Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

"Qualidade do futebol jovem tem melhorado a cada ano que passa"

*Augusto Fernandes - 16 de Junho, 2013

Francisco de Oliveira José, 17 anos, também conhecido por Cisio entre os seus amigos

Fotografia: Jornal dos Desportos

Francisco de Oliveira José, 17 anos, também conhecido por Cisio entre os seus amigos, é lateral esquerdo dos juniores do Clube Desportivo 1º de Agosto. É um jogador com grande margem de progressão, inteligente, tem bom domínio de bola e faz muito bem o vai e vem na sua ala. Foi campeão nacional de juvenis em 2010.

O futebolista, Francisco José " Cisio", começou a jogar futebol por volta dos oito anos de idade no bairro Rocha Pinto, na zona conhecida como buraco, em companhia de Wiam, Manteiga, Manuel e outros garotos da sua faixa etária, em 2005.
“O  Kota Dalas organizou  uma equipa de  bairro denominada Futebol Clube do Rocha Pinto, de que  era  treinador, patrocinador e dirigente,  era tudo pela  equipa. Foi nesta clube de bairro onde inicie a minha curta carreira no futebol até 2008”, recorda-se do início da sua trajectória no areal que o levou mais tarde para uma das melhores equipas do país.

À medida que o tempo foi passando Cisio, evoluiu e como o Kota Dalas é adepto ferrenho do 1º de Agosto, levou o miúdo e  mais dois companheiros ,   Manteiga e o Comando ,para  o clube militar.
“ Quando chegamos aos juvenis do 1º  d’Agosto, o treinador era o mister Ndisso e,  entre outros jogadores encontramos, Ary Papel,

Mamaly, Joazinho, Cesar e o  Malamba. Todos receberam-nos muito bem", reconheceu.
Segundo Cisio, foi muito dificil impor-se na equipa.
“Não é facil conseguir a titularidade em nenhum escalão de futebol no 1º de Agosto, especialmente no futebol jovem. Tem de se trabalhar muito. No primeiro ano, que cheguei ao clube em 2009,joguei uma época e meia nos juvenis".

Em 2010, já sob o comando técnico do professor Filipe Nzanza, confiaram-lhe a braçadeira de "capitão", que acabou por convencer a equipa técnica dos seus verdadeiros dotes de "lider" em campo.
"De inicio fiquei um tanto ou quanto inibido, mas depois foi fácil gerir a responsabilidade que me deram”disse
Segundo Francisco José, o campeonato Provincial de Luanda em Juvenis, foi sempre bem disputado com equipas muito fortes entre elas o Petro de Luanda, o Kabuscorp, Progresso, Interclube e o ASA , além do seu 1º de Agosto.


PALMARÉS
Campeão Provincial
e Nacional em 2011


Em 2011 campeão provincial de Luanda e na fase final do campeonato Nacional sagrou-se Campeão Nacional em Malanje, pelo 1º de Agosto.
“ Na fase final”estavam três equipas de Luanda: o Kabuscorp, Petro de Luanda e a nossa equipa (o 1º de Agosto), além da equipa de Malange, na qualidade de anfitriã e Benguela. Foi um campeonato altamente disputado do princípio ao fim. No jogo da final contra o Petro de Luanda no tempo regulamentar estávamos empatados a uma bola. Aos penalties vencemos o Petro por 4-3 e sagramo-nos campeões nacionais”, contou o que considerou o momento mais vivido da sua jovem carreira desportiva.

No referido campeonato nacional, Cisio,considerou que os jogadores que mais se destacaram foram, Filhão, Dadas, José, Mik  e ele mesmo.
“Foi muito bom ver o estádio 1º de Maio completamente cheio para assistir os jogos do Nacional. Qualquer jogador sente-se motivado diante de tamanha assistência e dá muito gosto  jogar diante de tal ambiente. É interessante que mesmo nos jogos do Provincial aqui em Luanda, às vezes têm assistência que superam em muito alguns jogos do Girabola” frisou Cisio. * COM JF


PING –PONG


O que pensa ser quando terminar os estudos
?
O meu sonho é ser engenheiro de Petróleos.

