Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Filho do antigo seleccionador segue as peugadas do pai

João Francisco - 30 de Setembro, 2013

O futuro hoquista Kelvin da Costa ( quarto da esquerda à direita agachado de azul) posando para a posteridade com os “veteranos” numa clara alusão a passagem de testemunho

Fotografia: Jornal dos Desportos

Kelvin da Costa, nove anos, é filho do antigo praticante e treinador do Petro de Luanda e da Selecção Nacional de Hóquei em Patins, Nelson Costa, que pelas acrobacias dadas a observar na cerimónia de inauguração do Pavilhão Multiusos que albergou os jogos mais importantes do 41º Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins organizado por Angola, tem um futuro radiante à sua frente.

A anteceder o jogos entre as velhas glórias do Hóquei em Patins angolano, realizado no dia da inauguração do Pavilhão Multiusos de Luanda pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, vimos patinar e “stickar” uma criança, cujas “acrobacias” ficaram retidas na mente de todos os espectadores que estavam no local.

Os espectadores viram as exibições do juvenil da Académica de Luanda, Kelvin da Costa, que começou a prática da arte de bem patinar e “stickar” há sensivelmente um ano.“Comecei a patinar em 2012 na Académica de Luanda, como infantil e como ainda não tenho idade de competir, efectuei até agora apenas jogos amigáveis inserido na minha equipa com a formação do Hóquei 2000”, começou por contar Kelvin da Costa que gosta de ver jogar o hoquista João Pinto.

A PALAVRA DO PAI
“Tem que haver simbiose do desporto com a escola”


Nelson Costa, pai do hoquista iniciado, acredita nas potencialidades do seu filho e da sua influência na personalidade do petiz. Mas, como todo o encarregado de Educação, a inclinação futura para a actividade federada depende muito da sua aplicação nos estudos.“Defendo para o meu filho e não só, que para se praticar desporto tem que haver uma simbiose com o aproveitamento escolar. Assim, caso o Kelvin não progrida nos seus afazeres escolares pode ver a sua actividade reservada aos tempos livres, penalizada”, defendeu o encarregado de Educação que conhece bem os meandros do desporto, particularmente do hóquei em patins.

GANHOS
FAP pode aproveitar novos valores


Como muitos petizes angolanos, Kelvin da Costa faz parte de uma “fornalha” de futuros praticantes de hóquei em patins, que no futuro vão rejuvenescer as Selecções Nacionais de Hóquei e Patins, fruto da organização do 41º Mundial, que à semelhança da primeira “geração” dos melhores hoquistas angolanos que surgiram após o “boom” de 1974.

A Federação Angolana de Patinagem, que está a ser bem dirigida pelo presidente Carlos Alberto “Calabeto”, infelizmente apenas colocou em campo uma única “estrela do amanhã”, o que contrasta com a imagem que temos visto nas principais artérias da cidade, onde temos visto muitas crianças a patinar.

Verdade seja dita: O 41º Mundial de Hóquei em Patins que o Pais organizou durante uma semana de festa, trouxe um pouco por todos os campos a “moda de patinar”.Nunca antes tinhámos visto, tantos aficionados a fazerem o gosto aos patins. E, a FAP, aproveitando a azafáma dos adeptos da modalidade de todas as idades, particularmente a camada juvenil, fez nascer o Núcleo de Hóquei em Patins do Cazenga, um dos muniícipios mais populosos de Luanda.

O Namibe por exemplo, que albergou dois dos quatro grupos do Campeonato Mundial, viu renascer a vontade de regressar aos tempos auréos da modalidade naquela provincia,  ao organizar o seggundo Campeonato Nacional de Juvenis, que depois da Independencia de Angola fez desfilar alguns dos ídolos que continuam a dar cartas no continente e no mundo.Mãos a obra FAP.Bem haja o Hóquei angolano!

DADOS PESSOAIS

Nome completo: Kelvin Ediberto Alexandre da Costa
Filiação: Nelson Costa e Maria Alexandre
Data e local de Nascimento: 11 de Março de 2004, em Luanda
Peso: 27 kg
Calçado: 30/31
Prato preferido: Bacalhau com natas
Bebida: Blue de ananás
Estudo:  4ª classe do ensino de base
Tempos livres: Patinar e jogar futebol