Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Claque do Flamengo suspensa

15 de Março, 2015

No processo também foi incluído episódio do dia 1 de Março quando Flamengo e Botafogo jogaram no Maracanã

Fotografia: AFP

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro havia pedido, na última quinta-feira, o afastamento da claque Jovem do Flamengo dos estádios e eventos desportivos, por causa da confusão e invasão dos balneários em partida entre a equipa rubra e negra e o Macaé no dia 31 de Janeiro.

A Justiça carioca acatou sexta-feira a solicitação do órgão e emitiu que suspende a claque, incluindo os seus membros e associados, pelo prazo de um ano.

A determinação proíbe a claque de entrar ou permanecer em qualquer local onde houver qualquer competição desportiva. Também fica proibida de levar objectos ou peças de roupa (incluindo instrumentos musicais), ou promover aglomerações entoando cânticos que façam alusão à presença dos adeptos num raio de 5 km das partidas.

O Grupo Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) encaminhou informações de que integrantes da Torcida Jovem invadiram os vestiários do Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé, antes do empate por 1 a 1 entre a equipa da casa e o Flamengo. Na ocasião, os membros da Torcida furtaram objectos, intimidaram atletas e comissão técnica e chegaram a agredir o guarda-redes Ricardo Berna.

No processo também foi incluído o episódio do dia 1 de Março, quando Flamengo e Botafogo jogaram no Maracanã e as claques entraram em confronto na estação São Cristóvão do metro. Naquela ocasião, um membro da claque foi preso com arma de fogo e drogas.


Na TV
Tamara Gorro sonha ter programa

“Ser feliz ao lado do meu marido e dos meus futuros filhos. Ter muita saúde para desfrutar da nossa família, não parar de trabalhar e ter o meu próprio programa de televisão.” São estes os sonhos que Tamara quer concretizar no futuro. Não revela se a vamos ver em breve no pequeno ecrã, mas descreve o formato que gostava de conduzir. “Algo divertido e que tenha a ver com a minha personalidade. Adoro futebol, mas, como tenho o meu marido a trabalhar nesse mundo, preferia não fazê-lo”, diz. E tem um projecto para a Rússia. “Está apenas no ar, ainda não está confirmado. Adorava trabalhar aqui”, afirma. A passagem por Portugal ficou guardada no coração de Tamara. Recorda com carinho a vida em Lisboa e os portugueses. Prova disso é que no final da entrevista à Record, fez questão de deixar uma mensagem: “Quero aproveitar para mandar todo o meu carinho e milhões de beijos a todos os portugueses. Vocês marcaram-me. Nunca vos esquecerei.”

Por ofensas
Árbitro processa Felipão

O árbitro Francisco Silva Neto ainda não decidiu se processa o técnico Luiz Felipe Scolari por ter sido chamado de "Chico Colorado" e "Colorado doente" após o último jogo do Grémio, na última quarta-feira, diante do Ypiranga, do Campeonato Gaúcho. "Na verdade eu não tomei nenhuma decisão, mas cansei, cansei. Já é a segunda, terceira vez que escuto na imprensa essas coisas a meu respeito. Tenho dois filhos, mulher, tenho um pai. Estou sempre a fazer o meu melhor para zelar o meu nome. Não consegui pensar ainda, mas é uma coisa que não tolero mais", desabafou o árbitro. A cena aconteceu no segundo tempo da vitória gremista em Erechim. Após expulsar o meio campista Felippe Bastos, o árbitro foi avisado pelo assistente, José Javel, a respeito das palavras proferidas pelo ex-treinador da selecção brasileira, Felipão. Sobre a possibilidade de não apitar mais jogos do Grémio, Neto não teme que isso ocorra e diz que foi elogiado pelo desempenho.