Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

A equipa tem bons atletas

Sardinha Teixeira - 03 de Agosto, 2010

Agostinho Estêvão Canhanga Mariano é guarda-redes de futsal

Fotografia: Nuno Flash

Actualmente, Canhanga, como é carinhosamente tratado pelos colegas, pratica futebol de salão e já sonha em ser campeão nacional dos próximos Jogos Militares. O atleta revelou-se satisfeito por participar nos últimos Jogos das Forças Armadas."Não ganhei o campeonato a nível da modalidade, mas considero a minha participação positiva, porque fez com que jogasse sem qualquer pressão e dominasse a nível dos integrantes do meu clube o primeiro dia da competição", disse.Canhanga afirmou que embora a sua equipa não esteja nos lugares cimeiros dos Jogos Militares, os objectivos já foram alcançados no cômputo geral das provas realizadas no país, em que conseguiu manter sempre a unidade entre todos os integrantes do grupo. Visivelmente satisfeito, Canhanga assegurou que a experiência que detém vai ajudá-lo a continuar engajado para manter a vantagem sobre os seus colegas de equipa.O atleta, que já conta com um troféu nacional de melhor guarda-redes no currículo, pretende agora festejar um título nacional da modalidade a nível dos desportos militares. O jogador afirmou que a sua instituição militar tem prestado apoio à modalidade. A equipa tem bons atletas. Estou surpreendido com a qualidade deles. É de louvar o esforço dos jogadores e treinadores. Apesar de se apresentar sem estrelas, como as demais equipas que disputam os Jogos Militares, mostra que, com mais dedicação e trabalho contínuo, pode atingir outros níveis", frisou. O atleta, que está ligado há anos a modalidade de futsal, hoje, vê resultados significativos desse esforço. "A qualidade técnica das equipas aumenta a cada ano", declarou.Posso dizer que a minha curta carreira tem sido muito positiva, os jogadores da minha equipa gostam muito de mim. Todos os treinadores sabem o quão é difícil gerir um grupo de jogadores e pôr todos a jogar", referiu.Canhanga considerou que foi a "melhor experiência que alguma vez tive como jogador, ter o privilégio de pertencer a um grupo de atletas bons e, depois, ir jogar com outras equipas do País é muito bom. Dá-me satisfação para trabalhar mais e fazer os meus colegas evoluírem".O futebolista tem o funje de calulu como seu prato preferido. Gosta de ouvir semba e música romântica. Altos & BaixosA convivência militar"A coabitação entre colegas marcou-me muito. A minha participação foi benéfica. Joguei sem qualquer pressão e terminei os Jogos Militares como o melhor guarda-redes", disse."A coabitação entre colegas marcou-me muito. A minha participação foi benéfica. Joguei sem qualquer pressão e terminei os Jogos Militares como o melhor guarda-redes", disse.Falta de preparação“Existem algumas equipas que não têm tempo suficiente para se prepararem para a sua participação nos Jogos. Ainda assim, a maratona desportiva e cultural das FAA motiva os militares a desenvolverem as suas qualidades humanas, de camaradagem e de solidariedade, virtudes necessárias para a consolidação da unidade, disciplina e coesão entre os combatentes”, sublinhou.Quem é quem... Nome     Agostinho Estêvão Canhanga MarianoData de nascimento   31/8/86Estado civil    CasadaNatural     LuandaNacionalidade    AngolanaPeso     67 KgAltura     1,64 mModalidade    FutsalClube     Exercito NacionalCategoria    SéniorPrato preferido    Funje de CaluluTabaco     NãoBebida     SumosNúmero de calçado   41Hobbyes    Leituras e filmes Filmes     AcçãoReligião   CatólicoCor  AzulPoligamia Respeito