Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

"O meu pai queria que fosse seu ajudante na carpintaria"

Manuel Cardoso - 30 de Setembro, 2009

Luís Domingos Canganja

Fotografia: José Soares

Luís Caganja começou a praticar futebol aos sete anos, no Morro Bento. Em 2002, ingressou na escola da FESA (Fundação Eduardo dos Santos), na categoria de iniciados.
Na instituição, segundo, o jovem futebolista aprendeu os fundamentos básicos da modalidade: passe e recepção, condução de bola, coordenação, coordenação motora, cabeceamento, etc.
O jovem conta que os seus pais não gostavam que ele jogasse futebol. “O meu pai queria que fosse seu ajudante na carpintaria, mas fugia para ir jogar à bola”, disse o atleta, conhecido nas lides futebolísticas por Finidy.
A convite de um amigo, Nandinho, na altura jogador de júnior, em 2005, fez testes no ASA e ficou apurado. “Treinei durante meses, como juvenil. Não fiquei no ASA por não ter os documentos em dia. Fiquei parado e preferi dar continuidade aos meus estudos e ao trabalho de carpintaria com o meu pai”, sublinhou.
No mesmo ano, tratou do Bilhete Identidade, como era fim de época, e aguardou pelo ano futebolístico seguinte. Correu para o Petro de Luanda e fez os testes, tendo sido apurado.
“Chegou a época de inscrição de jogadores, faltavam apenas três semanas. Fiz um grande jogo-treino com o Joka Sport e dei nas vistas”, conta. “O técnico do Joka Sport, professor Olímpio, conversou com o técnico Hameleth Campos, do Petro de Luanda, dizendo que eu estava sob observação. Então, o técnico do Joka Sport pediu ao técnico Hamaleth que eu fosse jogar no seu clube, como médio-trinco, o que eu aceitei, e permanecei no Joka Sport uma época”.
Finidy foi convocado, em 2006, para fazer parte da pré-selecção sub-17, na altura treinada pelo professor Joaquim Dinis, “Brinca N’areia”. Participou em uma eliminatória contra o Gabão, tendo empatado na primeira-mão jogo a uma bola e perdido a segunda-mão, em Libreville, por quatro bolas a zero, jogo em que ficou no banco.
Finidy conta que, no Joka Sport, fazia dupla categoria, juvenil e júnior. Como o clube tinha acabado a categoria de juniores, transferiu-se para o Interclube, em 2007.
No clube da Polícia Nacional, é bastante acarinhado pelos colegas, que, desde início, lhe deram muito apoio e força para continuar.
Orgulhoso, refere que, num jogo de observação, marcou dois grandes golos. Fez a época 2007 completa e só ficou no banco em dois jogos, e fez três golos. Considera-se um jogador que faz poucos golos, mas dá mais a marcar.
O médio-trinco do Interclube recorda um episódio ocorrido em 2007, quando, tendo a mãe hospitalizada, na sequência de um incêndio em casa, ocultou o facto dos técnicos e alinhou, tendo feito um grande jogo.
Nessa ocasião, venceram o Ptero de Luanda por duas bolas a uma. No fim do prélio, Gerry antigo jogador Interclube, actualmente dirigente desportivo, “mandou-nos dar prémio de jogo”.
Luís Caganja “Finidy” faz, actualmente, parte da selecção nacional de futebol de sub-20, sob direcção do técnico Romeu Filemon.

Luís Caganja é conhecido nas lides futebolísticas de Finidy (nome de um antigo jogador nigeriano). Tem 19 anos de idade e é estudante do colégio Alfa Prosperidade, onde frequenta a 11ª classe no curso de Ciências Jurídicas e Económicas.

Ser jornalista

O seu sonho é tornar-se jornalista desportivo, por gostar de ouvir os comentários e relatos desportivos. Como futebolista, tem como meta envergar a camisola da selecção principal de Angola, os Palancas Negras, e jogar num clube europeu, como o Real Madrid. Finidy admira o ponta-de-lança da Selecção Nacional Flávio Amado, e, além fronteiras, é fã de Cristiano Ronaldo, mas o seu ídolo é Michael Essien, do Chelsa. Calulu é o seu prato preferido. Gosta ouvir músicas de kotas como Bonga Kwenda, Bangão e Lulas da Paixão.


 Por dentro

Nome: Luís Domingos Canganja
Data de Nascimento:
23 Junho 1990
Naturalidade:
Huambo (Bailundo)
Nacionalidade: Angolana
Peso: 70kg
Altura: 1,68
Modalidade: Futebol
Clube: Interclube
Posição que joga: Médio-trinco
Prato preferido:
Funji com carne seca
Tabaco: Não
Bebida: Sumos
Religião: Adventista do 7º dia
Hobbyes: Leitura
Cor: Branca
Perfume: Givenchy
Livros: Acção
Filmes: Acção e drama
Música: Semba
Esplanada ou discoteca:
Esplanada
Droga: Não
País: Inglaterra
Cidade: Londres