Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Tcnicos defendem maior investimento

Gaudncio Hamelay, no Lubango - 09 de Janeiro, 2020

Os técnicos participantes nos campeonatos nacionais de basquetebol em sub-14, em ambos sexos, provas que decorrem no Lubango, província da Huíla, defendem maior investimento no sector feminino, para que possam existir mais equipas nesta classe à nível do país.
O número de seis formações que competem nesses nacionais, menos quatro em relação a edição passada realizada na província do Huambo, preocupa os treinadores do 1º de Agosto e do Clube Desportivo Cidade do Kilamba.
Miguel Lutonda, técnico de basquetebol da equipa masculina do 1º de Agosto, disse que em relação ao sector feminino onde estão presente apenas 6 equipas, ser necessário investir mais nesta classe.  “Acredito que temos que investir mais, para que possamos ter um maior número de equipas no sector feminino”, defendeu.
Já no sector masculino, em que participam dez formações, Miguel Lutonda considera satisfatório.  O técnico da formação do Clube Desportivo Cidade do Kilamba, Vladimir Miranda, alinhou no mesmo pensamento do seu colega de profissão.
Entretanto, a revalidação do título de campeão nacional em masculino, constitui uma das metas traçadas pelo Clube Desportivo Cidade do Kilamba, garantiu ontem, no Lubango, o treinador Vladimir Morais.
Por seu turno, Miguel Lutonda, assegurou que a meta passa em garantir o  apuramento para outra fase. “E depois trabalharmos passo a passo, para ver se conseguimos chegar a final. Esse é o nosso grande objectivo”, frisou Miguel Lutonda.
Na série A, estão as formações Clube Desportivo Cidade do Kilamba, 1º de Agosto, Ferroviário de Angola, Petro de Luanda e Renascimento Desportivo Sport de Moçâmedes.
Nos nacionais, em ambos os géneros, prova que decorre de 7 a 17 do corrente mês, na cidade do Lubango, participam em femininos a Casa Pessoal do Porto do Lobito (campeão em título), Clube Ferroviário de Angola, Clube Desportivo da Graça, Sport
Lubango e Benfica, Inter Clube de Angola e o Clube Desportivo 1º de Agosto.
Já em masculinos competem 10 formações divididas em duas séries, “A” e “B”. A série A, comporta o Clube Desportivo Cidade do Kilamba, Clube Desportivo 1º de Agosto, Clube Ferroviário de Angola, Petro de Luanda, Renascimento Desportivo Sport de Moçâmedes (RDSM). A série B, comporta o Clube Desportivo da Huíla (CDH), Sport de Moçâmedes, Clube de Amigos de Basquetebol de Benguela e a Heja Sport Clube do Lubango.