Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Assdio na Colmbia

21 de Janeiro, 2015

Professor de profisso trocou de clube e de nmeros de telefones para evitar a presso dos adeptos colombianos

Fotografia: AFP

A entrada despretensiosa em Falcão García num jogo da Taça da França transformou o desconhecido Soner Ertek, jogador do Monts d'Or Azergues, em homem procurado na Colômbia. Em entrevista ao jornal britânico Mirror, o atleta amador falou das ameaças e do assédio que tem recebido desde o dia infame no qual provocou a grave lesão do artilheiro colombiano num jogo contra o Monaco na Taça da França.

Membro de uma equipa não profissional, o professor de escola primária contou que a partir do momento que chegou a casa após a derrota por 3 a 0 diante do Monaco, o seu telefone, Facebook e email não paravam de ser contactados. Em comum, as pessoas que ligavam e mandavam mensagens para Ertek tinham a origem. A maioria vinha da Colômbia e uma parte delas lembrou um evento que assusta o jogador amador: o assassinato de Andres Escobar, morto por ter feito um golo contra no Campeonato do Mundo de 1994.

"Víamos que as ligações vinham da Colômbia e eram feitas depois da meia noite. No fim, trocamos todos os telefones", disse a esposa de Ertek, Selvinaz.

Selvinaz disse que o jogador amador era aterrorizado na internet e viu fotos a mostrar Ertek próximo a uma imagem de Andres Escobar com as palavras: "O homem mais procurado na Colômbia". A frase deixou "chocada" Selvinaz e "com medo".

No dia seguinte ao jogo contra o Monaco, quando o professor chegou na escola para trabalhar, um pai de aluno avisou que o nome Soner Ertek era um dos termos mais falados no Twitter na Colômbia. Sem saber o que era a rede social, deparou-se com uma dor de cabeça, quando o rompimento do ligamento cruzado de Falcao foi confirmado. O teor das mensagens envidas intenficaram-se.

Sob toda a pressão, Ertek falou que o apoio das crianças foi importante. "A gente passava 10 minutos a contar o que tínhamos feito na noite anterior e as crianças vinham com poemas e desenhos para me dar suporte. Ninguém falava do Falcao na classe. Era um momento de inocência. Foi bom para mim", afirmou.

O atleta amador trocou de clube. Agora, defende o Villefranche, onde é conhecido pelos companheiros de equipa como Mister Falcao.
"Não é o apelido que escolheria, mas vou ter de viver com isso", finalizou.

GISELE E FILHOS
A claque de Tom Brady na final


Tom Brady é jogador de futebol americano e casado com a modelo Gisele Bundchen, com quem tem três filhos. Prestes a entrar em campo no próximo domingo para a sua nona final da conferência AFC da NFL, o quarterback do New England Patriots, que encara o Indianapolis Colts no Gillete Stadium, recebeu o apoio da família antes da final.

Gisele compartilhou no seu Instagram duas fotos dos filhos prontos para torcer para o pai. Numa delas, os três aparecem vestidos com a camisa 12 dos Patriots, com o nome Brady inscrito nas costas. Na outra, o trio exibe um cartaz feito especialmente para o jogador, com os dizeres: "Vai, Patriots!! Te amamos, papai!!"