Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Manchester United arrecada fortuna da UEFA

01 de Dezembro, 2011

UEFA distribuiu largos milhões de euros pelos participantes da Liga dos Campeões

Fotografia: AFP

Na temporada de 2010-11, a UEFA distribuiu 754.1 milhões de euros pelos 32 participantes da Liga dos Campeões. O maior valor foi entregue ao Manchester United com 53.1 milhões de euros, enquanto o menor valor foi para o MSK Zilina com 7.4 milhões de euros.A somar a este montante, a UEFA distribuiu também cerca de 13.3 milhões de euros aos clubes que participaram nas três primeiras rondas de qualificação da “Champions” e um valor fixo de 2.1 milhões de euros aos 20 clubes que participaram no “play-off” sem conseguir o acesso à fase de grupos.As receitas da Champions League proporcionaram também ao organismo máximo do futebol europeu, alocar cerca de 69.9 milhões de euros em pagamentos de solidariedade a Federações Nacionais, destinados a programas de desenvolvimento da formação de jovens jogadores.

Novas regras de controlo
financeiro na liga espanhola


A Liga Espanhola de Futebol (LFP) aprovou novas regras para limitar gastos excessivos dos clubes das séries A e B da Espanha. Os dirigentes dos clubes têm apoiado as propostas, que estão de acordo com as novas regras financeiras da UEFA e devem ser introduzidas de forma gradual durante os próximos três anos.O objectivo destas medidas de regulamentação e controle visa encontrar um equilíbrio entre as receitas e gastos dos clubes, fomentando uma maior disciplina e racionalidade financeira e incentivando os clubes a operar levando em conta sua real capacidade financeira.

Para se perceber a actual realidade dos clubes em Espanha serve de referência um estudo recente divulgado pela Universidade de Barcelona, onde indica que os 20 clubes da primeira divisão espanhola tiveram uma perda líquida combinada de 100 milhões de euros nos últimos 12 meses.O principal problema da implementação e cumprimento destas novas normas está na entidade que as executa, que neste caso é a Liga Espanhola de Futebol (LFP). Tal como noutros campeonatos onde existem regras financeiras idênticas, os responsáveis pelas Ligas têm enormes dificuldades em fazer cumprir os pressupostos, que nos casos mais graves negligenciam mesmo a execução das regras.

Neste aspecto, a composição da equipa de fiscalização do modelo de francês é exemplar. Composto por uma equipa do Governo (Federal e Regional), bem como por membros da Liga, Federação, Associação de clubes e de jogadores, o DNCG não hesita em fazer cumprir algumas das sanções previstas nas suas normas. Desta forma fica a promessa de no futuro analisarmos a eficácia destas novas medidas.

Os investimentos
e empréstimos do Besiktas


Em 2004, Yildirim Bemiroren tornou-se o novo presidente do Besiktas. Desde então, o clube tem registado avultados investimentos no futebol, que no entanto só geraram um título de campeão da Turquia. Em data recente, o Besiktas voltou à carga com a aquisição de vários jogadores, aumentando para 100 milhões de euros os investimentos na aquisição de jogadores e treinadores nos últimos 6 anos.

Com empresas no ramo do gás natural, Bemiroren aposta em fortes investimentos para tornar o Besiktas numa das maiores equipas da Europa, fazendo lembrar os grandes magnatas da Premier League Inglesa. No entanto, devido à falta de resultados, surgiram recentemente grupos de adeptos contra a actual gestão do clube.Segundo uma auditoria ao clube levada a cabo pela Liga turca, o Besiktas tem agora uma dívida total de 135 milhões de euros, no entanto o credor da maioria desta dívida é o próprio presidente. Mas já se começam a notar resultados fruto dos investimentos de Bemiroren.

Besiktas bateu em 2010/11 o recorde de receitas provenientes da venda de lugares anuais, alcançando uma receita de 13,3 milhões de euros. Para a temporada de 2010-11, prevê-se um aumento na receita total de bilheteira na ordem dos 35 por cento. Em termos de direitos televisivos, as previsões são para que o clube alcance esta época os 10 milhões de euros, o que constitui um novo recorde. O clube vai ter um aumento em quase todas as suas receitas, entre as quais o merchandising, com a aquisição de camisolas dos novos jogadores.

TVI com mais jogos
da Liga Sagres


O canal de televisão português TVI adquiriu à Olivedesportos, detentora da totalidade dos direitos de transmissão televisivos dos clubes Portugueses, o direito de transmissão televisiva de 60 jogos da Liga Sagres das próximas duas temporadas (30 jogos por temporada).Este pacote de jogos não inclui os derbys entre os três maiores clubes; Benfica, FC Porto e Sporting, a ser transmitidos apenas em sinal fechado pela Sport TV.

Não foi divulgado o valor do contrato, no entanto estima-se que o valor ronde os 20 milhões de Euros pelos 60 jogos, 10 milhões de Euros por temporada. Nos últimos dois anos a RTP havia adquirido o mesmo pacote de jogos por um total de 16 milhões de Euros, cerca de oito milhões de Euros por temporada.