Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

O mais representativo entre os idosos

João Francisco - 02 de Outubro, 2013

Depois do Ouro em Cleveland, Pepino já pensa em repitir a proeza nos XV Jogos Olipicos dos Idosos em 2015

Fotografia: Jornal dos Desportos

Alberto Silva “Pepino” que aos 91 (que completa a 24 deste mês), ainda pensa pedalar em prol de causas nobres, é o exemplo que encontramos para homenagear todas as pessoas consideradas da “terceira idade”.

Depois de ter dado em Cleveland (Ohio), nos Estados Unidos uma prova de saber pedalar ao arrebatar as medalhas de Ouro nos 40 e 20 quilómetros da especialidade  de Ciclismo dos “Jogos Olímpicos dos idosos”, prepara-se já para defender os seus títulos na edição de 2015 em Minneapolis (Minesota), também nos Estados Unidos.

O nosso mais velho continua com uma jovialidade de fazer inveja a qualquer pessoa, a ponto de manter as suas pedaladas matinais entre Benguela e Lobito, quase todos os dias a partir das primeiras horas da manhã. Pepino notabilizou-se ainda na era colonial, quando por volta dos anos 70 a partir do futebol passou a desafiar tudo e todos com grandes maratonas de Atletismo, entre Benguela e Huambo, para ganhar uma aposta de 100 mil contos, na altura qualquer coisa como três mil dólares.

OS PRIMEIROS ENSAIOS
Pepino que ensaiou os desafios consigo mesmo na modalidade de Atletismo, depois de ter passado também pelo “Desporto- Rei” (Futebol) em 1975, por ocasião da independência, superou o seu recorde pessoal ao cobrir a pé a distância que separava Benguela de Luanda, para saudar o advento da Independência de Angola        e os seus precursores, ganhou a simpatia de todo o povo angolano.

Verdadeiro nacionalista serralheiro de profissão que exerce até agora na sua Marcenaria Muxima, encravada nas traseiras do Hotel Luso, propriedade da família, Pepino, foi amigo pessoal do primeiro Presidente da República, Agostinho Neto.

NO CICLISMO
Cobriu três vezes a distância
entre Benguela e Luanda


As actividades de Alberto Silva não ficaram pelo Atletismo, uma vez que no limiar da década de 80 e até 2008, passou a viver as suas aventuras em cima da bicicleta, em trajectos muito semelhantes aos que fazia no Atletismo, tendo por três vezes coberto a distância entre Benguela e Luanda em etapas diárias, com médias de 30 quilómetros.

A principal actividade na modalidade aconteceu em 2009, quando Pepino participou nos Jogos Olímpicos da terceira idade disputados na Califórnia (Estados Unidos), uma competição que se realiza entre praticantes de várias modalidades com idades compreendidas entre os 50 e os 100 anos. As aventuras de Alberto Silva “Pepino”, mereceram uma homenagem por ocasião do seu nonagésimo aniversário (90º) a 24 de Outubro de 2012 organizada, no fim-de-semana seguinte pelos seus filhos, no condomínio familiar denominado “Quintalão do Pepino”.

Na cerimónia que culminou com um jantar de gala para mais de 200 convidados, a que compareceram individualidades da sociedade benguelense, com destaque para os enviados do Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, governador de Benguela, Armando da Cruz Neto, o bispo Dom Óscar Braga, Isaías Samakuva e o Presidente de Direcção da Federação Angolana de Ciclismo (FACI), Diógenes de Oliveira.

Durante a cerimónia, foi lida uma mensagem do Presidente José Eduardo dos Santos, que destacou os feitos e as qualidades de Alberto Silva “Pepino”, como motivo de inspiração para as novas gerações.

CRONOLOGIA
Estreia aconteceu
na Califórnia em 2009


A primeira participação de Alberto Silva (Pepino) nos Jogos seniores dos Estados Unidos  na especialidade de Ciclismo de estrada, foi na realização de um  a 15 de Agosto de 2009, nas distâncias de cinco , 20 e 40 quilómetros nas principais artérias da avenida e o Colégio Canadá, nos arredores de Palo Alto- San Francisco da Califórnia- o nome de Angola foi condignamente representado.

Na oportunidade a participação foi apadrinhada pelo estado americano de Utah, pois apesar de se tratar de uma prova aberta, o facto de disputar-se em território norte-americano exigia essa condição. Não esquecer os contributos dados pela norte- americana Nancy Gottlied e pelo jornalista benguelense João Carlos de Carvalho, apesar de este não acompanhar a caravana na anterior e nesta deslocação aos EU  tiveram um papel preponderante na implementação das fases iniciais do projecto, retomado por Ricardo Câmara e Sousa, filho do malogrado Rui Câmara e Sousa.

RECONHECIMENTO
FACI enalteceu feitos do ciclista


O Presidente da Federação Angolana de Ciclismo (FACI) Diógenes de Oliveira um dos últimos convidados a dirigir-se a Pepino destacou “o atleta, desportista de mérito, como um herói do povo, que tem dedicado a sua vida a actividades que dignificam o ser humano, do Futebol ao Atletismo e ao Ciclismo”.

“Distingue-se como pessoa inconfundível e admirável, é uma lenda e um orgulho da cidade de Benguela e do povo angolano, que o elegeu personalidade do ano em 2006, na província que o viu nascer”, disse o número um da FACI.

A federação realçou em particular os feitos desportivos protagonizados recentemente pelo aniversariante, como a entrega da correspondência ao Presidente da Republica, em 2007, por ocasião do 65º aniversário do Chefe de Estado, e para enaltecer os esforços empreendidos no alcance da Paz e Reconstrução Nacional.

Nessa ocasião Pepino percorreu mais de 500 quilómetros, entre Benguela e Luanda, em bicicleta. Em 2009, participou nos Jogos Seniores da terceira idade, em São Francisco (Estados Unidos), em Agosto desse ano representou condignamente as cores da bandeira do país, na modalidade de ciclismo.  

De igual forma, de um a 13 de Fevereiro de 2011, Alberto Silva propôs à família ciclista angolana a realização do “Troféu Pepino em prol dos oito objectivos do Milénio”, cobrindo as provinciais do Kuanza-Sul, Benguela, Huambo e Bié, durante o qual, no final de cada etapa, eram doados bens de primeira necessidade, materiais para crianças em idade escolar, entre outras ofertas, para mostrar que o ciclismo é solidário com as causas nobres.


POR DENTRO
Nome completo:
Alberto Silva
Naturalidade e data de nascimento: Benguela, 24.10.1922
Filiação: António Avelino da Silva e Balbina Mateus da Costa
Estado civil: Casado com Maria Odete Secundino Silva
Bebida: Água
Perfume: Não uso
Tem carro: Sim
Casa: Idem
Hooby: Praticar desporto.
Prato preferido: Os preparados pela minha esposa (Odeth Silva).