Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Brittney escapa de facadas

07 de Novembro, 2014

Apesar do incidente Griner entrou em quadra com a sua equipa no dia seguinte e jogou muito bem

Fotografia: AFP

Uma das principais estrelas da WNBA (maior competição do basquetebol feminino americano) e da selecção dos EUA (actual campeã mundial), a poste Brittney Griner passou por momentos de apuros na última segunda-feira, após o treino da sua equipa, o Beijing Great Wall, em Shenyang, na China.

A jogadora de 24 anos, que pertence ao Phoneix Mercury, dos EUA, sofreu um ataque violento dentro do autocarro que transportava a sua equipa chinesa e por pouco não foi esfaqueada por um assaltante.

De acordo com informações da Agência AP, um homem seguiu Griner e mais duas jogadoras do Beijing Great Wall até ao autocarro, invadiu a viatura e começou a gritar, balançando descontroladamente a faca que carregava. O objecto atingiu de raspão o cotovelo da poste, mas ela não sofreu nenhuma lesão mais séria.

O motivo? Griner vestia dois espessos casacos para se proteger do frio, e a faca não entrou em contacto com a sua pele. A poste sofreu somente cortes superficiais, mas nem sequer teve de levar pontos. Depois do ocorrido, e ainda antes de jogar e dar um "show", ela revelou detalhes do ataque.
“O assaltante estava claramente bêbado ou então com algum descontrolo emocional”, disse a jogadora.

"Ele gritava que nós tínhamos agredido a sua esposa, mas era bem claro que ele não tinha a mínima ideia de quem éramos”, acrescentou. Apesar do incidente, Griner entrou em quadra com a sua equipa no dia seguinte e, curiosamente, jogou muito bem, encerrando o jogo com o Liaoning Hengye com um duplo-duplo de 19 pontos e 11 ressaltos. Brittney Griner joga pelo Phoenix Mercury, foi campeã da WNBA este ano e acabou eleita a melhor defensora da temporada. Como a competição americana está em período de férias, ela assinou um contrato para defender o Beijing Great Wall até a próxima temporada começar. Recentemente, Griner conquistou o título mundial com a selecção dos Estados Unidos.