Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Yanick Moreira falha primeiro treino

Melo Clemente - 14 de Junho, 2016

Atletas fazem apresentação sem justificarem a ausência na primeira sessão

Fotografia: José Cola

O poste Yanick Moreira, que na última temporada militou no Múrcia de Espanha, e Olímpio Cipriano, extremo base do Recreativo do Libolo, falharam ontem a primeira sessão de trabalho da pré-selecção nacional de basquetebol em seniores masculino, realizada no Pavilhão Victorino Cunha, com vista à disputa do torneio pré-olímpico de Belgrado, prova a decorrer de 4 a 10 de Julho,  selectiva para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em Agosto do ano em curso.

Os atletas não apresentaram justificação, relativamente às suas ausências na sessão de treino da semana que teve lugar na manhã de ontem, no Pavilhão Victorino Cunha, de acordo com o seleccionador nacional Carlos António Dinis.

“O único atleta que solicitou dispensa foi o Valdelício Joaquim e nós aceitamos. Yanick Moreira e Olímpio Cipriano não apresentaram qualquer justificação à direcção da Federação, muito menos à equipa técnica”, revelou o seleccionador nacional.

Yanick Moreira está em Luanda, há sensivelmente duas semanas, participou no último fim-de-semana num torneio de basquetebol promovido pela Administração da Cidade do Kilamba.

Entretanto, 11 dos 13 atletas que actuam no Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo BIC Basket, marcaram presença ontem na primeira sessão de treino da semana dos hendecacampeões africanos que procuram o passe de acesso aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, depois de falharem o apuramento directo aos referidos jogos.

Ontem, o seleccionador nacional contou com a presença de Armando Costa, o provável sucessor do capitão Eduardo Mingas, Felizardo Ambrósio “Miller”, Islando Manuel “Papa Ngulo”, Edson Ndoniema, Hermenegildo Santos, MVP (Jogador Mais Valioso) da 38ª edição do BIC Basket, Carlos Morais, Roberto Fortes, Leonel Paulo, Reggie Moore, Gerson Gonçalves e Gerson Domingos.

O professor Carlos António Dinis valorizou a presença dos 11 atletas que estiveram no Pavilhão Victorino Cunha, local que acolhe os trabalhos de preparação da pré-selecção nacional, que  deixa Luanda no sábado dia 18, rumo a Madrid que vai ser palco do estágio pré-competitivo, antes de seguir viagem para Belgrado. O torneio pré-olímpico tem início a 04 de Julho, a selecção está emparceirada no grupo das selecções da Sérvia e Porto Rico, este último adversário da estreia.

“Creio que onze atletas é um número satisfatório para o início dos trabalhos de preparação da pré-selecção nacional para o torneio pré-olímpico de Belgrado, competição em que procuramos estar no máximo da nossa força, a fim de lutarmos de forma digna pelo passe de acesso aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro”, revelou Carlos António Dinis que falou à comunicação social, momentos antes do início dos trabalhos.

O substituto de Moncho Lopez sublinhou ainda, que a primeira semana de preparação serve para a equipa técnica avaliar o estado físico, táctico e técnico dos convocados, antes de entrar propriamente para o estágio pré-competitivo, a decorrer em Espanha. A Selecção Nacional disputa pela segunda vez consecutiva o torneio pré-olímpico, depois de tê-lo feito em 2012, para os Jogos Olímpicos de Londres.

Angola disputa o torneio pré-olímpico de Belgrado, inserido no Grupo A, ao lado da similar da Sérvia, país anfitrião, e Porto Rico, adversário de estreia. No Grupo B estão as selecções do Japão, Letónia e República Checa.

Em Turim, vão estar as selecções da Grécia, México e Irão no Grupo A, ao passo que no Grupo B estão as selecções da Itália, Croácia e Tunísia, outro representante do continente africano.

Em Manila, outra sede do torneio pré-olímpico, estão as selecções da Turquia, Senegal, outro embaixador do continente berço, e Canadá, ao passo que no Grupo B estão os combinados de França, Nova Zelândia e o país anfitrião, Filipinas.