Leandrinho saiu do banco e anotou um ressalto e deu uma assistência em apenas 11 minutos de jogo.

Com duas vitórias consecutivas, os Warriors, com 48 vitórias e 12 derrotas, têm a segunda melhor campanha da liga, atrás apenas do Atlanta Hawks (49-12). O seu próximo jogo acontece hoje, em casa, com o Los Angeles Clippers (40-22).

Já os Mavericks (40-24) somam duas derrotas seguidas, na sexta posição da Conferência Oeste. Dirk Nowitzki e o Rajon Rondo foram os homens mais eficientes da equipa com 14 pontos cada. Os Mavs enfrentam hoje os Lakers em Los Angeles.


COM LEBRON
Cavs caem diante
do líder Atlanta


O líder da Conferência Leste, Atlanta Hawks, recebeu o quarto classificado, Cleveland Cavaliers (39-25), e venceu por 106- 97 e manteve o melhor aproveitamento da liga com 49 triunfos e 12 derrotas.

O poste dominicano Al Horford foi o principal nome ofensivo dos anfitriões, com 19 pontos, além de nove ressaltos e seis assistências, seguido por Paul Millsap e Jeff Teague, com 16 pontos cada, que ajudaram a levar a equipa de Atlanta ao sexto triunfo consecutivo.

Pelos Cavaliers, o astro LeBron James foi o segundo cestinha da equipa de Ohio, com 18 pontos, oito assistências e seis ressaltos, mas esteve irreconhecível em alguns momentos cruciais do jogo ao sofrer um total de nove perda de bolas.

O destaque dos Cleveland Cavaliers foi o base Kyrie Irving, com 20 pontos e quatro assistências, enquanto Kevin Love anotou 14 pontos e oito ressaltos e J.R. Smith acrescentou 12 pontos e cinco ressaltos. Apesar da derrota, o Cleveland mantém com uma boa vantagem sobre o Washington Wizards (35-27), três jogos à frente da equipa da capital, e vai lutar com Toronto Raptors (38-24) e Chicago Bulls (39-24), pela vice-liderança da Conferência Leste até o fim da época regular.
   
WIZARDS VENCE
O MIAMI HEAT

O extremo-poste brasileiro Nené Hilário foi o cestinha da vitória do Washington Wizards sobre o Miami Heat, na capital americana, por 99- 97, e deu um pouco de ar à equipa que faz uma sequência ruim desde a pausa do All-Star Game.

Nené esteve em quadra por 32 minutos, com 20 pontos, quatro assistências e dois ressaltos e contou com o auxílio do poste polaco Marcin Gortat, que anotou um “double-double” de 14 pontos e 17 ressaltos. Bradley Beal marcou 17 pontos, enquanto John Wall esteve bem na distribuição de jogo, com 12 assistências.

Os Wizards começaram arrasadores ao imporem 40 pontos no primeiro quarto, mas deixaram o Miami recuperar e chegar perto da igualdade a 1,08 segundos do fim (98- 97), mas conseguiram administrar a vantagem e evitar uma surpresa.  Miami, que não contou com os lesionados Dwyane Wade e Luol Deng, teve como destaque o recém-chegado Goran Dragic, com 18 pontos, além do calouro Shabazz Napier, com 16, e o suplente Michael Beasley, com 13 pontos.

A vitória é um alívio para a equipa de Washington, a segunda nas últimas nove partidas. Com isso, a equipa da capital, que ocupa a quinta posição da Conferência Leste com a marca de 35-27, consegue manter certa distância sobre o sexto classificado, Milwaukee Bucks (32-29).

Já o Miami Heat tem 27 triunfos e 34 derrotas e está fora dos oito melhores do Leste, mas mantém-se firme na luta por uma vaga nos play- offs, com Indiana Pacers (27-34) e Charlotte Hornets (27-33) à frente.