E como jogador?
Quero atingir níveis altos. Representar os Palancas Negras, ajudar o 1º de Agosto a ganhar pelo menos um campeonato e jogar na liga Inglesa

Acredita que o 1º de Agosto pode ganhar o Girabola deste ano?

Acredito. Temos plantel para o efeito.

Acha que Filemon foi bem substituído?

Não conheço o novo treinador. Mas acho que a direcção devia deixar o mister Filemon terminar a época.

O que espera dos Palancas Negras nos dois últimos jogos que faltam?
 Espero que consigam dar-nos as alegrias que há muito não temos.


MOMENTOS
Jogo da final do Nacional
de Malange contra o Petro


A meio da sua segunda época nos juvenis, Cisio, foi promovido ao escalão de juniores do 1º de Agosto quando na altura era treinador Mário Soares, encontrei o Liló, Gerry, Ary Papel, e Marilo. Na mesma semana, que Cisio, que chegou ao novo escalão, convocaram-no e entrou na segunda parte.
“Dai em diante fui sempre titular até hoje” gabou-se. Em 2012 ajudou o clube a alcançar o 3º lugar do Provincial e na fase final disputada em Benguela, ocuparam o quarto posto da classificativa e o Petro de Luanda foi o grande vencedor.

Já no escalão de Juniores para Cisio, o jogo mais difícil no referido campeonato foi contra o ASA nas meias-finais do Campeonato Provincial de Luanda.
“ Num dos lances do jogo, um jogador do ASA simulou uma falta na nossa grande área, o árbitro foi na conversa e assinalou penalty que foi convertido (1-0). Por isso tivemos de ir atrás do prejuízo e conseguimos o golo do empate (1-1). Mas como tínhamos menos um ponto que o adversário fomos eliminados da final.” recordou-se, não escondendo a sua tristeza.

De resto,  o momento mais alegre em sua curta vida como futebolista, de acordo com o próprio jogador "foi ver uma moldura humana fora do comum no jogo da final em Malanje , entre o 1º de Agosto e o Petro de Luanda, quando ganhamos o nacional em juvenis.
 "O meu momento mais triste aconteceu quando fomos eliminados pelo ASA no nacional de juniores em Benguela (...)", concluiu.


PONTOS FORTES

Campos de relva
sintética têm ajudado


Para Francisco José, a qualidade do futebol jovem tem melhorado a cada ano que passa. Nos clubes como Progresso do Sambizanga, Petro de Luanda, 1º de Agosto e ASA, por exemplo, sem desprimor para os demais, a construção de campos com relva sintética ajuda e de que maneira à pratica de bom futebol.
“ Na relva sintética pratica-se um futebol melhor do que na relva natural porque a bola circula com mais facilidade. Mas em contrapartida a relva sintética tem uma desvantagem: aquece muito”, sublinhou. * Com JF



POR DENTRO


Nome completo:
Francisco de Oliveira José(Cisio)
Filiação: Manuel Branco e de Maria de Oliveira
Naturalidade e data de nascimento: Kwanza Sul, aos 07 de Setembro de 1995
Estado civil: Solteiro
Irmãos: 08
Altura: 1,63
Peso: 59
Camisola: nº14
Hooby: Ler e ver TV
Música: Rap
Filme: comédia
O que mais teme:
a morte
Mentira: Às vezes recorro mas sem prejudicar outros
Cor: Laranja
Tem namorada: Sim
Acredita em Deus: sim
Religião: Igreja Profética
Prato: Um bom mufete
Bebida: Sumo
Politico ou comerciante: Politico
Pais de sonho: Inglaterra
Fonte de inspiração: Daniel Alves do Barcelona
Clube do coração: 1º de Agosto
Sonho: ter uma velhice calma e sossegada