Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Salula quer voltar aos campos

24 de Novembro, 2009

Feliciano Manuel Salula, sempre teve paixão pelo futebol

Fotografia: Jornal dos Desportos

Feliciano Manuel Salula disse que, sempre teve paixão pelo futebol, desde pequeno. “ Acho até que desde que comecei a andar! Foram os meus pais que me inscreveram num clube de futebol, porque era muito turbulento e devo dizer que ajudou muito a me acalmar”, sublinhou.
 Salula referiu que “começou a jogar a bola com 5 anos em Luanda, até à idade dos 13 anos. Depois, recrutadores do Santos FC, chamaram-me para ir jogar com eles. Fiquei lá 4 anos”.
Jogou no Santos FC, e a sua posição foi sempre ala esquerda. Salula também gostava da posição de guarda-redes. “No clube onde comecei quando era criança só havia o equipamento de guarda-redes, escolhi essa posição! Gostava muito do equipamento…as luvas, as calças de fato de treino…e até podia usar chapéu! De seguida passei para a frente porque tinha chegado um novo jogador e como ele era um pouco gordo, o treinador pô-lo na baliza. E foi assim que comecei a gostar da minha posição…sobretudo de festejar os golos”, afirmou.
Aos 19 anos, Salula, foi recrutado para a escola do Petro, onde fez testes e ficou apurado. “A minha adaptação foi fácil mesmo estando com mais 3 jogadores na mesma posição. A minha família estava próxima de mim, e facilitou mais a minha adaptação”, desabafou.
Actualmente, Salula aos 23 anos de idade, já não joga a bola, por motivos de saúde. No bairro da Engil, em Viana (Luanda), ele é visto com frequência ensinando truques de bola para meninos cheios de admiração, nas horas livres, visando possibilitar às crianças e aos jovens a prática da modalidade. “O desporto marcou a minha vida. As experiências com êxitos e fracassos, e a convivência com as pessoas me tornaram o que sou hoje”, assegura.
O seu grande objectivo é voltar a jogar pelo Petro de Luanda, ganhar títulos…marcar muitos golos e ser um bom ala esquerdo! Gostaria de jogar na Liga, contra equipas do mundo árabe. Ser chamado pela selecção e ganhar um campeonato africano com ela. Quanto ao CAN em 2010, Salula acredita que Angola vai chegar a final. O atleta é trabalhador de uma empresa privada.

Por dentro

Nome completo:
Feliciano Manuel Salula
Filiação: Fernando Brito Salula e de Vunge Joaquim
Data de nascimento:
25 de Setembro de 1987
Naturalidade: Luanda
Estado civil: Solteiro
filhos: Nenhum
Peso: 72 Kg
Calçado: 42
Altura: 1, 70 cm
Hooby: Ver o mar
Melhor jogador:  Robinho
Perfume: Tudo que cheira bem
Filmes: Acção
Musica: Românticas
Prato: Funje com carne seca
Bebida: Sumo
Carro próprio: Não
Cor: Azul
Casa própria: Não
Clube do coração:
Petro de Luanda
Virtude: Honestidade
Defeito: teimosia
Acredita em Deus: Sim, porque ele é o criador da natureza
Religião: Católica

 Altos e Baixos

"Estava nas nuvens"
“O meu grande episódio foi quando o meu pai veio ver-me jogar. Depois do jogo fui jantar com ele. Eu estava nas nuvens. O meu pai estava orgulhoso de mim e, eu também, afinal estava a defender as cores do seu clube do coração”.

Sonho adiado
“Na época o treinador era o Nejó. O meu sonho inicial ficou pelo caminho, quando por motivos de doença retirei-me dos campos. Assim, de ajudar o clube a ganhar muitos títulos e ao mesmo tempo almeja atingir a selecção nacional, os Palancas Negras”.