Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Basquetebol

FC Vila Clotilde desce de diviso

Juscelino da Silva - 30 de Abril, 2018

Fotografia: Edies Novembro

Terminada a fase regular do Unitel Basket, O FC Vila Clotilde desce de divisão, depois de dez anos na principal competição de basquetebol angolano. A juventude chamada para acudir os jovens \"foragidos\" no início da presente época não suportou as agruras.

A província de Benguela volta a ficar sem equipa na principal liga do basquetebol nacional. O Crisgunza acompanha o Vila Clotilde e vai disputar a segunda divisão na próxima época.

O FC Vila Clotilde é a mais antiga instituição desportiva do país em exercício. É a mais antiga escola de formação de basquetebolistas.
No histórico de formação constam nomes  como o técnico Raul Duarte, os ex-seleccionadores nacionais Mário Palma e Victorino Cunha.
Entre os jogadores no activo formados no Vila Clotilde constam nomes como o de Leonel Paulo, Milton Barros  e outros que animam o Unitel Basket.

PLAY OFF
Em busca do título da Unitel Basket 2017-2018, as principais candidatas abrem os play off no dia 8 de Maio em casa com vantagens \"psicológicas\". As equipas do 1º de Agosto e Petro de Luanda entram com pé direito à eliminatória A por tudo quanto fizeram na fase regular.

A equipa do 1º de Agosto recebe no pavilhão Victorino Cunha a Academia Helmarc. A partida tem o condão equilibrado ao Rio Seco. O grupo liderado por Paulo Macedo pode carimbar o passe no segundo jogo previsto para o dia 10. Os militares têm artilharia para \"destruir\" qualquer defesa dos jovens da Academia Helmarc. O terceiro jogo vai ser dispensado.

Com a mesma pretensão, o Petro de Luanda entra na fase de play off com olhos à outra fase. A equipa de Lazare Adingono recebe no dia 8 de Maio, na Arena do Kilamba, a Universidade Lusíada. A diferença na qualidade de plantel coloca os petrolíferos mais próximos na fase final.

A vitória por dois a zero é o resultado que se espera.

O Spor Libolo e Benfica recebe no Dream Space a Marinha de Guerra. O jogo pode ser complicado para os anfitriões. A equipa de Raul Duarte apresentou fragilidades durante a fase regular e qualquer erro pode inscrever com letras negras o afastamento da competição. As derrotas acumuladas diante das equipas aparentes pequenas colocam-na em situação de vulnerabilidade. O ASA e a Marinha de Guerra somaram vitórias diante dos libolenses.

Em busca de novas performances para fazer a história, Walter Costa vai levar um grupo mais coeso ao Dream Space. Sem olhar a outros desafios, as atenções podem estar viradas à outra fase. Qualquer facilidade no ataque vai ser \"bem\" aproveitada.

Na quarta e última partida da eliminatória A, o Interclube recebe no Arena do Kilamba o Atlético Sport Aviação. Os polícias estão cientes da capacidade competitiva dos aviadores nessa recta final da competição e só a concentração vai determinar os ânimos. A equipa de Manuel Sousa vai procurar redimir-se do afastamento da época passada.

Do outro lado está um grupo de \"pilotos\" que sabem o destino da viagem. O comandante Carlos Dinis prepara uma equipa que vai contrariar todas as investidas para chegar a outra fase da competição.

Os play off da Unitel Basket 2017-2018 são disputados a melhor de três jogos.