Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

SAD do Braga com lucro recorde

06 de Outubro, 2011

A equipa do Braga teve um bom desempenho na Europa

Fotografia: AFP

A SAD do Sporting de Braga apresentou um resultado recorde de 5,2 milhões de euros na época 2010/11, revelou ontem o clube da Liga portuguesa no relatório e contas publicado no seu sítio oficial. Pelo segundo ano consecutivo, a SAD do futebol bracarense apresentou resultados positivos, consolidando cada vez mais financeiramente a sociedade, ao que se alia o inquestionável sucesso desportivo numa demonstração inequívoca do êxito do rumo traçado”, pode ler-se no documento.

É a primeira vez na história desta SAD que é alcançado um resultado superior a cinco milhões de euros, depois de em 2009/10 ter atingido os 3,3 milhões e em 2008/09 ter registado um resultado negativo de 2,5 milhões.Este é sexto desfecho positivo em oito anos de consulado de António Salvador.

O resultado financeiro diz respeito ao período entre 1 de Julho de 2010 e 30 de Junho de 2011 e é indissociável do sucesso desportivo da última época, em que começou por se estrear na Liga dos Campeões e terminou a disputar a final da Liga Europa, como frisou o presidente do clube.

“O bom desempenho e crescimento no binómio desportivo e financeiro, proporcionou-nos ser distinguidos, a nível Europeu, pela UEFA com o prémio Best Sporting Progress 2011, atribuído ao clube que mais cresceu no referido ano”, lembrou António Salvador.Só com a campanha europeia “foi possível o encaixe financeiro de 18,7 milhões de euros, decisivo no alcance do resultado líquido do exercício obtido” e para o qual contribuiu ainda e forma “preponderante” a venda de Matheus e Moisés ao Dnipro e Al-Rayyan, respectivamente.

Nota de realce para o aumento de 87,6 por cento nas receitas de bilheteira e na cedência ao FC Porto, por 360 mil euros, do direito de preferência sobre três jovens valores: o defesa Vítor Hugo, o médio João Maia e o avançado Diogo Cunha, todos eles ainda juniores.As transacções de jogadores representaram um valor líquido negativo de 790 mil euros, sendo que não foram contabilizados os sete milhões da venda de Sílvio para o Atlético de Madrid, pertencente ao exercício 2011/12, nem tão pouco a eventual venda de Pizzi, que, a concretizar-se, constituirá, de longe, a venda mais cara de sempre do Sporting de Braga. A SAD bracarense confirmou que, se o Atlético de Madrid quiser exercer o direito de opção sobre o extremo português (emprestado até Junho de 2012), terá de o fazer até 31 de Dezembro e pagar 15 mil milhões.

Cissé revela proposta milionária

Djibril Cissé, avançado da Lazio, deu uma entrevista à revista “France Football”, onde revelou alguns episódios da sua carreira futebolística. O avançado francês começou por dizer que os anos que passou no Panathinaikos foram bons, mas que tinha de prosseguir a carreira noutro país. “Tenho boas memórias dos meus tempos como jogador do Panathinaikos, mas cheguei a uma fase em que ficava lá o resto da minha carreira ou aceitava um novo desafio.

Acabei por me mudar para uma liga mais competitiva e foi a altura certa para sair”, atirou. O avançado francês reconheceu que nunca esperou jogar em Itália, devido ao estilo de futebol defensivo que se praticava lá. “Disse que nunca iria jogar em Itália porque pensava que a Série A não tinha sido feita para um jogador com as minhas características, mas agora vejo que estava errado.” Djibril Cissé, de 30 anos, revelou também que recebeu uma oferta muito tentadora da China antes de se transferir para a Lazio.

“Recebi uma proposta louca de um clube chinês no Verão. Queriam oferecer 20 milhões de euros por um contrato de dois anos. Mas era muito cedo para me mudar para um país assim.” Sobre o seu futuro, o avançado, de 30 anos, avisa que está disposto a competir ao mais alto nível durante mais algum tempo e continua a sonhar com o regresso à selecção francesa.

“Os desafios desportivos continuam a chamar por mim. Nunca vou mudar para um país longínquo enquanto tiver a oportunidade de voltar a jogar pela França. Regressar ao meu país para jogar? Podia acontecer, mas só há dois clubes que despertam o meu interesse: Marselha e Auxerre”, sentenciou.

Arsenal quer M’Vila
por 29 milhões de euros


O Arsenal vai tentar a contratação de Yann M’Vila, médio defensivo do Rennes, na reabertura do mercado de transferências, em Janeiro de 2012. De acordo com a comunicação social britânica, o internacional francês de 21 anos é aposta de Arsène Wenger, pelo que a administração do clube londrino estará disposta a pagar 25 milhões de libras (mais de 29 milhões de euros) ao Rennes.

Tevez em alta no mercado

O argentino Carlitos Tevez está em baixa no Manchester City, mas continua em alta no mercado. De acordo com o jornal “Daily Star”, o Paris Saint-Germain, de França, está disposto a pagar 34 milhões de libras pelo atacante. O jogador argentino está afastado da equipa do City por se ter recusado a entrar em campo no duelo contra o Bayern de Munique, fora de casa, para a Liga dos Campeões da Europa.

O atleta está insatisfeito em Inglaterra e, para piorar as coisas, não tem sido aproveitado pelo técnico Roberto Mancini. Tevez foi autorizado a viajar até a Argentina após uma reunião com a cúpula do clube inglês e deve ser reintegrado no grupo na próxima semana, já que uma transferência só poderá ocorrer em Janeiro, seja para clubes europeus ou até para o Brasil. Durante a Taça América, o Corinthians fez uma proposta oficial para o contratar. Os 40 milhões de euros oferecidos agradaram à direcção do Manchester City, que se recusou a libertar o seu jogador por não concordar com a forma de pagamento proposta pelos brasileiros.