Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Reportagens

Teresa Quarta continua na direcção

Simão Kibondo - 22 de Abril, 2013

Teresa Filomena Quarta, foi eleita para o segundo mandato

Fotografia: Jornal dos Desportos

A direcção cessante da Associação Mulher e Desporto (AMUD), encabeçada pela jurista Teresa Filomena Quarta, foi eleita para o segundo mandato de quatro anos (2013-2016), na assembleia-geral da instituição, realizada sábado na sala Brasil do Hotel Epic Sana, em Luanda, com a participação de representantes de 11 províncias, cinco delegadas de Federações Nacionais e dez individuais.

A cerimónia de posse não foi convocada pela presidente da mesa da Assembleia-Geral, Eufrazina Maiato, pelo facto daquele órgão ter se demitido em bloco.

Teresa Quarta, 51 anos, recordou no seu discurso de posse que desde 2008 e até 2012, não houve nenhuma assembleia-geral, o que dá uma imagem de inactividade e mostra que o órgão não funcionou, “mesmo quando a Direcção assim o quis”.

Os relatórios de actividades das representantes das províncias do Bengo, Bié, Cabinda, Cunene, Huambo, Huila, Kuanza-Norte, Luanda, Malange, Namibe e Uige, presentes no acto de posse, e os votos das Federações Nacionais de Boxe, Ciclismo, Judo, Lutas Amadoras e Ténis justificam que houve de facto trabalho em prol do desenvolvimento do desporto feminino ao longo dos primeiros quatros anos de mandato.

Associação do Namibe
foi considerada modelo


Destes relatórios, foi considerado documento modelo o apresentado pela representante do Namibe, Paulina Ana Maria, porque, segundo a presidente reeleita´, a organização ter evoluído de núcleo para a associação graças ao empenho dos seus membros e os apoios do Governo Provincial.

“O exemplo do Namibe deve ser seguido pelas outras provinciais, pois a sua actividade em prol da Associação Mulher e Desporto, ao nível local, nos últimos quatro anos, fez com que o Governo Provincial incluísse os seus planos de actividades desportivas nas prioridades, tendo por isso beneficiado de um orçamentos para a sua realização”, frisou Teresa Quarta.

Dada a importância dos relatórios de actividades apresentadas pelos representantes das 11 províncias presentes, à semelhança do relatório da Direcção cessante, foi recomendado que fossem compilados para fazerem parte do acervo da organização. 

A associação organizou provas provinciais em diversas modalidades individuais e colectivas, além de uma prova zonal disputada no segundo semestre de 2012 na província do Uíge.

Para este mandato, a prioridade é a realização do segundo zonal que deve acontecer ainda este ano na província de Malange.

Na mesa que dirigiu os trabalhos estiveram Teresa Quarta, Justino Fernandes, na qualidade de representante do Porto de Luanda, um dos patrocinadores da instituição e a representante da Associação do Namibe.

A Comissão eleitoral foi coordenada pelo Vice-presidente da Federação dos Desportivos Náuticos de Angola, José Junça, Agostinho Neto, na qualidade de secretário e como vogal, Nunes Ricardo Capapelo


DIRIGISMO DESPORTIVO
Candidata ao Comité Olímpico


Teresa Quarta vai concorrer como representante da Associação Mulher e Desporto, ao Comité Olímpico Angolano (COA) para o mandato 2013-2017. Também tema assento na Federação Angolana de Futebol (FAF), onde cumpriu, até agora, três mandatos. Em 1996, foi convidada a representar a Federação Angolana de Judo (FAJ), presidida por Rodrigues de Castro, no Comité Olímpico Angolano (COA).

No olimpismo angolano foi proposta para a Comissão Executiva (Direcção) no elenco do presidente Rogério Silva e, no primeiro mandato de Gustavo da Conceição assumiu  a coordenação da Comissão do COA “A Mulher e o Desporto”, tendo trabalhado para a criação, em 2009, da Associação Mulher e Desporto.

Ainda como representante do COA foi nomeada para a Comissão Jurídica da Associação dos Comités Olímpicos Africanos (ACNOA) e para o Comité Executivo da Confederação Africana de Basebol e Softbol. Actualmente, é vice-presidente da ACNOA e atende as questões humanitárias.

A última distinção de Teresa Quarta nos organismos desportivos internacionais, aconteceu em Março de 2011, ao ser nomeada para o Comité Olímpico Internacional (COI) para a Mulher e o Desporto, cargo vitalício, desde que se mantenha em cargos de direcção no associativismo desportivo angolano.
Novo elenco da associação.

O novo elenco da AMUD tem como presidente da Mesa da Assembleia-Geral, Florbela Araújo, coadjuvada por Domingas Custódio e Manuela Abraão, como secretária.

Na Direcção, Teresa Quarta tem como vice-presidente, Carla de Sousa, Maria Gonçalves( secretária geral) Marília João ( tesoureira). Fátima Silveira preside ao Conselho Fiscal que tem como vogais Ana Miguês, Regina Mário ( representante do Uíge) e Luzia Jacinto( Malange).  

POR DENTRO

Nome completo: T
eresa Filomena Fragoso Quarta
Filiação: Joaquim Fragoso Nogueira e Maria da Conceição Alves de Castro
Data e local de Nascimento:2 de Dezembro de 1961 em Kinshasa (RDC)
Filhos: Quatro
Altura: 1,63m
Estado Civil: Casada
Calçado: 38,5
Filmes: Históricos e científicos
Hobby: Ver novelas
Prato Preferido: Dieta
Bebida: Água
O que mais teme: Nada
Defeito: Trabalhar muito
Religião: Católica
Cor:  Vermelho e branco