Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Cazenga domina nacionais

26 de Janeiro, 2016

Emoções da Garrafinha contagiam alunas de várias províncias do país no campo multiusos Manuel Berenguel

Fotografia: Jornal dos Desportos

Politécnico do Cazenga de Luanda lidera o Campeonato Nacional de Garrafinha que decorre desde sábado último, no campo multiuso Manuel Berenguel, à Rádiodifusão Nacional de Angola, com um total de 30 pontos.

Dotado de atletas rápidas e visionárias, o Politécnico do Cazenga ostenta os títulos de campeão municipal (dois) e é o actual campeão de Luanda. Ontem, as meninas voltaram a vencer na competição e desta vez cilindraram a formação de Benguela por 25-11.

Noutra partida, a equipa do Namibe venceu a formação do Huambo por 18-14. Ao intervalo, as meninas das terras da Welwitchia Mirabilis já venciam por 10-6. O sorriso também chegou às hostes das representantes de Malange. Em jogo equilibrado, as meninas das terras da Palanca Negra Gigante venceram as das terras de jacaré bangão, província do Bengo, por 25-15.

Na jornada anterior, Puniv do Sambizanga foi superior à equipa do Namibe e venceu por 26-15. Ao intervalo, já vencia por 12-5. A equipa de Malange derrotou a de Benguela por 24-9. Ao intervalo já vencia por 12-5. Na primeira jornada da competição nacional, Politécnico do Cazenga venceu a do Bengo por 30-20, com réplica da Angélica e a Messi.

A dupla tem sido a orientadora da equipa de Luanda e leva o grupo a jogar com precisão. Angélica e Messi fintam com facilidades as adversárias. A destreza das meninas arranca aplausos dos espectadores, a maioria feminino. A competição nacional é disputada pelas equipas de Malange, Bengo, Huambo, Namibe, Benguela e Luanda. Os representantes das províncias da Huíla, Cuanza Sul, Cuanza Norte e Uíge desistiram da competição.

A organização da competição desconhece as motivações das desistências e aguarda as explicações das equipas.O campeonato nacional da garrafinha é organizado pela Associação dos Amigos das Actividades Extra-escolares, uma instituição sem fim lucrativo. A prova vai perdurar até o dia 30 do corrente. A população é chamada a doar alguns bens de primeira necessidade no campo Manuel Berenguel e Complexo Escolar do Cazenga para uma instituição de caridade.