Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Título à vista

Melo Clemente - 25 de Maio, 2017

Petrolíferos ambicionam esta noite a primeira vitória sobre os libolenses

Fotografia: José Soares | Edições Novembro

As formações do Atlético Petróleos de Luanda e do Recreativo do Libolo voltam ao duelar hoje, a partir das 19h00, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, na quarta partida do play-off da final da 39ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol, em seniores masculino, vulgo BIC Basket, a melhor de sete.

As garrafas de champanhe podem ser abertas logo mais, em caso de um novo triunfo da formação libolense, que soma  três vitórias na eliminatória, estando os petrolíferos da capital obrigados a vencer o seu opositor, se quiser evitar a consagração dos actuais vice-campeões nacionais da “bola ao cesto”.

A formação do Atlético Petróleos de Luanda  soma já nove derrotas diante do Recreativo do Libolo, na presente temporada desportiva, e nesta ponta final do BIC Basket não tem conseguido superar o trauma das pontas finais.

Depois de perder de forma dramática, os dois primeiros encontros, por 97-96 e 87-85, partidas disputadas no Pavilhão do Dream Space, em Viana, os pupilos de Lazare Andigono não foram capazes de suplantar na terça-feira, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, os comandados de Hugo López, sofrendo um novo desaire, por 103-106.

\"Acampados\" num dos hotéis da capital, o técnico camaronês  voltou a trabalhar nas últimas 24h00 a componente psicológica, aliado aos aspectos técnicos e tácticos, por formas a evitar esta noite a consagração antecipada do título da 39ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculinos.

Lazare Andingono solicitou a rapaziada para manterem os níveis de concentração em alta, quesito que tem faltado ao Atlético Petróleos de Luanda nas pontas finais das partidas.

A experiência de Reggie Moore, Leonel Paulo, Domingos Bonifácio e Hermenegildo Mbunga não tem sido suficiente para contrapor a forte equipa do Recreativo do Libolo, conjunto que soma  três dos quatros títulos mais importantes da temporada 2016/2017, designadamente, torneio Victorino Cunha, Supertaça Victorino Cunha e a Taça de Angola, respectivamente.

Andingono promete uma equipa  concentrada para o prélio de mais logo, onde os petrolíferos são obrigados a vencer, se quiserem manter a chama da luta ainda acesa.Moralizados com a excelente prestação na presente temporada, com particular realce para a final, onde levam vantagem de (3-0) na série, a melhor de sete partidas, os libolenses procuram alcançar hoje o quarto triunfo consecutivo, décimo no geral, de modo a arrebatar o  terceiro título nacional, depois das conquistas de 2012 e 2014, respectivamente.

Apesar de estar a vencer a eliminatória, por 3-0, o técnico  Hugo López reafirmou que o desafio desta noite será extremamente difícil para os dois contendores.

\"Penso que esta final, vai ser jogada ao mais alto nível. Se olharmos para os resultados, chagamos facilmente à conclusão que os jogos estão a ser disputados até à exaustão,  acredito que o jogo de hoje não deve fugir muito, dos que  têm acontecido. Estamos a trabalhar para darmos o nosso melhor\", disse Hugo López que já bateu recordes, quer em números de vitórias, quer em termos de conquistas de títulos, no seu ano de estreia no basquetebol nacional.


Palmarés:
Libolo procura
terceiro título


A formação do Recreativo do Libolo procura o  terceiro título nacional, depois de vencer as edições de 2012, sob liderança do técnico angolano, Raul Duarte, e 2014, sob batuta do  portiguês, Norberto Alves.

O ranking nacional é liderado pelo 1º de Agosto, com 18 troféus conquistados, seguido pelo rival, Atlético Petróleos de Luanda, que soma  12 conquistas.

1979 - Clube Ferroviário de Luanda
1980 - Desportivo da Taag
1981 - 1º de Agosto
1982 - Sporting de Luanda
1983 - 1º de Agosto
1984 - Sporting de Luanda
1985 - 1º de Agosto
1986 - 1º de Agosto
1987 - 1º de Agosto
1988 - 1º de Agosto
1989 - Petro de Luanda
1990 - Petro de Luanda
1991 - 1º de Agosto
1992 - Petro de Luanda
1993 - Petro de Luanda
1994 - Petro de Luanda
1995 - Petro de Luanda
1996 - Atlético Sport Aviação
1997 - Atlético Sport Aviação
1998 - Petro de Luanda
1999 - Petro de Luanda
2000 - 1º de Agosto
2001 - 1º de Agosto
2002 - 1º de Agosto
2003 - 1º de Agosto
2004 - 1º de Agosto
2005 - 1º de Agosto
2006 - Petro de Luanda
2007 - Petro de Luanda
2008 - 1º de Agosto
2009 - 1º de Agosto
2010 - 1º de Agosto
2011 - Petro de Luanda
2012 - Recreativo do Libolo
2013 - 1º de Agosto.
2014- Libolo   
2015- Petro de Luanda
2016 - 1º Agosto
2017- ??????????


NBA
Irving comanda
vitória dos Cavs

O Cleveland Cavaliers  recuperou-se da grande reviravolta que levou no jogo 3 e venceu, nessa terça-feira o Boston Celtics, por 112- 99, na Quicken Loans Arena, em Cleveland, no jogo quatro da série de final da Conferência Leste. Com o resultado, a franquia de Ohio abre 3-1 e fica a uma vitória de avançar para a grande final na NBA, liga norte-americana de basquetebol.

Agora, a série volta para Boston, onde as equipes vão enfrentar-se hoje, no TD Garden. Os Celtics precisam de um triunfo em casa para manterem-se vivos na disputa pelo título da conferência.Kyrie Irving foi o grande nome da noite. Foi sob o seu comando e por meio de suas cestas, principalmente no terceiro quarto, quando os Cavs conseguiram uma virada incrível,  a franquia chegou à vitória. O astro fechou o jogo com 42 pontos. LeBron James anotou outros 34 e Kevin Love foi importante com um double-double: 17 pontos e 17 ressaltos. Pelo lado dos Celtics, que tinham larga vantagem até o intervalo, Avery Bradley foi o maior pontuador: 19 pontos.