Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Adidas teve oportunidade de assinar com astro Jordan

26 de Março, 2015

Michael Jordan viu ser-lhe rejeitado um acordo de patrocínio

Fotografia: AFP

O The Wall Street Journal recordou, este fim de semana, um episódio que para sempre pode ter marcado a marca alemã Adidas. Em 1984, o jovem Michael Jordan viu ser-lhe rejeitado um acordo de patrocínio, tudo porque a germânica o considerou... “demasiado baixo”. Assim, a Adidas decidiu na altura continuar a apostar em jogadores mais altos, os postes, por serem os jogadores com o perfil que procuravam para dar a cara à marca. Ao cabo de 30 anos, os responsáveis da marca alemã devem-se arrepender todos os dias da decisão, já que Jordan veio a  tornar-se naquele que para muitos é considerado o melhor jogador da história.

ONLINE
Carbonero lança negócio


Com a popularidade em baixa e com menos campanhas publicitárias, Sara Carbonero, lança-se num negócio online. A companheira de Iker Casillas juntou-se à colega da Mediaset Isabel Jiménez para lançar Slow Love, avança o site espanhol Vanitatis. A empresa foi criada em Fevereiro e tem como objectivo comercializar “uma ampla gama de produtos”, conforme consta do registo comercial. Slow Love ainda é um projecto em desenvolvimento da jornalista que ficou conhecida depois do Mundial de 2010, na África do Sul, quando deu um apaixonado beijo ao guarda-redes em plena zona mista da competição.