Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Escorpies da Boa F em busca da afirmao

Melo Clemente - 24 de Julho, 2015

Fotografia: Jos Soares

O Club Escorpiões da Boa Fé de Viana é hoje uma agremiação com raízes fortes a nível da capital do país e não só. Fundado a 28 de Julho de 2008, o conjunto do bairro da Boa Fé, município de Viana, quer afirmar-se no contexto nacional.

 Apesar de assinalar o sétimo aniversário na próxima terça-feira, dia 28 do mês em curso, estando nesta altura a direcção do clube a preparar vários torneios nas mais distintas modalidades, para assinalar a data, que vai culminar com um almoço de confraternização, a história da agremiação data do fim da década de oitenta.

 Anteriormente, com o "quartel-general" montado no bairro da Vila Alice, onde residia o mentor do "projecto" (Lúcio Assis), a colectividade que era meramente virada para actividades de recreação, passou-se a designar Escorpiões da Vila Alice, isto em 1989.

 A partir desta data (1989) a formação do Escorpiões da Vila Alice passou a participar nas actividades desportivas, organizadas fundamentalmente, pela UNTA (União Nacional dos Trabalhadores Angolanos).

 "Efectivamente, o Club Escorpiões de Viana da Boa Fé tem as suas origens nos Escorpiões da Vila Alice. Em 1989, sentíamos a necessidade de estarmos organizados para a prática do futebol, daí que, surgiu a ideia de criarmos o clube. E como tínhamos de dar um nome, após uma reunião decidimos atribuir o nome de Escorpiões da Vila Alice. Portanto, tive o privilégio de ser indicado para assumir os destinos do clube. A partir daí, começamos a participar com regularidade nos campeonato organizados pela UNTA", começou por dizer Lúcio Assis, actual patrono no Club Escorpiões da Boa Fé de Viana.

 A equipa teve sempre em grande destaque nos campeonatos organizados pela UNTA, durante a década 90.

 Entretanto, quando praticamente no ano de 2000, os mais diferentes campos pelados espalhados pelas zonas urbanas da capital do país, começaram a desaparecer, dando lugar a construção de hospitais e estaleiros nestes locais, o patrono do clube decidiu transferir a sua "colectividade" para o município de Viana, concretamente, para o bairro da Boa Fé.

 O primeiro handicap foi encontrar um espaço onde se pudesse praticar o futebol onze. Durante largo anos, o responsável do clube travou várias "guerras" com a comissão de moradores na altura, que não se reviam na prática do desporto, particularmente, do futebol.

 A mudança de designação de Club Escorpiões da Vila Alice, para Club Escorpiões da Boa Fé de Viana foi a forma que Lúcio Assis encontrou para mobilizar os moradores daquela circunscrição do município de Viana.

 Com a mudança de designação, os moradores passaram a se identificar cada vez mais com o clube, de acordo com o presidente de direcção.

 "Não havendo campos para a prática do futebol nos arredores da Vila Alice, decidimos mudar-nos para Viana, mais concretamente, no bairro da Boa Fé. Trouxemos o nome, daí que, surge um novo escorpião que foi fundado a 28 de Julho de 2008. Portanto, foi uma fusão, e a partir daí, a comunidade aderiu, e hoje, o clube tem uma grande dimensão a nível de Luanda e não só".

 Virado essencialmente para o futebol, considerado como desporto rei, o Club Escorpiões da Boa  Fé de Viana viu-se obrigado a incorporar mais modalidades, muito por culpa dos seus munícipes, que pretendiam ver alargado, o número de disciplinas no seio da agremiação.

 Para além do futebol, fazem parte do leque de disciplinas do clube, o ténis de mesa, voleibol, basquetebol, estando nesta altura, a ser equacionada a entrada do xadrez.

O clube movimenta cerca de 540 atletas, em ambos os sexos, sendo que mais de metade representam o futebol, desde os escalões de sub-10, sub-12, sub-14, sub-16, sub-18 e sub-20.

 Em 2014, o Club Escorpiões da Boa Fé de Viana em seniores masculino conquistou o torneio Girabairro, a Taça Presidente, a nível da capital do país.

