Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Sporting do Bi Comemorou 95 Anos

Jos Chaves, no Kuito - 12 de Maio, 2010

Sporting Clube do Bi, um dos mais antigos do pas

Fotografia: Jornal dos Desportos

Depois de viver um período bastante conturbado por força da conjuntura por que o país passou entre 1993 a 1997, fase considerada como a mais difícil da história do clube, dada a guerra que assolou o país e destruiu as suas infra-estruturas desportivas e sociais, actualmente o quadro é de grande satisfação.

O triste cenário em que esteve mergulhado passa a fazer do passado. Nos dias que correm, estão em curso projectos de reabilitação e construção de novas infra-estruturas desportivas e de reorganização interna da agremiação. Prova disso é a reabilitação do Pavilhão Gimnodesportivo, reinaugurado em 2008.

O Sporting do Bié foi sempre uma agremiação humilde, mas com brio e aplicação. Desde a sua criação, participou em diversas provas quer a nível provincial quer nacional.Vários jogadores, de diferentes gerações, vestiram a camisola do clube, como são os casos de Augusto Silva "Alvarito", actual secretário-geral da Federação Angolana de Futebol, Smith (ex-dirigente desportivo do Clube 1º de Agosto), General Lúcio do Amaral, José Amaral (actualmente ocupa um cargo administrativo na direcção do Santos Futebol Clube de Angola), Balsa, Henrique Leite, Malaquias, Berna, Berito, Tide, Guilherme, Mbiavanga, Chiquito, Marroquino, Rilas, Meno entre outros.

Após a independência nacional, a 11 de Novembro de 1975, a agremiação passou por uma fase menos boa, chegando a fechar as portas. Algum tempo depois fundiu-se com o Desportivo da  Sonangol e mais tarde com a equipa da Direcção Provincial  da Justiça, passando assim a designar-se União Sport do Bie. Anos depois, passou a ser designado por União Petro do Bié.

Entretanto, tais mudanças foram efémeras, tendo durado apenas uma década, já que nos anos 90 a colectividade ganhou a designação de Sporting Clube Petróleos do Bié.

O clube possui um grande património físico, capaz de fazer inveja a maioria dos clubes angolanos. Possui um estádio de futebol, “dos Eucaliptos” (com capacidade para oito mil espectadores), um gigantesco complexo desportivo, constituído por um  pavilhão gimnodesportivo, onde funciona a sede social e serve para modalidades de salão.

O mesmo possui uma quadra de jogos, uma tribuna de imprensa, uma tribuna VIP, placar electrónico, uma sala de estágio, escritórios, balneários, um parque de estacionamento e restaurantes. Dentro do complexo desportivo existe um cine-teatro, com uma sala para exibição de filmes, outra para realização de conferências e palestras, um palco para sessões musicais e exibição de peças teatrais e uma sala de exposições.

Aposta na formação de atletas

Manuel Nunes, presidente de direcção do Sporting Clube do Bié, disse à nossa reportagem que o clube vai continuar a apostar seriamente na formação de novos atletas, em modalidades tradicionais como o futebol, o andebol e o basquetebol.A formação de novos atletas, principalmente nas modalidades acima referenciadas, tal como realça o presidente de direcção.

"A execução de projectos de formação de novos talentos capazes de se imporem, mais tarde, na alta competição, visando reforçar as principais equipas das referidas modalidades, constituiu um dos principais pólos de acção para os próximos três anos", explica.

Para tal, a direcção pretende dinamizar os moldes de funcionamento das camadas de formação e conferir nova dinâmica aos diferentes sectores.Manuel Nunes diz, por outro lado, que a aposta da sua direcção passa por dar novo figurino às escolas de futebol, já que é dai onde vão sair os atletas que vão dar suporte a futuras equipas principais.

Quatro participações no Girabola

A equipa principal de futebol do Sporting Clube Petróleos do Bié participou em quatro edições do Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão.A sua passagem no Girabola não se pode dizer que tenha sido feliz, porquanto nunca conseguiu se manter na prova por mais de uma época.

Treinaram a equipa no Girabola os técnicos Jaime Chimalanga (1987), Albano César (1999), João Pintar e Arnaldo Gabonal (2001), Kidumo Pedro e António Sayombo (2005).Nos dias que correm, o futebol possui uma escola com 180 atletas, entre iniciados, juvenis e juniores, distribuído entre a cidade do Kuito e da comuna do Kunje.

