Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Vladi Pontes promete dedicao

Juscelino da Silva - 26 de Outubro, 2019

Vladi Pontes troca quadra pelo escritrio

Fotografia: Edies Novembro

A troca de espaços de trabalho aumenta a responsabilidade de Vladimir Pontes, o novo director para o basquetebol do Interlube. O ex-atleta prometeu à direcção liderada por Alves Simões "chegar ao objectivo definido com empenho, dedicação e prudência".

Na primeira intervenção como dirigente, Vladimir Pontes mostrou-se radiante pela nomeação para atender as preocupações da equipa técnica e de jogadores e agradeceu às forças divinas.

"Estou feliz pela nomeação. Graças a Deus, vou continuar ligado ao basquetebol, apesar de não fazer parte da equipa de campo. Aceitei de bom grado o desafio apresentado pela direcção do clube para continuar a dar o meu contributo no engrandecimento do nome do Interclube", disse.

A nomeação de Vladi Pontes, como é conhecido nas lides desportivas, acontece depois de ter sido descartado da equipa principal de basquetebol do Interclube por opção técnica. A direcção de Alves Simões ofereceu o cargo ao ex-atleta por constatar valências, responsabilidade e dedicação no trabalho.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, a vogal de direcção, Josefina Garcia, que teve a responsabilidade de conferir a tomada de posse do novo director para o basquetebol, esclareceu que "a escolha de Vladi Pontes surge como reconhecimento das suas capacidades e das competências apresentadas dentro do clube".

A dirigente pediu ao novo director a mesma "responsabilidade, entrega, espírito de sacrifício" demonstrada ao longo do tempo de contrato com a equipa do Interclube.

De 34 anos de idade, o ex-extremo Vladimir Pontes substitui no cargo Joaquim Xavier, que até sexta-feira da semana passada, desempenhava a função na equipa da Polícia Nacional. A duração do tempo no cargo depende da \"entrega e da resposta às necessidades do clube\", segundo Josefina Garcia.

Vladimir Pontes conta no seu currículo com passagens pelo Sporting de Luanda, onde fez a formação desportiva, Petro de Luanda, Universidade Lusíada, Progresso Sambizanga, Sport Libolo e Benfica e Interclube. Com a equipa do eixo-viário colecciona um campeonato nacional, duas Taças de Angola, duas Supertaças e com o Libolo conquistou uma Liga de Campeões Africanos, uma Taça de Angola e duas Supertaças.