Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Convite a Souleymane

22 de Fevereiro, 2015

Souleymane convidado a assistir ao jogo de segunda volta em Stamford Bridge

Fotografia: AFP

O Chelsea anunciou que vai convidar o homem negro vítima de actos racistas dos adeptos da equipa londrina, na última terça-feira, no Metro de Paris, para a partida de segunda-mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões com o Paris Saint-Germain.

A equipa do sudoeste de Londres, que condenou as acções dos seus adeptos na estação de Richelieu Drouot, convidou Souleymane S., franco-mauritano de 33 anos, e a sua família para estar no Stamford Bridge no próximo dia 11 de Março, como confirmou o técnico José Mourinho. “Talvez esse jovem tenha uma ideia equivocada do que é o Chelsea. Não sei se gosta de futebol ou não, mas asseguro que se vai encantar de saber que as pessoas que estiveram envolvidas no incidente não representam a nossa equipa”, disse Mourinho em conferência de imprensa.

O técnico afirmou que se sentiu “envergonhado”, quando soube do ocorrido e destacou que está “orgulhoso” de treinar o Chelsea, porque sabe que os adeptos envolvidos no acto racista “não representam o clube”. Na última terça-feira, o inglês Paul Nolam gravou com o seu telefone celular no Metro de Paris um grupo de adeptos do Chelsea a impedir várias vezes a entrada de um homem negro num dos vagões.Na gravação realizada antes da partida entre a equipa inglesa e o Paris Saint-Germain, é possível escutar ao fundo os gritos de “Chelsea, Chelsea, Chelsea” e também hinos racistas.

Depois do ocorrido, o clube inglês proibiu na quinta-feira a entrada de três adeptos supostamente envolvidos no caso em Stamford Bridge e suspendeu outros dois na sexta-feira. O clube afirmou que vão ser banidos para o resto da vida, caso sejam encontradas provas esclarecedoras da participação do trio no incidente racista.


LARA ÁLVAREZ
Namorada de Alonso ensina jornalismo desportivo

Depois de ver o programa que apresentava ser cancelado, a namorada de Fernando Alonso não baixou os braços. Lara Álvarez decidiu voltar aos bancos da escola, mas desta vez a desempenhar outro papel. A morena, que conquistou o piloto de F1, regressou à faculdade para passar o seu conhecimento no mestrado de jornalismo desportivo do Centro Universitário Villanueva. Na primeira aula, deu conselhos e transmitiu a paixão pelo desporto. “Que bem fazem as pessoas com sonhos e garra, tão feliz”, escreveu nas redes sociais.