Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Máquina fabrica golos na equipa do Rodoviário

15 de Dezembro, 2009

Máquina viu o seu talento crescer com o passar do tempo

Fotografia: Jornal dos Desportos

Máquina viu o seu talento crescer com o passar do tempo, o que deixou encantado um leque de admiradores que, passo a passo, foi acompanhando essa evolução. Olheiros da equipa do Rodoviário de Luanda não ficaram alheios aos seus dotes e informaram a direcção daquele grémio, tendo esta corrido em sua busca, integrando-o no grupo de trabalho, em 2008.
Máquina é filho de Delgado António Máquina e Cecília Manuel, com os quais vive no Grafanil, e é considerado pela direcção do Clube Rodoviário de Luanda como a máquina que fabrica golos para a sua equipa.
Neste momento, o ponta-de-lança Máquina é o melhor marcador da equipa do Rodoviário no Campeonato Provincial de Luanda, na categoria de iniciados. Tem na sua conta um total de 25 golos marcados. Máquina diz ter sido incentivado pelos pais à prática do futebol, pois viam nele um futuro muito promissor.
"Os meus pais incentivaram-me muito a praticar futebol, porque eles viam em mim um futuro craque. Com base nisso, eu não resisti e tive de optar por essa apaixonante disciplina desportiva, que é o futebol. E, até agora continuo a receber esse incentivo da parte dos meus pais".

 Por dentro

Nome: Gil Manuel Máquina
Filiação: Delgado António
Máquina e Cecília Manuel
Naturalidade: Rangel/Luanda
Data de nascimento: 11/11/1997
Peso: 43 kg
Altura: 1, 60m
Posição: Ponta-de-lança
Música: Kizomba
Bebida: Sumo
Filmes: Acção
Prato preferido:
Arroz branco com bife
Cor: Azul
Sonho: Ser médico

O sonhe
de ser médico

Além de pretender uma brilhante carreira futebolística, Máquina quer tornar-se médico. É uma meta que o jovem estudante da sétima classe, na escola 7045, ambiciona atingir, pois considera a Medicina a sua grande paixão.
"Quero formar-me em Medicina, porque gosto muito dessa profissão. Não sei ainda qual será a especialidade a seguir, mas para mim o mais importante será mesmo atingir o meu objectivo traçado, que é de ser chamado doutor em medicina”, disse o ponta-de-lança do Rodoviário.

Goleador nato

"É um goleador nato. Aliás, os 25 golos que já apontou neste Campeonato Provincial de iniciados são prova disso. É muito veloz e tem uma técnica muito afinada. Precisa de ser bem trabalhado no capítulo disciplinar, porque ele é muito nervoso. E, como sabem, nós, na qualidade de treinadores e dirigentes temos a missão de educar e corrigir os erros dos nossos pupilos. É isso que temos vindo a fazer com ele", afirmou Nicolau Viegas "Varga", o treinador do Máquina.
Varga acrescentou que “as suas qualidades têm deixado muitos clubes grandes com água na boca. Já recebemos propostas de equipas como o 1º de Agosto, Interclube e Progresso do Sambizanga, mas estamos a ponderar por mais um tempinho a sua transferência”.