Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

David Luiz entre a permanncia e a sada

28 de Novembro, 2010

Internacional brasileiro quer mudar de clube

Fotografia: AFP

A permanência de David Luiz no Benfica está cada vez mais complicada. Recentemente, a imprensa portuguesa afirmou que o internacional brasileiro recusou renovar o seu contrato com o clube português e deve trocar de equipa em Janeiro. O Benfica precisa de reforçar os seus cofres, principalmente depois da eliminação da equipa na Liga dos Campeões. No campeonato português, embora esteja em segundo lugar, a equipa está dez pontos atrás do FC Porto. O impasse à volta da situação do "central" brasileiro teve como ponto de partida o interesse do Manchester City.

De acordo com o jornal "Record", a equipa inglesa apresentou uma proposta concreta de 32 milhões de euros para contratar o defensor na época passada. Mas como o Benfica já tinha negociado Ramirez e Dí Maria, a administração da SAD benfiquista achou melhor assegurar a permanência de David Luiz. O brasileiro ficou descontente porque o Manchester City ofereceu um salário anual de três milhões de euros por época, mais do que o triplo recebido nas Águias. Os dirigentes do Benfica acenaram com um aumento salarial a David Luiz, que também ia ter o contrato prolongado por mais uma época. David Luiz recusou a oferta, por já ter vínculo até 2015. O brasileiro também está descontente com o alto valor da cláusula de rescisão (50 milhões de euros), o que dificulta uma possível negociação.

Chelsea
está interessado
  

Carlo Ancelotti abriu a porta a uma investida no mercado para contratar um central já em Janeiro. David Luiz é o alvo prioritário. O técnico italiano é um profundo admirador das qualidades do internacional brasileiro e com a confissão à Imprensa britânica aproveitou também para seduzir o camisola 23 das Águias, que está receptivo a uma mudança de clube. O "central" não tem conseguido exibir todas as suas qualidades este ano e deseja ter um novo desafio, tendo mesmo a promessa de sair no final da época.

O Chelsea tem sofrido várias baixas ao longo da época, devido a problemas físicos, sobretudo na defesa, o que fez o treinador do campeão inglês admitir a possibilidade de apostar na contratação de mais um jogador para o eixo defensivo, de forma a manter vivas as aspirações de revalidar o título. Com Alex já de operação marcada ao joelho direito, e com um tempo de paragem previsto para seis a oito semanas, e com Terry de fora das contas por tempo indeterminado, devido a problemas nas costas, Ancelotti admite a possibilidade de contratar mais um central.

"Obviamente que se os dois jogadores não estiverem em condições de jogar durante um largo período de tempo, temos de pensar em ir ao mercado. Mas só nesse caso", reconheceu o técnico dos "Blues". Decidido a garantir David Luiz, o Chelsea deve colocar em cima da mesa uma proposta na ordem dos 30 milhões de euros para tentar convencer o Benfica a libertar o internacional brasileiro. Luís Filipe Vieira já disse que não deixa sair ninguém no mercado de Janeiro, mas a derrota no Dragão alterou a situação.

A desvantagem para o FC Porto é grande e Vieira admite agora perder um ou dois "craques", pensando em garantir um encaixe financeiro que permita já a aposta em novos jogadores. As boas relações existentes entre os dois clubes podem também facilitar o negócio. Os "Blues" adquiriram Ramirez no último Verão, por 22 milhões de euros, e podem agora voltar a encher os cofres da Luz, numa transferência que tem também a intervenção de Giuliano Bertolucci, empresário de David Luiz, que é precisamente o representante de Alex, defesa do Chelsea. Além do agente brasileiro, também Kia Joorabchian, empresário anglo-iraniano que está a ajudar os Águias na contratação de Funes Mori, deve participar nas negociações, tal como o fez no caso de Ramirez.

Central fala de injustiça

Herói na época de sonho do Benfica, David Luiz é, nos dias que correm, visto por muitos como um dos vilões dos tempos de crise. No regresso de Telavive, foi um dos mais visados pelos adeptos que se deslocaram ao aeroporto da Portela. Ao que alguns jornais portugueses apuraram, junto de fontes próximas do futebolista, David está magoado e revoltado com a actual situação. Sente-se injustiçado por duas razões: primeiro, pela dedicação que sempre teve para com o clube, facto que, entende, devia ser merecedor de maior crédito.

