Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Tricolores mantm ciclo de vitrias

MELO CLEMENTE - 17 de Fevereiro, 2020

Pupilos de Lazare Adingono somam nesta altura onze triunfos consecutivos

Fotografia: DR

Com o pensamento virado para a Ball League, a formação do Atlético Petróleos de Luanda continua a mostrar a sua classe na 42ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculinos, somando nesta altura onze triunfos consecutivos, performance que lhe permite ocupar o primeiro lugar da tabela classificativa da aludida competição, agora com 35 pontos, contra 32 do seu arqui-rival, 1º de Agosto, na segunda posição.
Depois de ter averbado a sua primeira derrota, isto a 4 de Janeiro do ano em curso, diante do Grupo Desportivo Interclube, com quem perdeu por 87-71, no Pavilhão 28 de Fevereiro, a equipa tricolor liderada pelo técnico camaronês, Lazare Adingono, só tem somado triunfos atrás de triunfos, para o gáudio da massa associativa, que acredita na reconquista do anel doméstico.
Com um plantel de luxo, em que pontificam nomes como de Carlos Morais, Olímpio Cipriano, Gerson Gonçalves \"lukeny\", Leonel Paulo, Valdelício Joaquim, José António, todos internacionais angolanos, para além do norte-americano Antwan Scott, a equipa do eixo-viário tem estado a realizar exibições de encher os olhos.
Aliás, as onze vitórias consecutivas alcançadas até aqui na 42ª edição do Campeonato Nacional, atestam perfeitamente o domínio avassalador dos actuais campeões nacionais, que estão engajados em conquistar o seu décimo terceiro troféu nacional.
Manter o ciclo de triunfos constitui a prioridade premente da formação petrolífera, que tenciona seguir para Dakar, Senegal, com os índices motivacionais em alta.
Sábado, para o terceiro clássico dos clássicos do \"Nacional\", os petrolíferos da capital voltaram a superiorizar-se diante do Clube Central das Forças Armadas Angolanas (1º de Agosto) e conseguiram a terceira vitória consecutiva, desta por 95-92.
Na primeira e segunda volta da prova, os pupilos de Lazare Adingono venceram por 92-88 e 77-72, respectivamente.
Entretanto, a dupla jornada do \"Nacional\" ficou ainda marcada pela vitória do Clube de  Formação Desportiva Kwanza sobre o histórico Atlético Sport Aviação (ASA), por 93-69. Os aviadores já tinham perdido na sexta-feira diante dos marinheiros, por 72-84.
Atlético Petróleos de Luanda, 1º de Agosto e Grupo Desportivo Interclube ocupam as três primeiras posições do Campeonato Nacional, com 35, 32 e 31 pontos, respectivamente.

WALTER COSTA PERDE
PRIMEIRO CLÁSSICO

Indigitado recentemente para assumir o comando técnico do Clube Central das Forças Armadas Angolanas (1º de Agosto), Walter Bandeira da Costa perdeu o seu primeiro clássico da temporada 2019/2020.
Depois de ter conseguido quatro vitórias consecutivas, o antigo base da selecção nacional e do 1º de Agosto não foi capaz de travar a onda de triunfos do arqui-rival, Atlético Petróleos de Luanda, que venceu por escassos três pontos de diferença (95-92).