Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Infortur dá o rosto ao Namibe

Manuel de Sousa, Namibe - 27 de Agosto, 2013

Namibe vai inaugurar no fim do mês o hotel que vai acolher as duas séries do Campeonato do Mundo

Fotografia: Jornal dos Desportos

Com a inauguração do Hotel Infortur no próximo dia 31 de Agosto, Namibe vê aumentar o número de unidades hoteleiras de primeira linha. Os turistas, presentes na cidade do Namibe, em Setembro próximo, vão ter uma vasta escolha de diversão e de bem-estar. O Hotel Infortur vai acomodar as oito selecções participantes do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins. No grupo B, as delegações da Argentina,Uruguai, Alemanha e França e do grupo D, Colômbia,  EUA, Itália e Moçambique  têm  oportunidade de desfrutar do que há de belo no mar namibense.

A suavidade da brisa do sul do Oceâno Atlântico e os voos de diferentes aves migratórias pintam a noite ou o dia de qualquer turista que se prese de usufruir dos serviços do Hotel Infortur. Um pólo aquático, na zona traseira do edifício, dá maior comodidade aos hóspedes. Os visitantes têm a oportunidade de sentir o que de bom tem a África, o Verão.  Dada a localização do mais novo hotel, as estimativas apontam para uma grande procura desses serviços após o Campeonato do Mundo. Muitos cidadãos namibenses já começaram a fazer poupanças.

Um parque de estacionamento, paralelo ao pólo aquático, está disponível para 50 viaturas. O Hotel Infortur está equipado com mobiliário de alta qualidade e de ar condicionado. O material utilizado na sua construção é de elevado padrão internacional. Com capacidade para mais de 170 camas, as obras do Hotel da Infortur congrega uma mão-de-obra de 150 trabalhadores chineses e 56 angolanos, que diariamente trabalham para a conclusão nos prazos previstos.

O responsável da empresa construtora chinesa, o Engenheiro Victor Chiam, afirma que após a entrega oficial às entidades competentes, o Hotel Infortur vai também servir outros eventos, para além de desenvolver o turismo na província do Namibe. Victor Chiam assegura que, no final do mês corrente, a obra vai estar concluída e tranquiliza todos os dirigentes (políticos e desportivos) e o Comité Organizador do Mundial de hóquei em patins (Cohóquei). “Estamos a trabalhar com muita determinação e empenho para que tenhamos a obra concluída no final do mês. Por isso, garantimos que os hóspedes vão encontrar todas as condições de acomodação”, disse.

Infortur foi a maior preocupação do Cohóquei e da comissão preparatória local. O Pavilhão Arena do Namibe há muito que está concluído e aguarda a inauguração. O Hotel Infortur tem sido alvo de várias visitas de entidades governamentais locais, nacionais, partidárias, deputados, membros da Associação Provincial de hóquei em patins, comissão preparatória, desportistas e pessoas singulares. O empreendimento foi recentemente visitado pelo Secretário de Estado para a Hotelaria e Turismo, Paulino Baptista.

O deputado à Assembleia Nacional, Carlos da Rocha “Caito”, dirigiu a delegação dos defensores públicos que recentemente esteve de visita à província, disse ter recebido promessas do empreiteiro de cumprir com os prazos estabelecidos nos contratos. “Estávamos de certa forma apreensivos pelo que ouvíamos e víamos, mas depois dessa visita, temos a certeza que o Hotel Infortur vai mesmo hospedar as duas séries do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins que Namibe acolhe com muito agrado”, disse.
Namibe acolhe as séries B e D

PARTICIPAÇÃO
Deputado quer apoio da população

O deputado à Assembleia Nacional, Carlos da Rocha “Caito”, apela à população do Namibe a participar das actividades atinentes à organização do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins. O legislador aconselha os jovens e adultos a trabalhar e a sugerir acções que possam ajudar as subcomissões a actuar para melhor. “Os trabalhos de saneamento da cidade deve ser feito por todos para que os nossos visitantes (turistas e delegações oficiais do campeonato) possam sentir-se bem, já que o Namibe é uma cidade acolhedora e limpa”, disse.

A limpeza e o embelezamento das praias têm sido a grande luta da Administração Municipal no seu programa de sensibilização à população para criar o hábito de colocar o lixo nos sítios próprios. As praias das Escadinhas, Azul, Pedras Negras e as demais são também motivo de atracção, que a partir do próximo mês, começam a receber banhistas. O deputado Carlos da Rocha aconselha os citadinos e os turistas a aproveitar ao máximo da beleza marinha que o Namibe oferece na época balnear.

Valentim Domingos
Motivo de orgulho para Angola

Para o Presidente da Federação Angolana de Voleibol, Valentim Domingos, a realização do campeonato do mundo de hóquei em patins em Angola vai ser motivo de orgulho para todos os angolanos e é uma excelente oportunidade para dar a conhecer além-fronteiras o potencial desportivo, social e turístico. Valentim Domingos assegura que a organização do evento permite a Angola ser notícia em todo o Mundo. Face à projecção do país e à boa imagem que se espera, a organização do Comité Organizador do Campeonato do Mundo passa pela contratação de uma empresa competente para se responsabilizar pelos serviços da venda de ingresso.

Quanto à falta de concurso público, Valentim Domingos assegura que muitas condições podem ter concorrido para ser tomar essa decisão. A direcção do Cohoquei, segundo Valentim Domingos, tem muitas responsabilidades e “a sub-direcção responsável pelos bilhetes pode ter achado que envolveria outros custos, tornando o orçamento mais dilatado, num momento em que o país tem outras responsabilidades sociais que merecem investimentos do Estado”. O dirigente desportivo disse que “é necessário compreender que não há má vontade ao tomar essa decisão”.

A decisão de os bilhetes não serem vendidos pela Internet não foi acertada, na opinião de Valentim Domingos. Em todo o Mundo, assegura, os bilhetes de grandes eventos são vendidos pela Internet, pois, para além de facilitar a aquisição, o meio serve para publicitar a imagem do país. O presidente da Federação Angolana de Voleibol lançou um apelo: “Temos de estar todos engajados para mostrar o lado hospitaleiro dos angolanos e receber os visitantes e turistas da melhor forma possível.”