Também considera que o mau momento de forma é colectivo e, reflexo disso, são várias as unidades em baixo rendimento, sobretudo em comparação com a época passada, não sendo correcto individualizar. David Luiz foi muito cobiçado durante o Verão, mas por se sentir bem na Luz nunca forçou a saída. Colocou o futuro nas mãos de Luís Filipe Vieira e aceitou de bom grado ficar mais uma época no Benfica.

Mais recentemente, depois da humilhante derrota do Benfica no Dragão (0-5), o defensor acusou de tal forma o ‘desaire’ que decidiu não sair do clube em Janeiro, mesmo que surgisse essa possibilidade. Entendeu não abandonar o barco no meio da tempestade e deixar pela porta pequena o clube. Contudo, face aos últimos acontecimentos e ao ambiente adverso que vive na Luz - degradação da relação com os adeptos, com Jorge Jesus e com Luís Filipe Vieira - o internacional brasileiro já admite rumar para outras paragens em Janeiro.

Carreira começou no Vitória da Baía

David Luiz começou nos escalões de formação do Vitória da Baía, aos 14 anos, e sempre se destacou pela sua regularidade e técnica. Estreou-se na equipa profissional em 2005, com apenas 18 anos, e chamou a atenção de diversos clubes. Depois de ajudar o rubro-negro baiano a ascender à Série B do Campeonato Brasileiro, em 2006, foi emprestado ao Benfica. Estreou-se num jogo das competições Europeias, mais precisamente na Taça UEFA, frente ao Paris Saint Germain (PSG) no Parque dos Príncipes, em Paris.

Passou a titular no fim da época 2006/2007, quando o clube accionou a cláusula de compra que tinha com o Vitória. Desde então, tornou-se titular absoluto, chamando a atenção dos maiores clubes do mundo, como o Real Madrid e o Manchester United. Um dos jogadores mais regulares e queridos pelos adeptos benfiquistas dos últimos anos, a 15 de Outubro de 2009 renovou o seu vínculo com o clube por mais duas épocas, até 2015.

Na época 2009-10, David Luiz jogou praticamente todas as partidas do Benfica, ficando de fora apenas numa válida para o campeonato português e outra para a Liga Europa. Foi ainda eleito o melhor jogador do campeonato português no final da época. Este destaque fez com que as atenções se voltassem ainda mais para o “central”, que recebeu propostas concretas do Manchester City e do Chelsea, ambas rejeitadas inicialmente, o que fez com o jogador ficasse insatisfeito, recusando-se a renovar contrato meses depois com o clube.

Camisola da
Selecção Brasileira

David Luiz foi um dos jogadores mais regulares da Selecção Sub-20 que participou no Campeonato Mundial de Futebol da categoria em 2007. Foi convocado pela primeira vez para a selecção principal em 2010, na primeira convocatória de Mano Menezes como treinador.

Por dentro

David Luiz Moreira Marinho nasceu em Diadema, a 22 de Abril de 1987. É um futebolista brasileiro que representa as cores do Sport Lisboa e Benfica. É ainda jogador da Selecção Brasileira, convocado recentemente por Mano Menezes.

Informações pessoais
Nome:
David Luiz Moreira Marinho
Data de nascimento: 22 de Abril de 1987 (23 anos)
Local de nascimento: Diadema (São Paulo), Brasil
Nacionalidade: Brasileira
Altura: 1,86 metros
Peso:84 quilos
: Direito

Informações profissionais
Clube actual
: Benfica
Número: 23
Posição:Defesa central

Clubes de juventude
2001–2005: Vitória

Clubes profissionais
2005-2007: Vitória
2007: Benfica (emprestado)
2007: Benfica

Selecção Brasileira
2006-2007: Brasil Sub-20
2010: Brasil

Títulos
Benfica: Taça da Liga: 2008-09 e 2009-10
Benfica: Campeonato Português: 2009-10