Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

A hora e a vez do "menino bonito" de Benguela no andebol angolano

João Francisco - 23 de Janeiro, 2013

Edivaldo Ferreira já conta com 24 internacionalizações

Fotografia: Jornal dos Desportos

O andebolista Edivaldo Emanuel Ferreira, ou simplesmente Moreno, como é conhecido, representou a equipa de seniores masculinos do Futebol Clube do Porto em 2010 e 2011, tendo-se sagrado campeão de Portugal por aquela equipa. Com boa estatura física, 1,94 metros de altura, 21 anos, começou a prática desportiva aos 16 anos no clube ZAC do Lobito. Em 2008, Moreno deixou a cidade natal, Lobito, passando então a residir e a representar o clube da cidade do Porto, inicialmente na equipa de juniores.

Naquela altura, a sua integração na equipa portuense efectuou-se na sequência da observação feita pelo professor Filipe Cruz, coordenador da área masculina do andebol do 1º de Agosto, que esteve na origem da transferência do jogador.  O desafio foi o de aproveitar as suas qualidades atléticas, melhorá-las e potenciá-lo em termos técnicos e tácticos no projecto de renovação. Desde então, o atleta tem evoluído em todos os aspectos e representa de forma regular as selecções de juniores, estando enquadrado também no projecto de renovação da selecção principal de seniores.


Professor Filipe
Cruz sempre observou o atleta


O professor Filipe Cruz, cuja intervenção foi fundamental para o seu ingresso no F.C. Porto em 2010, dada a sua influência e prestígio no Andebol português (onde evoluiu ao mais alto nível), disse que o objectivo inicial era enquadrá-lo numa equipa profissional constituída por atletas mais evoluídos, como é o caso do F.C. Porto, actual líder da liga portuguesa. Em Portugal teve várias fases: a primeira etapa foi de um período experimental de três meses a fim de ganhar conhecimento e maturidade e depois definir-se o seu futuro em função do desempenho actual e perspectivas de evolução. Por se tratar de um jogador bastante jovem, enquadrou-se perfeitamente na actual equipa de seniores masculinos do 1º Agosto, onde venceu já o Campeonato Nacional e tem sido uma opção importante para a selecção nacional.


CARREIRA
Muitos títulos nacionais e internacionais


Na sua carreira desportiva, Edivaldo Ferreira já conta com 24 internacionalizações, em seis Taças dos Clubes Campeões de África, 12 Campeonatos das Nações em juniores, seis Campeonatos do mundo do mesmo escalão e um Campeonato Nacional em Portugal pelo FC do Porto. Na competição interna obteve dois títulos de campeão provincial e uma Taça de Angola. Edivaldo Ferreira “Moreno” faz parte do grupo de melhores andebolistas juniores do 1º de Agosto que nos últimos tempos começaram um novo ciclo novo de renovação da equipa sénior, sob comando do professor Filipe Cruz, que também orienta as selecções nacionais masculinas de Andebol. Moreno, antes de mudar de ares, teve como colegas nesta nova fornalha de andebolistas do clube “rubro-negro”:

Adilson Adriano, Abílio Cachacha, Gabriel Teca, Vanilson António, Show Baby, Romé Webo, Gilberto Figueira, Joaquim Raul, José Kalualua, Malange, Geovany, Sofrimento Pinto, Omar Ndavoca, Gabriel Teca, Adilson Maneco, o camaronês Fankoua William e o congolês Veduso-Te-Ealida. Edivaldo Ferreira fez ainda parte da selecção nacional sénior que em Janeiro de 2012 disputou o CAN de Rabat, tendo como companheiros Geovany Muachissengue, Gilberto Figueira, Mário Webo, Joaquim Raul, António Costa, Augusto Diseia, Gabriel Teca, Belchior Camuanga, Elcimar Santos (todos do 1º de Agosto), Yuri Fernandes, Sérgio Lopes, Adelino Pestana, Alfredo Ngongo (Interclube) e Fernando Teca (Kabuscorp), sob a batuta do seleccionador nacional Filipe Cruz.


PALAVRA DO TREINADOR
2013 é o ano  de afirmação


Para o treinador angolano de todo o andebol do 1º de Agosto, Filipe Cruz, depois da trajectória efectuada pelo atleta desde a sua formação, passagem pelo F.C do Porto e 1º de Agosto, onde continua a dar o seu contributo, 2013 pode ser o ano da sua consolidação e afirmação. “O Edivaldo é hoje um jogador mais estruturado, com muito mais maturidade, em suma, está completo. Passou pelo Campeonato Português e já leva alguns anos nos seniores do 1º de Agosto, pelo que pensamos que as suas qualidades são naturalmente confirmadas ao longo deste ano”, disse.

Instado a pronunciar-se sobre os outros talentos no clube que podem seguir o mesmo caminho de Edivaldo Ferreira na agremiação afecta ao CODENM, não teve hesitou: “No 1º de Agosto estamos a desenvolver um trabalho árduo e a proporcionar oportunidades a vários jogadores de terem um lugar entre os melhores. “Neste momento, todos os andebolistas que estão a servir o clube têm a qualidade e potencial do Edivaldo. No 1º de Agosto primamos, não só, a formar o jogador e o atleta, mas também a formá-lo como homem”, frisou.

Filipe Cruz recordou ainda que este ano o 1º de Agosto foi Campeão de Juvenis e está a disputar os “Nacionais” de juniores femininos que decorrem até hoje na cidade de Cabinda, onde ele acompanha a prova que o seu clube pode vencer, o que significa que o futuro da modalidade está salvaguardado na agremiação. “A nossa filosofia é contar com a ‘prata da casa’ para continuarmos a ser uma referência no Andebol angolano”, concluiu.

POR DENTRO

Nome Completo: Edivaldo Emanuel dos Santos Ferreira
Filiação: Ramiro Eduardo Ferreira e Maria Rosa da Silva
Data e local de Nascimento: 28 de Maio de 1990, Lobito
Altura: 1,94m
Peso: 84 kg
Incio da prática:
2006
Clube: Z.A.C. do Lobito
Tempo de prática: Sete anos
Posição em que joga: Meia distância lateral esquerdo e direito