Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Stopirra volta a atacar no Sambila

Sardinha Teixeira - 22 de Janeiro, 2011

Edgar Jerónimo Stopirra joga na posição de médio central na equipa sambila

Fotografia: Nuno Flash

A postura elegante e a força de jogar tornaram-se sua marca registada, rendendo-lhe o respeito dos adversários e a admiração do público. Na década de 90, participou no campeonato nacional de futebol da I Divisão, pelo 1º de Agosto, conquistando o primeiro título da carreira, graças à sua invejável condição atlética, transformando-se num ícone da formação militar. Nascido aos 25/12/1976, Stopirra começou a praticar desporto ainda criança até entrar no clube 1º de Agosto na categoria júnior, dando início à condição de atleta federado.

Os 10 anos seguintes foram definitivos para projectarem o atleta entre um dos mais consagrados do clube rubro negro. A jogar como médio central, ele estava sempre preparado para enfrentar os campos. No seu vasto palmarés desportivo, constam duas supertaças, três taças Cosafa e três títulos nacionais. “Cheguei ao máximo. O bonito do desporto é lutar pela vitória. Se outro atleta é melhor do que você, não se pode fazer nada. Sempre aceitei as derrotas. Levar a glória muito a sério faz com que a derrota seja muito forte”, costumava dizer nos dias de vitória.

Edgar Jerónimo “Stopirra”, ainda assim, jogou por dois anos no clube Sagrada Esperança, onde, em 2000, uma lesão o obrigou a desistir à última hora de participar no campeonato nacional, no qual estava inscrito. Em 2009, assinou um contrato com o Progresso do Sambizanga, com o qual regressou à I Divisão. “O Progresso é um clube histórico, que merece estar no convívio dos grandes do futebol angolano, por isso, lutamos para que ele regressasse à I Divisão no Girabola 2011”. O atleta, que este ano volta a jogar pelo clube como titular, espera abraçar a carreira de treinador daqui há dois anos, quando abandonar definitivamente as chuteiras. “Quero ser treinador, custe o que custar!” - disse.

Historial
Fundado, em Luanda, a 17 de Novembro de 1975, o Progresso do Sambizanga estava na II Divisão há três anos. O seu principal registo no escalão maior do futebol nacional é a conquista da Taça de Angola em 1996. O Progresso do Sambizanga está de volta ao convívio dos maiores, desceu à Segundona em 2006. Os sambilas viram agora compensado o esforço que a actual direcção do clube encetou, apostando na formação de um plantel experiente, recheado de futebolistas com passagem por vários clubes de renome do futebol nacional, como Milanzi, Bakala, entre outros.

É o regresso à ribalta de um clube que deu ao futebol nacional tantos e tão bons valores, entre os quais, Praia, Salviano, Santinho, Santo António, Zico e Mantorras, que arrastaram uma massa adepta que vive apaixonadamente o emblema do clube.

Por dentro

Nome:
Edgar Jerónimo “Stopirra”
Data de nascimento: 25/12/1976
Posição: Médio central
Signo: Escorpião
Natural: Luanda
Estado civil: Solteiro
Religião: Ateu
Hobby: Ver filmes
Local da casa preferido: Marquise
Prato preferido: Feijoada
Prato que sabe cozinhar: Bife com batata frita e salada
Restaurante preferido: Não tenho
Tem carro: Sim
Casa: Sim
Género musical: Semba
Filme: Terror
Programa de TV: Noticiosos e desportivos
Momento de tristeza: Quando fiquei afastado dos campos por causa de uma lesão.
Momento de alegria: Os títulos de campeão conquistados com o 1º de Agosto.
Sonho: Ser treinador de futebol.
Progresso do Sambizanga numa palavra: Clube do coração