Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Gigante chinês perde a batalha para as contusões

18 de Julho, 2011

Yao Ming já não faz parte do grupo de jogadores da NBA.

Fotografia: AFP

Infelizmente acabou, tornou-se história e só podemos lamentar. Yao Ming já não faz parte do grupo de jogadores da NBA, nem do desporto. Foi um guerreiro contra as lesões, mas não deu e é muito triste ver grandes atletas a retirarem-se, ainda mais por lesão e com apenas 30 anos. Foram oito temporadas, 486 jogos, 9.247 pontos, 4.494 rebotes, 920 tocos, 93 milhões de dólares e um legado, sendo o grande nome desportivo chinês no mundo, na última década. A prova da sua popularidade foi ser escolhido para o All-Star Game em todas as oito temporadas em que jogou na NBA, ficando de fora apenas wm 2010, quando não entrou em campo durante toda a temporada.

No alto dos seus dois 2,29 metros de altura, Yao não conseguiu levar o seu clube ao título, mas deixa-o com um saldo positivo. As lesões evidentemente que não ajudaram. Perdeu 250 jogos nos últimos cinco anos, incluindo uma temporada completa, e, no geral, mais de três temporadas. Fora da NBA, Yao também coleccionou bons resultados. No basquetebol chinês actuava pelo Xangai Sharks onde se estreou profissionalmente aos 17 anos. Jogou por lá até 2002, quando ganhou o seu primeiro título nacional com o clube, com médias incríveis de 38 pontos e 20 rebotes durante os playoffs daquele ano, e nas finais chegou a ter um jogo perfeito, fazendo 21 arremessos em 21 tentados.

Até então, Yao já tinha partido o pé duas vezes e já mostrava essa certa tendência para as lesões. Na selecção chinesa, o jogador venceu três títulos continentais. Também disputou três olimpíadas, em duas das quais carregou a bandeira chinesa na apresentação das delegações: em Atenas 2004 e em Pequim 2008. Yao ainda chegou a carregar a tocha olímpica durante um troço, em Pequim.
Apesar de todos os méritos de Yao, o jogador também tem os seus defeitos. Sem muita impulsão, devido às lesões no início da carreira, acabou por levar toques de jogadores bem mais baixos e a fazerem menos rebotes do que o seu tamanho devia proporcionar.
Esse é Yao, um jogador que jogou para mais de mil milhões de pessoas durante esses nove anos ao serviço do Houston Rockets. Se agora é um momento triste para todos os fãs de basquetebol, imagine-se para os chineses, que perdem um grande símbolo de garra, desportivismo e sucesso. Na temporada 2009-2010 da NBA, o grandalhão fracturou o pé, ficando fora de acção o ano todo. Após uma massacrante recuperação, Yao Ming voltou a vestir o uniforme do clube texano na última edição da liga, mas não conseguiu disputar mais do que cinco partidas antes de novamente voltar ao departamento médico. Uma fractura do tornozelo esquerdo levou-o para a mesa de operações.

O chinês chegou a esboçar o fim da carreira anteriormente, mas o nascimento da filha deu-lhe forças para tentar retomar a vida de jogador profissional mais uma vez. Agora, com 30 anos, e com o seu contrato com o Rockets concluído no dia 30 de Junho, o seu percurso encontrou um ponto final. Além de fazer sensação nos EUA, Yao Ming ajudou a divulgar a NBA na China. Em 2007, o confronto entre ele e o compatriota Yi Jianlian, contratado pelo Milwaukee Bucks, foi assistido por 200 milhões de lares no Oriente. O pivô somou uma média de 19 pontos e 9,2 rebotes por partida na sua passagem pela liga norte-americana.

Prémios & conquistas
Yao Ming é actualmente a sexta pessoa mais alta do mundo logo a seguir a três compatriotas seus, um indiano e um turco.
-8× NBA All-Star: 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2011
-5× All-NBA Team:
-Second Team: 2007, 2009
-Third Team: 2004, 2006, 2008
-NBA All-Rookie First Team: 2003
-NBA Rookie All-Star Game: 2004
-Vencedor da medalha de ouro pela selecção chinesa 2001, 2003, 2005 Campeonato FIBA Ásia
-MVP of the 2001, 2003, 2005 Campeonato FIBA Ásia
-All-Tournament Team, Campeonato Mundial da FIBA: 2002
-Chinese Basketball Association Campeão: 2001-02
-Campeão dos rebotes na temporada 2001/02
-2003 Sporting News Rookie of the Year
-2003 Laureus Newcomer of the Year