Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Jorge Jesus renova plantel encarnado

07 de Outubro, 2010

Jorge Jesus treinador do Benfica

Fotografia: Reuters

Maxi Pereira, Pablo Aimar e Javier Saviola são os três indiscutíveis no onze de Jorge Jesus que terminam contrato no final da próxima temporada, em Junho de 2012. Por isso, a SAD encarnada tem como prioridade a revisão dos seus contratos, caso contrário arrisca-se a que pedras-chave na equipa campeã nacional fiquem à mercê do interesse de outros clubes. Tem sido política da SAD blindar os seus activos mais preciosos. Ainda na semana passada, os responsáveis encarnados prolongaram o contrato de Fábio Coentrão por mais uma temporada, até Junho de 2016, tendo aumentado exponencialmente o valor do seu salário.

Apenas a cláusula de rescisão não sofreu alterações, mantendo-se nos 30 milhões de euros. Javier Saviola vive uma situação um pouco diferente de Maxi Pereira e Aimar, pois o seu contrato prevê que possa ser prorrogado por mais uma temporada, caso o Benfica accione a cláusula de opção. Mas os dirigentes benfiquistas não deixarão de ter de o fazer em breve, para poder dar estabilidade ao camisola 30 e continuar a contar com as suas exibições na frente do ataque.

Recorde-se que o argentino andava encostado no Real Madrid e relançou a sua carreira na Luz. Apesar de esta temporada não ter alcançado ainda os níveis exibicionais das duas últimas épocas, a verdade é que Maxi Pereira é muito apreciado quer por Jorge Jesus, quer pelos dirigentes benfiquistas, dispostos a compensar o jogador pela regularidade e postura sempre correcta. Não se prevê, de todo, que o internacional uruguaio possa perder a titularidade durante esta época, devendo renovar por mais uma temporada ou duas. Também terá o seu salário aumentado. O Benfica tem 70 por cento do seu passe e isso deverá manter-se igual.

Aimar é outro dos casos que estão na agenda da SAD. Apesar dos problemas físicos que já trouxe de Espanha - e que volta e meia limitam o seu rendimento - não restam dúvidas sobre a magia que o camisola 10 ainda espalha nos relvados. Aimar chegou à Luz no início de 2008/09, comprado ao Saragoça por 6,5 milhões de euros, e depressa provou que a sua carreira ainda não tinha acabado. É um jogador que Jorge Jesus quer segurar. Há jogadores que terminam contrato no final desta época ou da próxima, como Nuno Gomes, Luís Filipe Weldon e César Peixoto, mas as suas renovações não estão, por agora, na agenda encarnada.

Real vendeu menos camisolas

A Adidas anunciou uma queda de 20 por cento na venda de camisolas do Real Madrid e um responsável não identificado da empresa apontou, à revista "Don Balón", José Mourinho como o principal responsável. "O Real vende camisolas, não vende gravatas. Mourinho chegou e controla tudo. Só ele é que fala e rouba protagonismo a jogadores como Ronaldo. Os adeptos querem é ver as estrelas da equipa", pode ler-se no artigo da revista. Entretanto, Pastore, médio de 21 anos do Palermo, está a ser a grande revelação da Série A e os grandes clubes europeus estão todos de olho no internacional argentino.

Em Itália, a "Gazzetta dello Sport" garantiu que o Barça podia oferecer até 40 milhões de euros para contratar o jogador, mas em Espanha a “Marca" assegura que além dos catalães também o Real Madrid tem o jogador na sua agenda. De qualquer forma, Maurizio Zamparini, presidente do Palermo, garante que Pastore vale mais de 50 milhões de euros.

Liverpool aceita oferta de compra dos donos dos Boston Red Soxs

A direcção do Liverpool aceitou a oferta de compra do consórcio New England Sports Venture, dono da equipa de basebol Boston Red Sox, de acordo com um comunicado do clube de futebol inglês. Os proprietários do clube, os norte-americanos Tom Hicks e George Gillet, fizeram já saber que pretendem resistir a oferta da New England Sports Venture e também a uma outra proposta, por considerarem que ambas “avaliam demasiado baixo” o clube 18 vezes campeão inglês.

No entanto, apesar da oposição de Hicks e Gillet, que detêm a totalidade das acções do Liverpool, a oferta da New England Sports Venture foi aceite pelos restantes membros da direcção não-proprietários: o presidente Martin Broughton (contratado em Abril pelos norte-americanos para vender o clube), o director geral Christian Purslow e o director comercial Ian Ayre. Os donos dos Red Sox ofereceram 300 milhões de libras (344 milhões de euros) pelo clube, cujas dívidas ascendem a 285 milhões de libras (326 milhões de euros) e que terão de ser pagas até 15 de Outubro. “Estou satisfeito por finalmente termos conseguido concluir com sucesso o processo de venda que foi minucioso e extensivo”, afirmou Broughton.

Juventus já tem acordo por Dzeko

A Juventus já terá acordado a contratação do avançado do Wolfsburgo Edin Dzeko para a próxima temporada. A notícia é avançada pelo diário italiano Il Corriere dello Sport. O capitão da formação alemã é um desejo antigo do presidente dos transalpinos, Andrea Agnelli, que tentou a contratação do internacional bósnio na época passada, como moeda de troca no negócio que levou Diego para o Wolfsburgo. Os rumores do acordo ganham força quando se sabe que a equipa da Bundesliga estará interessada no ponta-de-lança argentino Maxi Lopez, a jogar no Catania, da Série A.