Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Voigt acerta pormenores

Melo Clemento - 06 de Setembro, 2018

Gerson Domingos tem constitudo a principal aposta do seleccionador na posio um

Fotografia: Fiba

A sensivelmente oito dias do arranque da quarta janela de qualificação zona africana para a Copa do Mundo da República Popular da China, em 2019, torneio a decorrer de 14 a 16 do mês em curso, em Tunis, capital tunisina, o seleccionador nacional dos hendecacampeões africanos africanos, Will Voigt, continua a acertar os últimos detalhes, ainda com o grupo incompleto.
Jone Pedro, poste do Clube Central das forças Armadas Angolanas, Leandro Conceição, extremo base do Sport Lisboa e Benfica, e Júlio Clever, do Baloncesto Tizona de Espanha, já se juntaram ao grupo de trabalho, que projecta a referida competição no Reino de Espanha, ao passo que Yanick Moreira, do Paok da Grécia, e Carlos Morais, agora a militar no Siena Basket de Itália, podem integrar a Selecção nas próximas horas, segundo apurou o Jornal dos Desportos junto de uma fonte federativa.
Carlos Morais, tetra campeão africano, e Yanick Moreira, melhor artilheiro do combinado nacional, com 188 pontos marcados, devem juntar-se ao grupo em princípio no domingo, dia nove.
Nesta altura, o seleccionador nacional, que tem a missão de qualificar o país pela oitava vez numa fase final de uma Copa do Mundo, trabalha com treze jogadores no estágio pré-competitivo, que efectua no Reino de Espanha. Angola fez a sua estreia num Mundial, em 1986, em Ferrol, Espanha, a convite do organismo que tutela a modalidade no mundo, seguindo-se os mundiais de 1990, na Argentina, 1994, Toronto, Canadá, 2002, Indianápolis, Estados Unidos da América, 2006, Japão, 2010, na Turquia, e em 2014, em Espanha, respetivamente. Entretanto, o técnico Will Voigt trabalha, nesta altura, no melhoramento das percentagens dos lançamentos de campo, com particular realce para os lançamentos a longa distância.
A defesa tem igualmente merecido a devida atenção do norte-americano, que vai aproveitar os jogos de controlo, que realiza em terras espanholas, para corrigir as debilidades que o grupo ainda apresenta, por formas a aparecer em grande, durante a disputa da quarta janela de qualificação zona africana para a Copa do Mundo de 2019.
Ontem, os hendecacampeões africanos realizaram o seu terceiro amistoso, no Reino de Espanha, país que acolhe a etapa derradeira de preparação do combinado nacional.
Os pupilos de Will Voigt conseguiram o seu primeiro triunfo, frente a formação da Força lleida, a quem venceram, por 72-68, depois de terem averbado duas derrotas consecutivas.O combinado nacional baqueou no primeiro teste, frente ao FC Barcelona, por 67-95. No segundo teste, a Selecção Nacional perdeu diante da formação do Basconia, por 51-73.
Angola figura no Grupo E, juntamente com a Tunísia, Camarões, Egipto, Marrocos e Chad. Os tunisinos lideram a série, com 12 pontos, seguido dos Camarões e Angola, ambos com dez pontos. Egipto e Marrocos estão nas posições imediatas, com nove pontos cada, ao passo que o Chad ocupa a cauda da tabela classificativa do Grupo, com oito pontos.
Nigeria (12 pontos), Senegal (11), República Centro Africana (9), Rwanda (9), Costa do Marfim (8) e Mali (8) compõem o Grupo F.