Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

"Hquei em patins ganha impulso com o torneio Z D em Malange"

Joo Francisco -On-line - 18 de Julho, 2013

O Director provincial da Juventude e Desportos de Malange est satisfeito com o desenvolvimento do desporto na provincia

Fotografia: Ginivaldo Fonseca

A modalidade de Hóquei em Patins na província de Malange vai  conhecer este ano  o   apogeu com a realização do troféu internacional  Zé Dú, entre os dias 20 e 25 de Agosto,  de acordo com dados fornecidos ao Jornal dos Desportos, por Caetano Tinta.   

“O Hóquei em patins está bem servido na província. Antes tínhamos apenas um núcleo. E, hoje,passados mais de cinco meses, está criada a Associação Provincial que tem as  actividades viradas para a  massificação  da  modalidade nas escolas de base do 2º ciclo  e do ensino médio”, começou por dizer o director provincial da Juventude e Desportos de Malange.

Caetano Tinta assegurou que, neste momento existe de facto um trabalho aturado da Associação Provincial de Hóquei em  Patins  de Malange, para  levar a modalidade aos quatro dos 14 municípios provinciais , como Cacuso, Calandula, Cagandala e Caculama, que certamente vai aumentar  com a realização do troféu internacional.

“Se por enquanto temos o Clube da Maxinde com escalões juvenis e juniores que está devidamente legalizado, estamos em crer que com o impacto da realização da 12ª edição do torneio internacional Zé Dú, muitos outros clubes vão aparecer”, acredita.  

Para Caetano Tinta, o Executivo,  através da Direcção Provincial da Juventude e Desportos, vai  socorrer-se  das infra-estruturas desportivas, nomeadamente as quadras polidesportivas que foram construídas nos 14 municípios no âmbito do Programa de Combate  à pobreza para relançar a modalidade do hóquei em patins um pouco por toda a província de Malange.

“Depois do torneio internacional Zé Dú, a modalidade vai dar  passos de forma organizada  com o  apoio do Executivo, para,  naturalmente, melhorar o  empenho, uma vez que existem orientações para a aquisição de equipamento para a prática de uma modalidade que até já teve tradição na província”, disse.


ORIENTAÇÃO
Associação provincial
cria núcleos nas escolas


De acordo com o Director Provincial da Juventude e Desportos de Malange, Caetano Tintas, a Associação provincial de patingem, presidida por  Walter Mendonça Pinto,  foi orientada  para criar  núcleos da modalidade ao nível das escolas de base e segundo ciclo para assegurar o desenvolvimento da modalidade com  base sólida, igualmente a partir das instituição do ensino regular.

“Há um programa do Executivo local, a par do compromisso da própria Federação Angolana de Patinagem liderada pelo Presidente Carlos Alberto Pinto “Calabeto” para  apoiar a Associação Provincial de Patinagem de Malange com  material  e equipamento para levar a bom porto este projecto de desenvolvimento do hóquei em patins a partir das instituições de ensino, como disciplina opcional nas classes de educação física”, revelou.


PARCERIAS
Modalidade passou a integrar
a educação fisica no ensino


Na óptica do Diretor Provincial da Juventude e Desporto de Malange, Caetano Tintas,  o desporto escolar na província  tinha nas modalidades de Andebol, Basquetebol e Ginástica,  maior incidência de prática, na disciplina de Educação Fisica,  passou a incluir o hóquei em patins, pela   “febre” causada com a  realização do torneio Internacional Zé Dú.

 “Em relação ao desporto escolar o Executivo através da Direcção Provincial da Juventude e Desportos,  assegura o apoio técnico- institucional  na formação  de  professores de Educação Física, tanto para as  modalidades com maior incidência no passado, como agora em relação ao hóquei em patins que está a  ganhar  terreno com os preparativos do torneio Internacional Zé Dú e do próprio Campeonato Mundial que vai ser disputado nas províncias de Luanda e Namibe, de  que  Malange chegou a ser candidata”,  sublinhou.

Em sua opinião “existe uma ligação  estreita  entre a Direcção Provincial da Juventude e Desportos  e o sector da Educação que permite trabalhar em conjunto e de  forma harmoniosa para o desenvolvimento do desporto escolar na região”, assegurou ainda,  Caetano Tintas.


DESPORTOS
Andebol e Hóquei


Em termos de desportos coletivos e para a  representatividade oficial desportiva federada da província , o andebol é a modalidade  de eleição, segundo o Director Provincial dos Desportos ,  Caetano Tintas, que mesmo assim augura novos ventos para o hóquei em patins nos próximos tempos.  

Dando azo à sua avaliação, Caetano Tintas considerou que duma maneira geral, os desportos coletivos não estão mal, mas podiam estar melhor se houvesse quadros técnicos capacitados para acudir às necessidades que existem  com a “fuga” dos cérebros provinciais para outras paragens por vários motivos, particularmente à  instabilidade que existiu no passado.

“Para melhorar, o executivo,  está a  elaborar  um  programa com prioridade  na formação de quadros, isto porque de há um tempo  a esta parte, sentimos que muitas modalidades colectivas deixaram de existir, porque os poucos técnicos que se ausentaram  devido aos períodos de instabilidade na região,  já  não regressaram e passámos a ficar sem alternativa, daí que não nos resta outra solução senão darmos o primeiro passo”, ajuizou. 


INFRA-ESTRUTURAS
Piscina e Estádio de raiz para breve


Caetano Tintas, garantiu que já estão em curso a recuperação de algumas infra-estruturas desportivas, como o estádio de futebol 1º de Maio no bairro da Catepa, que esta a beneficiar de um novo piso com aplicação  de relva  nova e   irrigação automática. O Pavilhão  mulltiuso, no Centro da Cidade, também tem praticamente as obras concluídas.

“Ainda assim existe o Programa do Governo  para a construção de uma piscina  de raiz  para servir a modalidade,  porque a piscina velha  é irrecuperável, bem como a edificação de um novo estádio de futebol no Bairro Vanvala, na mesma área onde está a ser  erguido o pavilhão de hóquei em patins Arena de Malange que vai albergar o torneio Internacional Zé Dú”, avaliou ainda.

De resto, para Caetano Tintas “ uma das grandes vantagens para levar as modalidades de salão um pouco por todas as províncias são as quadras polidesportivas  construídas nos 14 municípios  da província que salvaguardam já a prática efectiva dos desportos, independentemente de outros apoios que surjam”.