 Na fase nacional, a formação do Escorpiões da Boa Fé de Viana perdeu o título para o Locomotiva da Huíla, com quem perdeu por 1-0, em jogo disputado na Huíla. Já a nível dos calculistas o grémio conquistou o terceiro lugar.

  Na presente edição do torneio Girabairro, a Taça do Presidente, a equipa sénior de futebol foi eliminado nos quartos-de-final da competição. Quis o destino que a equipa de sub-12 fosse igualmente eliminado nos quartos-de-final.

 Este ano a equipa de sub-12 está a participar no campeonato provincial de Luanda.



Notoriedade 
Ténis de mesa
é a mascote do clube


 Apesar do futebol ser o desporto rei, a disciplina de ténis de mesa é nesta altura o cartão de visita do Club Escorpiões da Boa Fé de Viana.

 Os atletas do Club Escorpiões da Boa Fé de Viana têm se destacado nas mais variadas competições nacionais e internacionais, arrebatando títulos atrás de títulos.

Hoje, por hoje, os integrantes da formação da Boa Fé constitui cerca de oitenta por cento da Selecção Nacional de ténis de mesa, facto que deixa regozijado o presidente de direcção da colectividade.

 "O futebol é o desporto que move paixões e, não é, por acaso, que é considerado o desporto rei. Mas, também estamos apostados em modalidades individuais, como o ténis de mesa que ao fim ao cabo, é a nossa mascote.

Oitenta por cento dos atletas da Selecção Nacional são da nossa agremiação".
 
José Mayone, Vidigal Lemos, José Domingos e Carla Ferreira constituem os principais esteios do Club Escorpiões da Boa Fé de Viana.


Meta
Obras da nova sede estão na recta final


As obras de construção da nova sede do Club Escorpiões da Boa Fé de Viana decorrem em ritmo acelerado, tal como constatou em louco a reportagem do Jornal dos Desportos.

 A nova infra-estrutura, um edifício de três andares, localizado no Bairro da Boa Fé, possui um ginásio que vai servir as modalidades de futebol, basquetebol, voleibol, ténis de mesa, assim como vários compartimentos, para além de um restaurante.

 De acordo com Lúcio Assis, a "crise" financeira que o país atravessa, como resultante da queda do barril do Petróleo no mercado internacional, também afectou em certa medida o bom andamento das obras.

 Gorada que está a intenção de inaugural a nova sede do Club Escorpiões da Boa Fé de Viana, no dia 28 do mês em curso, dia em que a colectividade assinala a passagem de mais um aniversário, por sinal, o sétimo, o direcção do clube está apostada em concluir a sede mais tardar até o final do mês de Agosto.  "Nós queríamos inaugurar a nossa nova sede no dia 28 de Julho, dia do nosso aniversário. Infelizmente, não vai ser possível, em face da crise que assolou o nosso país. Mais a determinação dos membros da direcção e apoiados pela nossa comunidade que é bastante numerosa, estamos a dar seguimento das obras. Acredito que até finais de Agosto do ano em curso mais tardar princípios de Setembro, vamos inaugurar a nossa nova sede", garantiu o presidente de direcção do Club Escorpiões da Boa Fé de Viana.

 Entretanto, o campo de futebol vai igualmente nos próximos tempos beneficiar de obras de restauro, com a construção de pequeno pavilhão multi-uso para albergar as modalidades de sala, como o basquetebol, voleibol, ténis de mesa e o xadrez, está última, a ser implementada nos próximos dias.

 De acordo com Lúcio Assis, a construção do pavilhão multi-uso vai permitir que se aposte cada vez mais na massificação do ténis de mesa, voleibol, basquetebol e o xadrez.

 "Penso que com a construção do pavilhão multi-uso vai permitir apostar-se cada vez mais na massificação, porque como sabe o futebol é a única modalidade que é praticada no nosso bairro da Boa Fé. O basquetebol e o voleibol treinam no campo da Mecanagro ao passo que o ténis trabalha no Centro de Auto Rendimento, situado no Complexo da Cidadela Desportiva. Queremos inverter este quadro ou seja, trazer estas modalidades para o nosso bairro, aumentando deste modo o número de praticantes".

 Actualmente, a sede funciona provisoriamente na residência do presidente de direcção do clube, Lúcio Assis.
M.C


Futuro
As estrelas do amanhã


Com apenas dez anos de idade, Evandro Daniel, Magalhães João "Magoga" e Vidal António constituem hoje, os principais esteios da equipa de futebol de sub-10 do Club Escorpiões da Boa Fé de Viana.

