Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Jamaica Herculano novo craque do Polivalente

Valódi Kambata - 08 de Setembro, 2010

No entanto, o jovem atleta confessa que não era sua intenção praticar qualquer desporto,

Fotografia: Eduardo Pedro

No entanto, o jovem atleta confessa que não era sua intenção praticar qualquer desporto, mas face a insistência de familiares e amigos, aceitou o desafio e hoje já é um dos melhores, com futuro promissor dentro da modalidade e no clube. Um ano depois de ter abraçado a modalidade, e ainda com idade de iniciados, foi logo convidado a treinar na categoria de juvenis, fruto das suas qualidades técnicas e face à dedicação demonstrada nos treinos.

Como juvenis participou no campeonato provincial de Luanda, onde se destacou, recebendo vários elogios por parte dos técnicos presentes neste campeonato, onde a sua equipa se encontra em terceiro lugar. Segundo o jovem atleta, "a meta para este campeonato é ser um atleta de referência e com isso contribuir por uma boa classificação da minha equipa", disse. Actuando na posição de médio ofensivo, Jamaica, tem-se revelando um jogador extraordinário, o que levou a fazer dupla categoria. Actualmente joga nos iniciados e juvenis.

E face à sua evolução rápida, juntando a velocidade um bom remate, despertou a curiosidade de várias equipas de Luanda. Apesar de ser mais comum marcar golos, quer em remates quer em jogadas, Jamaica também sabe perfeitamente assistir aos seus companheiros. É de salientar que ele é um jogador de raça, que organiza o jogo da equipa juvenil dos Polivalentes FC. Futuro promissor Entretanto, para o coordenador das camadas de formação de futebol no Polivalentes FC, Justino Manuel, ele é um dos melhores atletas juvenis. Tem uma capacidade de raciocínio rápido que faz dele muito veloz.

Segundo o técnico não restam dúvidas que ele é um atleta a ter em conta, pois está dotado de bons argumentos técnicos. Quanto as dificuldades o técnico diz: "as dificuldades que apresenta prendem-se com algumas limitações físicas próprias da sua idade. Outras dificuldades prendem-se com a execução de alguns movimentos o que é bem normal, pois está em fase de crescimento". O coordenador adiantou que, "o atleta faz parte das classes de formação do Polivalente FC, tem evoluído de maneira extraordinária. E diante disso dá-nos a entender que tem um futuro promissor à sua frente".

Jogar no estrangeiro

Jamaica Romão Herculano nasceu aos 15 de Marco de 1997 e tem 1. 63 cm de altura. Estuda a 9ª classe, no colégio Amos Comenio, situado no município da Samba, em Luanda. Joga na posição de médio-ofensivo e tem como maior sonho actuar na equipa principal de um grande clube e na Selecção Nacional de Angola. Nas horas livres dedica-se a leituras e a ouvir música do estilo kuduro. O sonho do profissionalismo, no futebol, faz parte das ambições do jovem. Pois, como disse, "gostaria de jogar em França ou Inglaterra".

O jovem contou que, o apoio dos pais tem sido grande e mantém um diálogo com os mesmos o que tem servido para que se aplique cada vez mais. "Tenho recebido grande apoio moral dos meus familiares, sobretudo, dos meus pais. Eles sentem-se entusiasmados pela forma como me tenho dedicado nas competições, por isso, não param de me incentivar", explica. Jamaica diz que no início da sua carreira teve muita dificuldade em conciliar a formação académica com a prática do desporto, pois muitas vezes o horário dos treinos coincidia com o escolar, mas, felizmente, a situação está ultrapassada e facilmente consegue fazer as duas coisas sem prejuízo para nenhuma das partes.