Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Adepto morre com dois tiros

03 de Fevereiro, 2015

Eles admitem os disparos", declarou o porta-voz da Polícia ao jornal "Zero Hora". Maicon de Lima ainda foi levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos

Fotografia: AFP

A violência contra os adeptos parece não ter fim no Brasil. As mortes continuam a somar entre os jovens e as autoridades não encontram antídoto para terminar com as rixas. Recentemente, o jovem de 17 anos de idade, Maicon de Lima, foi atingido por dois tiros e morreu durante os confrontos entre as claques de Novo Hamburgo e Aimoré, do Campeonato Estadual do Rio Grande do Sul.

Os confrontos entre as duas claques aconteceram após o jogo na cidade de Porto Alegre e tiveram a intervenção da Polícia Militar. Os dois tiros, que mataram o jovem, podem ter sido disparado pela Polícia Militar que procurava travar os confrontos, segundo o jornal brasileiro Lance. Os factos estão a ser apurados, de acordo com a Polícia Civil de São Leopoldo.

“É um caso gravíssimo. Os Polícias Militares envolvidos na ocorrência estão a ser ouvidos. Não está descartada a hipótese de que o tiro que matou o jovem possa ter partido da arma de um Polícia Militar. Eles admitem os disparos", declarou o porta-voz da Polícia ao jornal "Zero Hora". Maicon de Lima ainda foi levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.