Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Warriors dominam os Cavaliers em Cleveland

13 de Junho, 2015

O Golden State Warriors voltou a apresentar-se bem na final da NBA

Fotografia: AFP

O Golden State Warriors voltou a  apresentar-se  bem na final da NBA e dominou a quarta partida do início ao fim. Em Cleveland, a formação de Oakland venceu os Cavaliers por 103-82, lideraram a partida desde o primeiro quarto para recuperar no confronto e empatar em 2 - 2 a série melhor de sete.

Um dos destaques do jogo pelo lado vencedor foi Stephen Curry, que mostrou-se mais concentrado e solidário na partida de quinta, e anotou 22 pontos, dois ressaltos e seis assistências. Outro nome importante foi Andre Iguodala (22 pontos e oito ressaltos).

O cestinha da partida, entretanto, foi Timofey Mozgov, dos Cavs, com 28 pontos, dez ressaltos e uma assistência. LeBron James, grande destaque do terceiro jogo, teve actuação mais discreta para os seus padrões e saiu de quadra com 20 pontos, 12 ressaltos e oito assistências.

Com jogo colectivo forte, os Warriors dominaram os dois primeiros quartos da partida e levaram vantagem de 12 pontos para o intervalo. Para piorar a situação dos Cavs, durante a segunda parcial, LeBron James sofreu uma queda no canto da quadra e bateu com a cabeça numa câmara, que provocou cortes no couro cabeludo.

O incidente não abalou King James, que voltou decidido a comandar a reacção da equipa. Errando alguns lances livres, mas protagonizou outras jogadas cruciais, o camisa 23 levou a equipa de Cleveland a diminuir a desvantagem para seis pontos no terceiro quarto. Mas a reacção parou por aí,  os Warriors com Curry  muito eficiente, retomaram o domínio da partida para garantir a vitória com tranquilidade.

A equilibrada final volta a Oakland na madrugada de domingo, quando vai ser disputada a quinta partida do confronto.

O jogo - O Cleveland começou em vantagem, com três arremessos certeiros seguidos de Thompson, Mozgov e Shumpert (de três), enquanto os adversários eram imprecisos. A partir do primeiro chute bom do MVP Stephen Curry para três, no entanto, os visitantes cresceram e equilibraram a partida. Com boas participações de Andre Iguodala, os Warriors arrancaram, assumiram a frente e fecharam o parcial com 31- 24 no placar. No segundo quarto, ao invés do protagonismo de Curry, apareceu outra importante característica que levou o Golden State à final da NBA: o jogo colectivo. Sólida na defesa, a equipa dava muito trabalho aos donos da casa nos contra-ataques em velocidade e, com bela actuação conjunta de Klay Thompson e Draymond Green, ampliou a sua vantagem para 12 pontos, com o placar em 54 - 42 para o intervalo.

A dar sinais claros de cansaço, LeBron James começou o último quarto no banco. Com o principal jogador adversário fora da quadra, os Warriors contaram novamente com a precisão de Iguodala nos chutes de três para se recolocarem em vantagem confortável no placar.