Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

So Paulo ganha menos com a Frmula Indy

08 de Abril, 2010

A Prefeitura de So Paulo diz ter investido USD 20 milhes

Fotografia: AFP

A cidade de São Paulo, no Brasil, ganhou menos que o esperado com a realização da primeira etapa da temporada 2010 da Fórmula Indy. De acordo com relatório da SPTuris, foram arrecadados cerca de 40 milhões de dólares a menos do inicialmente planeado.
A expectativa era que, devido ao evento, o município recebesse cerca de 120 milhões de dólares, mas só 80 milhões efetivamente foram gastos na maior cidade do país.

 O número de turistas também foi menor que o planeado: 21 mil (cinco mil estrangeiros), contra 31 mil (seis mil estrangeiros) inicialmente esperados."Esse retorno é visto como negativo em relação ao que foi esperado. Mas receber 80 milhões de dólares tendo em vista o pouco tempo em que a Indy foi divulgada e feita (três meses), com todas as dificuldades que tivemos para um primeiro evento, pode ser considerado (o valor) muito positivo", comentou o presidente da SPTuris, Caio de Carvalho, em entrevista à "Folha de São Paulo".

Caio Carvalho afirmou que se forem contabilizados os gastos dos próprios paulistanos com a Indy, a arrecadação sobe para 100 milhões de dólares. O presidente da SP Turis espera um aumento desse número nos próximos anos - a cidade possui mais quatro anos de contrato com a organização da Indy. "Acredito que nas próximas corridas a receita chegue a Usd 150 milhões", afirmou. A Prefeitura de São Paulo diz ter investido 20 milhões de dólares para a realização da etapa da Indy.

Benfica encaixa boa soma em prémios na Liga Europa

Benfica é a equipa que mais dinheiro ganhou (2,3 milhões de euros) em prémios entre as que iniciaram a Liga Europa, numa fase em que ainda decorrem os quartos-de-final da prova. Entre os clubes que estão em competição e que apenas jogaram esta primeira edição da nova competição da UEFA, os encarnados foram os que ganharam mais dinheiro. Até ao momento, o Valência amealhou 2,25 milhões, seguidos por Fulham (2,19 milhões) e Hamburgo (2,13 milhões).

O Benfica começou por somar 1,5 milhões de euros na primeira fase (900 mil euros de entrada na fase de grupos e mais 600 mil por cinco vitórias) e já na fase a eliminar acrescentou 810 mil euros.Entre os oito finalistas da Liga Europa, quatro equipas são provenientes da Liga dos Campeões e as verbas que alcançaram são, por isso, muito superiores.

Liverpool, Wolfsburgo, Standard Liège e Atlético Madrid juntaram os 810 mil euros conquistados até ao momento na Liga Europa aos muitos milhões de euros trazidos da "Champions". Os "reds", adversários das águias, já arrecadaram 9,9 milhões de euros.

Bingo do FC Porto cria polémica

Os trabalhadores do Bingo do FC Porto propuseram, recentemente, ao clube a reabertura "de imediato2 da sala até à entrega a um concessionário, evitando o despedimento colectivo e o pagamento das indemnizações."Propomos que o FC Porto reabra de imediato o bingo até à realização de um concurso a fazer pela secretaria de Estado do Turismo, tendo em vista a entrega da sala a um novo concessionário", disse à Lusa Francisco Figueiredo, do Sindicato dos Trabalhadores da Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Norte.

Francisco Figueiredo disse que "o encerramento do Bingo do FC Porto é ilegal uma vez que a secretaria de Estado de Turismo não autorizou o encerramento da sala". "O FC Porto tem a concessão até 2013 e, para encerrar antes, tem que ter uma autorização prévia da secretaria de Estado "a ocupação do bingo aumentou 5,3 por cento desde que o FC Porto está a gerir directamente a sala de jogo, em Agosto de 2008", acusando o clube de “ter deixado o bingo ao abandono".

"O FC Porto sempre votou ao abandono aquele sala. Desde que retomou a gestão directa, nunca tomou medidas tendo em vista a sua viabilização”, criticou, acrescentando que o clube decidiu fechar o bingo porque "precisa daquela sala, no Estádio do Dragão, para outras actividades”.

O FC Porto anunciou o encerramento da sala de jogo, no passado dia 31, invocando prejuízos mensais de cerca de 6.500 euros. "Face ao quadro de crise que o país atravessa e que se reflecte em todas as actividades, a exploração continuou a ser negativa mês após mês. Não resta outra saída que não seja a de encerrar o espaço, apesar dos prejuízos humanos que a decisão possa acarretar e que se lamentam", explicou a direcção do FC Porto em comunicado na página oficial.

Emprestados portistas custam milhões

O FC Porto pode poupar alguns milhões de euros em salários se resolver, como pretende, alguns casos bicudos. A SAD tem mais de 20 jogadores a rodar, alguns dos quais terminam contrato já em Junho, como são os casos de Kazmierczak e Bruno Moraes. Preocupante é a evolução de activos como Stepanov ou Rentería, cujos vínculos expiram em 2011. Ou seja, a possibilidade de lucrar com estes jogadores esgota-se no verão.

Além do investimento efectuado, há que recordar que esta dupla custa, anualmente, mais de um milhão de euros, pelo que a SAD tem todo o interesse em negociar os seus passes. Há ainda outros activos muito caros e que não representam proveito desportivo, mas que ainda têm contrato por mais do que uma temporada. São os casos de Pelé (Valladolid), Prediger (Boca) e Leandro Lima (Cruzeiro), por exemplo. Os dragões não enjeitariam ofertas por estes jogadores.

Profícuas foram as cedências ao Olhanense. Castro e Ukra estão garantidos no novo plantel do FC Porto, ao passo que Ventura, Tengarrinha e Rabiola tiveram oportunidades e valorizaram as suas carreiras.Sapunaru vai regressar, naturalmente, ao passo que alguns jovens valores devem continuar a rodar: Hélder Barbosa, Candeias, Diogo Viana, André Pinto, Rui Pedro ou Josué são bons exemplos. A ficha de jogadores da SAD é extensa, mas deve ser reduzida no defeso.