Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

CAN-2010 já tem três apurados

Mário Eugénio - 11 de Setembro, 2009

Disputada a quarta jornada das eliminatórias combinadas de acesso ao CAN e Mundial de 2010, três selecções já confirmaram a qualificação para a Taça de África das Nações, enquanto apenas uma carimbou o passaporte para o Campeonato do Mundo.

A selecção do Ghana, no Grupo D, foi a única a conseguir o pleno no recomeço (segunda volta) do apuramento. Com a vitória sobre o Sudão por 2-0, os Black Star chegaram aos 12 pontos e detêm uma vantagem de sete pontos do segundo classificado, Mali (cinco), que, mesmo vencendo os dois jogos finais, vai totalizar apenas 11 pontos.

Esta diferença fez com que o Ghana garantisse também, por antecipação, a qualificação ao primeiro mundial africano, a ser disputadona África do Sul.

Outras duas selecções que já garantiram presença no CAN-2010, que Angola acolhe no período de 10 a 31 de Janeiro, são a Argélia, no Grupo C, e Côte d’Ivoire, no D. Ambas conseguiram importantes triunfos nos jogos do último fim-de-semana, mantendo, igualmente, intactas as suas aspirações em relação ao Campeonato do Mundo.

Os argelinos derrotaram, em casa, os zambianos, por escassos 1-0, ao passo que os ivoirenses golearam, sem apelo nem agravo, os burkinabes por contundentes 5-0.

Os elefantes só precisam de um empate, na próxima jornada, para se juntarem aos Black Star no leque de selecções africanas que vão estar na África do Sul. Já os argelinos, se quiserem chegar à pátria de Mandela, têm de garantir uma vitória e um empate nas próximas duas rondas.

Favoritos justificam previsões

Tal como apontavam as previsões na véspera do recomeço da dupla corrida africana e mundial, os favoritos acabaram por justificar o favoritismo que lhes era atribuído.

No Grupo A (ver peça ao lado), os Camarões confirmaram os três pontos, vencendo duplamente a congénere gabonesa, por 2-0 e 2-1.

No agrupamento B, Tunísia e Nigéria foram pela repartição de pontos, ao empatarem a dois golos. Quem aproveitou, da melhor maneira, este recomeço foi a selecção moçambicana que, em casa, voltou a relançar as esperanças quanto ao CAN, ao vencer a congénere queniana por 1-0.

Os egípcios, campeões em título, fazendo jus ao seu estatuto, foram até Kigali vencer o Ruanda pelo magro score de 1-0, enquanto no outro jogo do Grupo C, a Argélia também não deixou os seus créditos em mãos alheias, facturando mais três pontos, com a vitória de 1-0 sobre a Zâmbia.

No Grupo D, o Ghana recebeu e venceu em casa o Sudão, por 2-0, triunfo que lhe garantiu o seu segundo apuramento a um mundial. Já o Benin não conseguiu desforrar-se da derrota da primeira volta, empatando (1-1) com o Mali.
Finalmente, no Grupo E, quer a Côte d’Ivoire, quer o Malawi, saíram-se bem, confirmando as previsões. Os ivoirenses golearam, em casa, os burkinabes, por 5-0, e os malawis venceram, também no seu reduto, os guineenses, por escassos 2-1.

Em função dos resultados verificados, no Grupo A, os Camarões deixaram a posição de lanternas para o Marrocos, assumindo a liderança, estando o Gabão na vice-liderança (ver classificação).
Esta mesma situação verificou-se no “B”, onde Moçambique e Quénia fizeram a mesma troca de posições, com a Tunísia e a Nigéria nos lugares cimeiros. Nos Grupos C, D e E, as coisas mantiveram-se conforme estavam antes da disputa da quarta jornada. M.E

Camarões em ascensão lideram agora Grupo A

Últimos classificados do Grupo A até à entrada da quarta jornada, os Camarões começaram, no último fim-de-semana, a encetar a recuperação para a qualificação ao CAN e Mundial de 2010.

Após começo titubeante, derrota e empate, os Leões Indomáveis procuram, nesta recta final, corrigir o curso da caminhada. As duas vitórias frente ao Gabão, a primeira no fim-de-semana (2-0, em Libreville), em jogo de acerto à terceira jornada do Grupo A, e a segunda na última quarta-feira (2-1, em Yaoundé), para a quarta ronda, já os levou a uma reviravolta na classificação, onde, de últimos, passaram a líderes isolados, com sete pontos, mais um que os gaboneses.

Com o asseguramento da primeira posição, os Camarões vão agora bater-se para fazer o pleno nas duas próximas jornadas, ou seja, garantirem a presença no CAN de Angola e no Mundial da África do Sul, aspirações que estão perfeitamente ao seu alcance face à sua tradição nestas competições.

M.E