Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Polcia garante a segurana em todas as fases do CAN

Gaudncio Hamelay, no Luibango| Fotos JD - 28 de Agosto, 2009

O coordenador adjunto para a área de Operações e Segurança do COCAN-Huíla, Superintende, António Leal, garantiu que a segurança no aeroporto, nas vias de circulação, estádio principal e auxiliares, locais de hospedagem das caravanas desportivas e em alguns centros turísticos em que as pessoas manifestem interesse em visitar durante o CAN, está preparada. De acordo com aquela alta patente da Polícia Nacional, todo esse processo de preparação, com vista a manter sem sobressalto a ordem e tranquilidade pública durante o certame, está em curso. Contudo, avançou António Leal, como a segurança também pode ser programada, “ela está a ser programada. E como tal, na altura em que estamos, há formação do efectivo que já terminou”. Anunciou ainda que todos aqueles excessos que possam ocorrer, susceptíveis de algumas medidas normais e outras mais rigorosas, serão tomadas pela corporação. Daí, exigir-se durante o CAN, que o cidadão, tenha um comportamento com base nas normas cívicas aceites na sociedade. “Vamos exigir um comportamento que é universal. Digamos um comportamento com base nas normas cívicas aceites na sociedade. É claro que para isso, já sabemos e temos estado a fazer menção disso em que os huilanos são bons nesse sentido, embora lidando com uma coisa nova, o CAN. É o futebol que arrasta multidões. E é o futebol que estará connosco nessa época”, alertou. Acrescentou que, podem haver alguns excessos, “mas o nosso pessoal está a ser treinado. Está a ser melhorado o atendimento. Sublinhou que se pode até atender muito bem, mas precisa-se sempre de um pouco mais. Aprendendo com os outros países que já organizaram eventos da mesma natureza, por isso, “estamos a aprender coisas novas para melhorar a nossa prestação”. “Todos os excessos que acontecerem, aqueles que forem passíveis de alguma chamada de atenção, será feita. Aqueles que forem passíveis de outra medida mais rigorosa, também serão tomadas medidas”, avisou.                            GHOrganização satisfeita com munícipes do LubangoO director da Comissão Executiva da Huíla do XXVII Campeonato Africano das Nações (COCAN), Fernando Moutinho, manifestou-se satisfeito com a adesão dos munícipes e empresários na execução do programa “Embeleze Cidade”, criado pelo governo provincial no âmbito da preparação da competição. Ao falar em conferência de imprensa quarta-feira última, na cidade do Lubango, o gestor desportivo disse que a atitude dos munícipes e empresários vai ajudar o governo a melhorar a imagem da capital huilana com a pintura das fachadas das residências, reabilitação de passeios e a contribuição com valores monetários colocados na conta do COCAN. Fernando Moutinho informou que a cidade do Lubango mudou consideravelmente e, actualmente já se podem ver edifícios com pintura renovada, sinalização nas estradas, colocação de logótipo do campeonato e a limpeza das principais artérias da cidade.Além da cidade do Lubango, que vai acolher a série D do campeonato, anunciou que outros 13 municípios da província da Huíla estão a realizar também campanhas de embelezamento. No quadro do CAN-2010, referiu que o início da segunda fase da campanha de publicidade e marketing arranca este mês e vai abranger todas as localidades da província da Huíla. Sobre as obras de construção do estádio principal do Lubango, o director da Comissão Executiva na Huíla do COCAN informou, que a estrutura está já concluída em 92 por cento. Destacou os acabamentos na estrutura física e metálica para a cobertura. Disse ter sido montada a rede eléctrica e de telefonia, um sistema de bombagem de água, estando neste momento os técnicos a realizar trabalhos de compactação e de acabamento das valas de drenagem do rectângulo de jogos para a colocação da relva. Na mesma vertente, Fernando Moutinho avançou que as obras de reabilitação dos estádios de apoio, designadamente, o do Benfica do Lubango, Ferroviário e o da Nossa Senhora do Monte, estão a um ritmo bastante acelerado e prevê que as empreiteiras entreguem os campos nas datas acordada. Meio milhar de auxiliares colaboram com a PolíciaA Polícia Nacional vai precisar de 550 Assistentes de Recintos Desportivos, identificados com a sigla ARDS, para a província da Huíla, para ajudarem no asseguramento, durante a realização do CAN-2010 na cidade do Lubango, palco da série D. A informação foi avançada no Lubango, pelo coordenador adjunto para a área de Operações e Segurança do COCAN-Huíla, Superintendente, António Leal, no habitual “Briefing” com a imprensa, decorrido na sede da direcção Executiva provincial local. Referiu que actualmente, se encontram no período de candidatura dos ARDS, que prolonga-se até dia 20 deste mês, finda essa fase, entram na etapa de correcção das candidaturas e confirmação de alguns deles para depois se achar o número que se pretende para a posterior, dar-se início à formação. Explicou que o recrutamento dos ARDS é uma prática internacional. “Podemos assim dizer e como tal tem regras, e buscando essas regras de acordo com a nossa capacidade do estádio, serão necessários para a nossa província, 550 Assistentes de Recintos Desportivos (ADRS)”. António Leal, revelou que os ARDS, serão remunerados, embora não esteja estabelecido exactamente o valor, “mas creio que a seu tempo será divulgado. Receberão uma remuneração. Esse é um dado seguro”, garantiu. Para o efeito, a afluência de jovens em ambos sexos na sede do COCAN-Huíla, com o intuito de se inscreverem, tem sido enorme nos dias que correm.