O projecto é coordenado pelo conceituado treinador Waldemar Serdeira de nacionalidade brasileira.O brasileiro está a dinamizar as camadas de formação do clube, que aposta seriamente na formação de jovens atletas para garantir o futuro que passa pelo regresso ao Girabola em poucos anos.

O  basquetebol, com 80 atletas iniciados, em ambos os sexos, e o andebol com 75 atletas (masculino e feminino) são neste momento as modalidades em que o clube apostou forte para a revitalização e formação.Outras modalidades vão ser revitalizadas a curto e médio prazo, segundo anunciou o secretário-geral do clube.

"Em carteira estão o hóquei em patins, o voleibol e o atletismo", confirma Carlos da Silva.Em tempos idos, a agremiação movimentava o basquetebol, o hóquei em patins e o atletismo, o karaté-do, o judo e ginástica em iniciados, juvenis, júnior e seniores masculinos e femininos.

Futebol quer aparecer em grande em 2012 

O Sporting Clube Petróleos do Bié pode regressar ao Campeonato da Primeira Divisão, vulgo Girabola, em 2012, segundo Carlos Manuel Dias dos Reis, secretário-geral da agremiação."Temos neste momento apenas atletas iniciados, juvenis e de juniores.

No próximo ano, vamos ter os primeiros seniores, todos formados nas nossas escolas. Desta forma, vamos poder disputar o Zonal de Apuramento ao Girabola-2012", realça Carlos da Silva.A escola de formação dos "leões" está subdividida em duas, sendo que uma funciona na cidade do Kuito e outra na comuna do Kunje.

Assim, na capital "biena", o conjunto possui 30 juniores, 50 iniciados e 50  juvenis, enquanto que na Vila do Kunje o núcleo é constituído por 30 juvenis e 40 iniciados. Na temporada passada, o Sporting venceu o campeonato provincial unificado seniores-juniores e o "provincial" de iniciados.

Na forja a reabilitação e construção de novem preendimentos 

O secretário-geral do Sporting Clube do Bié diz que a sua direcção vai apostar na reabilitação do Estádio dos Eucaliptos, prevendo-se a construção de uma nova bancada, a vedação do recinto, colocação do sistema electrónico de irrigação, de torres de iluminação, arrelvamento do campo anexo e a construção de uma hospedaria.

A par dos projectos em carteira, que têm a ver com a construção e reabilitação de estruturas para o auto-sustentabilidade da agremiação, a direcção do clube pretende realizar uma campanha de angariação de novos sócios, projecto que será lançado nos próximos dias. O programa prevê a inscrição de sócios residentes no Bié e também em outras partes do país.

Acções filantrópicas

Apesar de ser uma agremiação desportiva, o Sporting do Bié realiza acções filantrópicas. Segundo Carlos Manuel, os "leões do Bié" têm realizado algumas doações a lares de crianças desfavorecidas, sobretudo na cidade do Kuito e na comuna do Kunje, doando roupa usada e outros produtos.
 
"A par disso, o clube também construiu uma escola no Kunje", explica.Além da vertente desportiva, o Sporting aposta na educação. Desta forma, mantém encontros regulares com os encarregados de educação das crianças que estão inseridas no seu projecto de formação académica.

Seis presidentes
passaram pelos leões


Seis presidentes de direcção dirigiram o clube. O primeiro foi Pedro Tiago Sambambi (em 1976), seguido de Albano de Matos. Depois coube a vez de Amílcar Sérgio Brito, Joaquim Barbos, Ana Nogueira Leite, sucessivamente. Manuel Nunes é o actual presidente de direcção.

O Clube foi fundado a 3 de Maio de 1915, na antiga cidade de Silva Porto, actual Kuito.
O equipamento oficial comporta a camisolas com listas horizontais verdes e brancas, calções pretos e meias listadas horizontais a verde e branco.

A sede social situa-se num dos edifícios da Avenida Sagrada Esperança (Kuito), local onde está também localizado o pavilhão gimnodesportivo.O seu patrocinador oficial é a Total- EP Angola.