Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Supertaça Wlademiro Romero decidida hoje

Melo Clemente - 10 de Novembro, 2016

Despique espanhol na Supertaça Wlademiro Romero em seniores masculino

Fotografia: M.Machangongo

As formações do 1º de Agosto e do Recreativo do Libolo defrontam-se hoje, a partir das 19h00, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, para a decisão do título da Supertaça Wlademiro Romero de basquetebol, em seniores masculino, desafio em o técnico espanhol ao serviço dos libolenses, Hugo López, quer manter o ciclo de triunfos sobre o  opositor na presente época desportiva.

Com o histórico a "favorecer" a formação da vila de Calulo, que na presente temporada soma dois triunfos (78-57 e 69-68), contra nenhum da equipa rubro - negra, a partida de mais logo pode seguramente traduzir-se em ajuste de contas.Militares e libolenses lutam esta noite para a decisão do troféu, que abre a época desportiva nacional 2016/2017. Depois de vencer de forma apertada o 1º de Agosto, no sábado, por 69-68, em partida a contar para o torneio de apuramento para a fase final da Taça dos Clubes Campeões Africano da "bola ao cesto", prova a decorrer de 07 a 19 de Dezembro, no Cairo, a formação do Recreativo do Libolo sob batuta do técnico espanhol, Hugo López,  tenta repetir a proeza.

Ontem, os pupilos do técnico espanhol fizeram os acertos, para o prélio desta noite, que se espera  equilibrado, a julgar pelo potencial das duas agremiações.Das chamadas equipas grandes, nomeadamente, Atlético Petróleos de Luanda, 1º de Agosto, Grupo Desportivo Interclube e  Libolo, esta última, apresenta nesta altura os seus processos mais consolidados, ao contrário dos demais adversários.

Ranking
Domínio militar


Com 12 troféus arrebatados, a formação do 1º de Agosto lidera o ranking nacional da Supertaça Wlademiro Romero, contra dois títulos do  adversário desta noite.Os petrolíferos da capital ganharam a prova, que homenageia o falecido treinador Wlademiro Romero, em 1993,1994,1995,1996 e 2005 e 2014 e perderam em sete ocasiões (2000, 2001, 2002, 2004, 2006, 2007, 2009).