Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Leões com gastos elevados

01 de Setembro, 2011

Sporting gasta milhões em contratos.

Fotografia: REUTERS

A poucas horas do encerramento da janela de transferências, o montante despendido na construção do “novo” Sporting, roça os 30 milhões de euros. Contas feitas, são 27,275 milhões gastos em nove das 16 contratações oficializadas até ao momento. Isto porque as restantes sete aquisições chegaram a custo zero, à excepção de Marcelo, recrutado por um valor não revelado pelos clubes.

A chegada de Elias serviu para subir a escala, pois os 8,850 milhões pagos ao Atlético Madrid pelos direitos desportivos do jogador representam a maior transferência do defeso leonino (e a maior de sempre), ultrapassando os 5,4 entregues ao FC Utrecht por Ricky van Wolfswinkel. Entretanto, o Nice, clube da Ligue 1 francesa, está a um pequeno passo de garantir a contratação do avançado leonino Yannick Djaló.

No último dia viável para a realização de transferências entre clubes, na Europa (depois, só em Janeiro), é muito provável que um acordo final seja alcançado. As negociações estão bem adiantadas no sentido de os leões receberem uma verba a rondar os quatro milhões de euros por 75 por cento do passe, ou seja, a SAD passa a deter um quarto dos direitos desportivos do avançado de 25 anos.

Jara rende
algum ao Benfica

O avançado argentino Franco Jara é, desde ontem, jogador do Granada CF, recém-promovido à primeira divisão espanhola, após conclusão das negociações para o seu empréstimo, por um ano, por parte do Benfica. Jara passa a ser o quarto futebolista dos encarnados que é cedido ao emblema espanhol, depois de Júlio César, Carlos Martins e Hassan Yebda. Outro ex-benfiquista, Jorge Ribeiro, também está no Granada CF, mas depois de o seu passe ter sido adquirido em definitivo.

O agente de Jara, Marcelo Valeri, confirmou ao “Ideal”, jornal da cidade de Granada, a finalização do negócio. “Sim, já se pode anunciar. As negociações foram concluídas com aprovação de todas as partes e o Franco deve apresentar-se em Granada nas próximas horas”. Conforme o Record havia noticiado, Franco Jara também estava a ser cobiçado por outros clubes espanhóis, mas o Granada acabou por apresentar melhores condições para o avançado argentino e o próprio Benfica. Além de pagar a totalidade dos ordenados do argentino, o Granada pagou ainda um milhão de euros ao Benfica pelo empréstimo do avançado.

O papel desempenhado por Paulo Futre também terá sido, mais uma vez, decisivo no acordo entre os dois clubes, com base na sua longa amizade com o presidente do Granada, Enrique Pina. Franco Jara chegou ao Benfica em Janeiro de 2010, tendo custado 5,5 milhões de euros, mas lutou para se impor na equipa principal, tendo alinhado em 26 jogos e marcado 6 golos em todas as competições.

Lima vai renovar
contrato com o Braga

Gorada a possibilidade de transferência para outro clube, Lima prepara-se agora para renovar o vínculo contratual com o Braga, que era válido até 2013. António Salvador compreendeu a tristeza que o falhanço das negociações provocou no brasileiro, que viu fugir a hipótese de aumentar significativamente o vencimento anual, e decidiu propor-lhe a revisão do contrato, que prevê uma melhoria das condições salariais, o prolongamento da ligação entre as duas partes, em princípio por mais um ano, e possivelmente o aumento da cláusula de rescisão para um valor superior aos actuais 4,5 milhões de euros.

As partes já tiveram uma conversa preliminar e nos próximos dias devem reunir-se novamente para selar o acordo, uma vez que a sintonia no primeiro encontro foi total. Com o aumento da cláusula de rescisão, o Braga reforça a posição junto de Lima, embora o valor - que ainda está por definir - não vá ser proibitivo para os cofres dos outros clubes.

Os arsenalistas apenas desejam precaver-se para o assédio de que o brasileiro possa ser alvo em Janeiro, altura em que o mercado de transferências volta a abrir, ou no final da próxima época, até porque estão convencidos que o seu rendimento pode ser superior ao de 2010/11. O próprio atacante já confessou que quer marcar 30 golos esta temporada, um desejo que seria complicado de concretizar se continuasse a jogar no lado esquerdo do ataque.

No entanto, com a recolocação no centro, onde se sente mais feliz e à vontade, a esperança de atingir tal meta subiu muito. Foi nessa posição, de resto, que obteve os dois tentos que contabiliza até ao momento. O Besiktas é, assim, um assunto que faz parte do passado, até porque o clube de Istambul já apontou baterias noutro sentido. Os turcos queriam contratar Lima por três milhões de euros, mas a quantia foi considerada bastante baixa por António Salvador, que para esta tomada de posição levou em linha de conta a qualidade do brasileiro e a sua importância para Leonardo Jardim.

PSG
contrata Lugano

O Paris Saint-Germain confirmou, na terça-feira, a contratação do defesa uruguaio Diego Lugano, ídolo dos torcedores são-paulinos, que chega ao clube francês após ter defendido o Fenerbace, da Turquia, desde 2006. Lugano é capitão da seleção uruguaia, semifinalista na Copa do Mundo da África do Sul no ano passado, e campeã da Copa América de 2001, disputada na Argentina.

Segundo a imprensa francesa, a chegada do uruguaio, que completa 31 anos no início de Novembro próximo, junta-se às recentes contratações: o goleiro italiano Sirigu, volante francês Sissoko e os meias francês Ménez e argentino Javier Pastore, este último a contratação mais cara da história do futebol francês, por 40 milhões de euros. Entretanto, o jornal “Gazzetta Dello Sport” informou que Marco Borriello, atacante da Roma, está prestes a se transferir para o Paris Saint-Germain.

O valor da transação seria de oito milhões de euros. Caso a negociação seja confirmada, Borriello não pode disputar a Liga Europa pelo PSG, pois já actuou nesta competição pela Roma, que acabou sendo eliminada pelo Slovan Bratislava (ESQ). Ainda segundo o jornal, outros jogadores italianos estão na mira do clube parisiense, entre eles o atacante Caracciolo, do Brescia.

Pinto da Costa
mais forte na SAD portista

O presidente do FC Porto reforçou a sua posição económica na SAD, a que também preside, ao adquirir mais 10 542 acções entre o dia 4 de Julho e o último 24 de Agosto. No resumo total desta operação, Pinto da Costa gastou pouco mais do que sete mil euros para agora ser detentor de 1,17 por cento do capital social da mesma sociedade, com um total que se cifra em 176 212 acções. A notícia foi comunicada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) através de um documento que pormenoriza datas, quantidades e ainda os valores das aquisições.

Os títulos foram comprados a preços que oscilam entre os 0,62 e 0,80 euros, sendo que foi a 24 de Agosto que se registou o pico máximo de compra, com 3317 acções ao preço mínimo. A título de curiosidade, refira-se que, na sessão de ontem, as acções do FC Porto caíram 4,62 por cento e estão agora avaliadas em 0,62 euros.