Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Imbondeiro de Viana chegou até aqui por mérito

Sardinha Teixeira - 20 de Maio, 2010

José Cola

Fotografia: Jornal dos Desportos

Na visão do dirigente vianense, "o Imbondeiro de Viana chegou onde chegou por mérito, mas é preciso que crie melhores condições a nível de infra-estruturas, porquanto não podemos continuar a praticar desporto em pavilhões sem condições. Faço um apelo para que as estruturas competentes olhem por esta situação".

Samuel Ebo sublinhou que "procuramos dentro dos disponíveis no mercado recrutar os melhores atletas. Felizmente, graças ao esforço de um ou outro amigo e do clube, conseguimos reunir um bom grupo de jogadores que, pela sua entrega e prestação, nos apontam para a luta pelos melhores lugares".

O dirigente desportivo advoga que agora é preciso melhorar bastante nos aspectos organizacionais e em termos competitivos. "Isso é bom para o basquetebol. Vimos jogadores com muita qualidade técnica e que ajudam a equipa a apresentar melhores performances", declarou.

Num outro desenvolvimento, Samuel França Ebo disse que o clube precisa recuar no tempo para encontrar um modelo de funcionamento que lhe permita dar grandes saltos. “Penso que a partir do momento em que cada um fizer o seu trabalho, vamos melhorar em todos os aspectos.

Quer dizer, desde o roupeiro, seccionista, treinador e massagista, cada um deve fazer o seu papel. Só assim podemos exigir melhores performances aos jogadores", sublinhou.A equipa de Imbondeiro é formada, maioritariamente, por jogadores que residem em Viana. Fundado em 2006, a mesma foi formada, inicialmente, com o objectivo de massificar o basquetebol a nível da municipalidade.

Contudo, a equipa acabou por se inscrever, mais tarde, no desporto federado.De lá para cá, a formação começou a competir regularmente no Provincial e no Nacional, nas quais passou a rodar os seus jogadores. "Isso demonstra que existe organização local", observou o técnico.

Samuel Ebo deixou uma mensagem: "os sócios são os verdadeiros detentores do clube. Há alguns que se esqueceram de quão importante é visitar, de vez em quando, este membro da família.O Imbondeiro não é só um escape dos fins-de-semana. O clube é arte, é emoção e é, acima de tudo, uma paixão".

>> Altos & Baixos

Clube pode atingir outros níveis
"O clube tem bons atletas. Estou surpreendido com a sua qualidade. É de louvar o esforço dos jogadores e treinadores. Apesar de se apresentar sem estrelas, como as demais equipas que disputam o campeonato nacional, mostra que, com mais dedicação e trabalho contínuo, pode atingir outros níveis”.

Falsas promessas
"O empresariado local não tem apoiado a modalidade. No passado, Hermengildo de Castro, fundador do clube, trabalhou bastante com a equipa de basquetebol, que neste momento, está numa fase de reestruturação. Ele gastou as suas economias até onde pôde. Hoje, vivemos muitas vezes, de falsas promessas, num meio em que toda a gente fala com toda a gente".

>> Por dentro

Nome: Samuel França Ebo
Data de Nascimento: 1/5/75
Natural: Malanje
Nacionalidade: Angolana
Peso: 65 kg
Altura: 1,73 m
Modalidade: Basquetebol
Clube: Co-fundador do Clube de Viana
Categoria: Fundador do clube
Prato preferido: Funji de peixe seco e feijão
Tabaco: Não
Bebida: Cerveja
Número de calçado: 43
Hobbyes: Ver filmes com a família
Filmes: Acção
Religião: Sétimo Dia
Cor: Branca
Poligamia: Respeito
Perfume: Chanceler
Música: Semba
Esplanada ou discoteca: Esplanada
Droga: Contra
País: Angola
Cidade: Luanda
Conduz: Não
Um livro: Mestre Tamoda
Campo ou praia: Praia
Um sonho a realizar: Ver o Imbondeiro campeão nacional de basquetebol 
Deus: O Homem maravilhoso
Imprensa: Imprescindível
Uma mulher: A minha esposa
O que mais detesta: Esperar