Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Da fama à marginalidade

02 de Junho, 2015

O esquema criado em Scottsdale que apanhou gente de outros Estados custou a ruína a uma aparente sócia de Gatling

Fotografia: AFP

Depois de uma carreira de 11 anos na NBA – onde amealhou mais de 29 milhões de dólares (cerca de 26,4 milhões de euros) e chegou a marcar presença no All-Star Game de 1997 –, Chris Gatling parece ter caído em desgraça. Tanto que, enquanto se encontrava em liberdade condicional (por em 2013 ter sido condenado a prisão por ter invadido uma propriedade alheia, que de seguida tratou de alugar), resolveu montar uma esquema fraudulento, através da Internet, para movimentar somas consideráveis nos cartões de crédito de várias pessoas.

As vítimas, muitas das quais não se apercebiam de nada, pagavam despesas que jamais tinham feito. O esquema, criado na cidade de Scottsdale (Arizona), mas que apanhou gente de outros Estados, custou a ruína a uma aparente sócia de Gatling. De acordo com  as autoridades, a mulher, dona de um ginásio, também foi vigarizada pelo ex-atleta de 47 anos. Com uma média de 10,3 pontos nos 700 jogos realizados na NBA – ao serviço de Golden State, Miami, New Jersey, Cleveland, Orlando, Dallas, Denver e Milwaukee –, Gatling vai ter de  habituar-se agora... a jogar na prisão.