Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Trio fantástico ofusca Clippers

11 de Maio, 2014

Trio fantástico ofusca Clippers

Fotografia: AFP

O trio fantástico formado por Kevin Durant, Russell Westbrook e Serge Ibaka somou 79 pontos na vitória fora de casa, no Oklahoma City Thunder, sobre o Los Angeles Clippers, por 118 a 112. Com o triunfo, a equipa recuperou a vantagem da liderança e abriu a vantagem de 2 a 1 nas meias-finais da Conferência Oeste da NBA.

Kevin Durant anotou 36 pontos, obteve oito ressaltos e seis assistências, enquanto Serge Ibaka converteu nove de dez arremessos e chegou aos 20 pontos, além de seis ressaltos. Eussel Westbrook chegou perto de um triple-double, com 23 pontos, 13 ressaltos e oito assistências.

Pelos Clippers, o destaque foi o extremo Blake Griffin, com 34 pontos e oito ressaltos, enquanto o base Chris Paul conseguiu um double-double de 21 tentos e 16 assistências. Além da dupla, o suplente Jamal Crawford, com 20 tentos, e o poste DeAndre Jordan, com um double-double de dez pontos e 11 ressaltos, também tiveram actuação importante.

A equipa da casa começou o jogo com pressão sobre os adversários, influenciado pela maré vermelha criada pelos seus adeptos nas bancadas.
Griffin foi o grande nome ao marcar nove dos 11 primeiros pontos da sua equipa, que chegou a abrir 7 a 0 no placar. Porém, graças ao bom desempenho de Kevin Durant, com 15 pontos somente no primeiro quarto, o OKC recuperou e encostou no placar, terminando o primeiro quarto em 33 a 29 para a equipa da casa.

O jogo esteve equilibrado no segundo quarto, com ligeira vantagem para o Thunder (32 a 30). No terceiro quarto, foi a vez dos Los Angeles Clippers, que superaram o OKC por dois pontos (27 a 25) e chegaram ao último quarto à frente no placar (90 a 86).

No último período o Thunder conseguiu a viragem definitiva numa partida muito equilibrada, com um total de 19 alternâncias no placar. O OKC superou os Clippers em dez pontos (32 a 22) na parcial, depois de abrir oito pontos no início, revertendo a vantagem da equipa da casa e aproveitando erros cruciais de Crawford e Paul. Este último desperdiçou dois lances livres, quando o Thunder estava somente um ponto à frente no placar (102 a 101).

O bom desempenho de Durant e Westbrook na partida foi praticamente anulado pela dupla Griffin-Paul do outro lado, evidenciando o alto nível do jogo e o equilíbrio das duas equipas.

O factor decisivo para o Thunder foi Ibaka, que mesmo tendo problemas com faltas, chegou ao último período pendurado com cinco pessoais, fez a diferença para a sua equipa ao conseguir 90 por cento de aproveitamento nos arremessos de campo.
As duas equipas jogam hoje novamente no Staples Center de Los Angeles a quarta partida da série de melhor de sete.

TÉCNICO DOS LAKERS
Kobe Bryant
quer consulta

O extremo Kobe Bryant jogou apenas seis partidas nesta época da NBA devido a uma lesão no joelho, mas nem por isso deixou de comentar a demissão do ex-técnico do Los Angeles Lakers, Mike D’Antoni. A principal estrela da equipa mostrou-se indiferente com a saída do treinador, mas ressaltou que o número de lesões foi factor importante no mal desempenho dos Lakers. "Honestamente, não ligo. Mike lidou com uma situação complicada com as lesões que teve. É um lugar difícil. Se não está a vencer, não vai sobreviver", disse o extremo.

O astro do Los Angeles ainda revelou que espera ser consultado sobre o próximo técnico da equipa, já que nas anteriores não pediram a sua opinião. "Nas últimas duas vezes não fizeram isso. Na terceira, espero que façam."
Com 35 anos de idade, Kobe ainda tem duas épocas de contrato com a equipa da Califórnia.


DESEQUILÍBRIO
Derrota em casa
complica Wizards 


Após vencer uma partida fora de casa, o Washington Wizards perdeu a vantagem construída, ao ser derrotado em casa pelo Indiana Pacers por 63 a 85. Assim, a equipa de Indianápolis assume a liderança da série: 2 a 1.

A equipa da capital federal começou bem a partida e equilibrou as acções contra uma equipa bastante consistente. Assim, os Pacers levaram apenas um ponto de vantagem para o intervalo.

O intervalo fez mal aos anfitriões e a igualdade vista no primeiro período ruiu na segunda etapa, totalmente dominada pela equipa de Indiana que, aos poucos, disparou no marcador e fechou o placar em 85 a 63.

Paul George foi o cestinha da partida ao anotar 23 pontos e contribuir também com oito ressaltos, ficando próximo de mais um duplo-duplo.
Do lado da equipa da casa, o poste brasileiro Nené teve actuação apagada, com apenas oito pontos. Bradley Beal foi o cestinha da equipa, com 16 pontos. Trevor Ariza, com 12 pontos e 15 ressaltos, deixou o campo com um duplo-duplo.

Agora, as equipas voltam a enfrentar-se em Washington, seguindo para Indianápolis, na sequência, onde a série pode ser encerrada, caso os Pacers vençam os dois próximos jogos.