 Jogar na formação do Real Madrid de Espanha passa a ser o principal desejo dos petizes acima referenciados.

 Entretanto, em Agosto, aproveitando a pausa pedagógica, os três atletas poderão rumar para Espanha nos próximos dias, a fim de integrarem a academia do clube madrileno, segundo fez saber Lúcio Assis, presidente de direcção do Club Escorpiões da Boa Fé de Viana.

 "Estamos a criar condições para mandar durante a pausa pedagógica estes três meninos para a academia do Real Madrid de Espanha", asseverou o homem forte do grémio da Boa Fé.
 M.C


Festejos
Quadrangular
marca aniversário

 Em alusão a mais um aniversário do clube, está em curso um quadrangular de futebol a nível dos juniores e seniores, para além dos torneios de ténis de mesa e voleibol, segundo Francisco Sebastião, director para o futebol do Club Escorpiões da Boa Fé.

 "Temos as condições todas criadas para fazer disputar os torneios de futebol, ténis de mesa e voleibol. Vamos disputar uma partida de carácter amigável com o 1 de Agosto ou Petro, os juniores vão efectuar um jogo com o Progresso. Já a nível dos seniores vamos realizar um quadrangular, com a participação da Estrela da Madeira, Manguerinhas do Cazenga e o Ajax da Rua nove do Prenda para além como é evidente o clube aniversariante".

 Já o ténis de mesa decorre nesta altura no Centro de Auto Rendimento uma prova para saudar a data. "Está a decorrer nesta altura uma prova no Centro de Auto Rendimento da Cidadela, assim como o voleibol.
M.C


Protocolo
AFA pode cooperar com Club Escorpiões


A Academia de Futebol de Angola (AFA) pode rubricar nos próximos tempos, um acordo de cooperação com o Club Escorpiões da Boa Fé de Viana, segundo fez saber o director técnico da AFA, Toni Cortez.

 Aquele responsável teceu tais considerações logo após a vitória da equipa de AFA sobre os Escorpiões de Boa Fé, a quem venceu por 3-0, no reduto alheio, numa das partida a contar para o campeonato provincial de Luanda na categoria de juniores.

 "Estou extremamente feliz por termos conseguido vencer esta equipa, sobretudo por ser num campo pelado facto que acaba sempre por dificultar os jogadores.

Penso que merecemos inteiramente a vitória".  Toni Cortez enalteceu por outro lado, o esforço que a direcção do Escorpiões tem feito para manter o projecto em curso.

 "Nós com Academia de Futebol de Angola estamos a desenvolver um projecto de criação de núcleos nos mais diferentes bairros de Luanda numa primeira fase. Existe também uma intenção de cooperarmos com clubes como o Escorpiões da Boa Fé.  Acredito que nos próximos dias poderemos fazer uma visita para saber o número de atletas que têm, o potencial, enfim, é quem sabe estabelecermos um protocolo de cooperação".


 Pedro Gomes
Soba enaltece projecto do clube


O surgimento do Club Escorpiões da Boa Fé de Viana deu um novo alento à juventude daquela circunscrição, que estava virada essencialmente para práticas nocivas à sociedade, como o alcoolismo, a prostituição e sobretudo a delinquência.

 A constatação foi feita pela soba do bairro da Boa Fé, Pedro João Gomes, tendo solicitado os empresários do município de Viana a apoiarem cada vez mais projectos do género.

 "O surgimento do Club Escorpiões da Boa Fé de Viana veio a acabar com muitos problemas que haviam no bairro sobretudo da delinquência. Antes do surgimento do clube, o bairro da Boa Fé era um autêntico inferno, os assaltos à mão armada eram prática frequente, para além do alcoolismo e a prostituição.

Hoje, graças a Deus, a situação mudou radicalmente porque os jovens passaram a ocupar os seus tempos livres com a prática do desporto. Por isso, gostaria de deixar aqui o meu apelo aos empresários deste município a apoiar o senhor Lúcio Assis, porque ele conseguiu tirar muitos filhos desta comunidade de práticas nocivas à sociedade".
 M.C