Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Fbio Coentro torna-se a grande figura do Benfica

29 de Setembro, 2010

Coentro custou um milho de euros ao Benfica em 2007.

Fotografia: AFP

"Vai ser impossível segurá-lo." Esta é a frase mais vezes dita entre os dirigentes encarnados quando o tema é Fábio Coentrão. A estrutura da SAD benfiquista já não tem esperança de continuar a contar com o internacional português por muito mais tempo, tal é a qualidade e evolução demonstradas pelo jovem esquerdino. Frente ao Marítimo voltou a ser decisivo, no único aspecto que ainda lhe faltava melhorar: marcar golos.

O nome de Fábio Coentrão já está nas bocas do Mundo e, neste momento, trata-se de um dos jovens jogadores mais pretendidos entre os clubes de topo do futebol europeu. À boa época realizada em 2009/10, seguiu-se um Mundial em que superou todas as expectativas e provou que tem pedalada para outros voos.

As exibições frente a equipas poderosas como Brasil e Espanha deixaram os "tubarões" europeus de boca aberta, mas não foi a primeira vez que tal aconteceu, Já durante a época passada foram vários os emissários de emblemas de topo como Chelsea, Manchester United, Real Madrid e Juventus que se deslocaram à Luz com o propósito de observar David Luiz, Ramires e Di María. Viajaram para ver estes, mas acabaram por sair impressionados com Coentrão.

O Bayern de Munique chegou, inclusive, a passar a barreira dos 20 milhões de euros mas os encarnados recusaram a oferta bávara. A Juventus também sondou as águias e em Madrid, Quique Flores declarou publicamente interesse no polivalente esquerdino do Benfica.

Cláusula não sobe
Face a tanto assédio, o Benfica já equacionou propor a renovação contratual a Fábio Coentrão e assim elevar a cláusula de rescisão de 30 para 40 milhões com a possibilidade de aumentar o previsível encaixe financeiro. Contudo, essa hipótese parece estar colocada de parte e será por um valor próximo dos 30 milhões de euros que o jogador deverá ser transferido no final da época, uma soma superior às recentes transferências de Di María e Ramires. Um negócio com uma mais-valia assombrosa depois de ter custado um milhão de euros ao Benfica em 2007.

Clube apresenta
resultados positivos

O Sport Lisboa e Benfica disponibilizou aos seus associados, no sítio oficial das águias, o Relatório de Gestão do clube, destacando-se o facto de, após dois anos seguidos de prejuízos, apresentar resultados líquidos positivos, com um lucro de 2,383 milhões de euros.
Para isso muito contribuiu o projecto de reestruturação do Grupo Sport Lisboa e Benfica, aprovado em assembleia geral do clube no primeiro semestre do exercício, que permitiu liquidar as dívidas que o clube tinha com empresas do grupo e reforçar os capitais próprios da Benfica, SAD.

Milan disposto a pagar
40 milhões por Gerrard

A imprensa britânica avançou esta terça-feira com o suposto interesse do Milan em Steven Gerrard, já na abertura do mercado de Inverno, apresentando uma proposta no valor de 40 milhões de euros. O Milan pretende assim tirar partido da difícil situação financeira em que o Liverpool se encontra para conseguir contratar o capitão dos "reds".
Aos 30 anos, surge a oportunidade de Steven Gerrard mudar o rumo da sua carreira, toda ela construída no Liverpool.

Equipas de Fórmula-1
acordam redução de custos

As equipas de F-1 chegaram a consenso quanto a um plano de redução de custos para os próximos anos, depois de assinarem um novo Acordo de Restrição de Recursos (RRA) em Singapura no fim-de-semana passado, avançou esta 3.ª feira o "Autosport.com".
O (pré) acordo é agora válido até final de 2017 e, embora não sejam conhecidos detalhes quanto à extensão das novas restrições, entende-se que há uma suavização no corte de custos, depois de algumas equipas fazerem sentir que havia demasiada restrição no primeiro documento apresentado no seio da FOTA (associação de equipas de F-1).