Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Westbrook decide no tempo extra

02 de Dezembro, 2016

Russel Westbrook segue imparável na NBA.

Fotografia: AFP

Russel Westbrook segue imparável na NBA. Na noite desta quarta-feira, os jogadores do Washington Wizards tiveram bons números, mas, mesmo assim, foram superados pelo base do Oklahoma City Thunder.

Com 35 pontos, 14 ressaltos e 11 assistências, Westbrook chegou a seu nono triplo-duplo na temporada e foi decisivo no tempo extra para o Thunder vencer por 126-115.

A partida começou bem equilibrada, com os Wizards ficando na frente em duas ocasiões. Westbrook ia mal, errando muitos arremessos e perdendo a bola algumas vezes. Sem pontuar, o jogador foi substituído e o Thunder disparou na liderança, terminando o primeiro quarto com 32 a 19 no placar.

Já na segunda parcial, o visceral armador do Oklahoma melhorou em quadra e contribuiu com nove pontos. Melhor na partida, a equipa de Washington conseguiu diminuiu a diferença para sete pontos (60-53).

E os visitantes só cresceram no jogo. O terceiro quarto foi arrasador por parte do Washington. Liderados por Bradley Beal e John Wall, os Wizards venceram a parcial por 31-24 e empataram o jogo. Westbrook anotou mais cinco pontos.

No último quarto, o Washington superou os donos da casa e chegaram a abrir sete pontos de vantagem.

A equipa tinha três de frente com apenas oito segundos para o final quando o armador do Thunder converteu um arremesso de fora do garrafão e levou o jogo para o tempo extra.

Foi então que o astro de Oklahoma finalmente brilhou. Sozinho, Westbrook fez mais pontos que a equipa todo de Washington na parcial final (14-10) e o Thunder garantiu sua 12ª vitória no Campeonato – a equipa ainda tem oito derrotas e aparece na quinta colocação da Conferência Leste.

Pela Conferência Oeste, os Wizards vão mal, lutando na parte de baixo da tabela com apenas seis triunfos em 17 compromissos.

Eis os demais resultados desta ronda: Sacramento Kings x Philadelphia 76ers (adiado), Detroit Pistons 121 x 114 Boston Celtics, Memphis Grizzlies 105 x 120 Toronto Raptors, Los Angeles Lakers 96 x 90 Chicago Bulls, New York Knicks 106 x 104 Minnesota Timberwolves, San Antonio Spurs 94 x 87 Dallas Mavericks, Miami Heat 106 x 98 Denver Nuggets, Atlanta Hawks 107 x 109 Phoenix Suns, Indiana Pacers 109 x 131 Portland Trail Blazers.


NBA
Quadra molhada
adia Sixers e Kings


Campeão dos leves do UFC, o irlandês Conor McGregor tirou na Califórnia uma licença para disputar lutas de boxe, informa o site americano "MMA Junkie". A Comissão Atlético do Estado da Califórnia já emitiu a licença na última quarta-feira, de acordo com a notícia. O presidente do UFC, Dana White, não comentou a notícia, quando procurado pela publicação.

Recentemente, McGregor promoveu com frequência a possibilidade de uma luta contra o pugilista Floyd Mayweather, apesar da falta e experiência no desporto. O irlandês ainda não comentou o motivo de ter tirado a licença. Até o último fim de semana, McGregor acumulava os cinturões do peso pena e peso leve depois da sua vitória contra Eddie Alvarez no UFC 205. Porém, como já havia anunciado, a organização retirou o título das penas do lutador e proclamou José Aldo como único campeão da categoria. O brasileiro tinha o cinturão interino e pleiteava a unificação dos títulos numa luta contra McGregor, mas não foi atendido.


FORA DE CASA
Los Angeles Lakers
vence Chicago Bulls


O Los Angeles Lakers continua a dar provas à sua claque que pode ir longe na época'2016/17 da NBA. Mesmo a jogar em Chicago, a jovem equipa californiana derrotou os Bulls por 96 a 90 e colou na zona de classificação para os play offs da Conferência Oeste, agora com dez vitórias em 20 partidas disputadas, a mesma campanha do Portland Trail Blazers, último entre os que estariam garantidos.

O desempenho dos homens vindos do banco mais uma vez foi determinante para os Lakers. Louis Williams e Jordan Clarkson anotaram 18 pontos cada e lideraram os visitantes. Marcelinho Huertas novamente ficou fora. Já nos Bulls, todos os titulares chegaram aos dois dígitos na pontuação, com destaque para a fera Jimmy Butler, cestinha do jogo com 22 pontos.