Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Fora de Campo

Da piscina moda

13 de Janeiro, 2016

Depois de participar de uma srie online, ganhou recentemente um personagem num programa da Disney Channel.

Fotografia: AFP

Depois de dedicar-se às piscinas, Isabella Scherer trocou a água pela passarelle. A brasileira de 19 anos de idade passou uma parte da sua adolescência a treinar com seriedade, durante quatro horas por dia e seis dias por semana para erguer a bandeira do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Isabella Scherer chegou a ser vice -campeã brasileira e ganhou várias medalhas nos estilos borboleta, costas e livres. O tempo de treino consumia a sua adolescência e deformava a beleza feminina. Para melhor aproveitamento, decidiu pôr termo às braçadas.

Em declaração à revista Capricho, a brasileira justificou-se: " Estava a ficar com corpo de homem, por isso, parei de nadar".  Para compensar o dia, enveredou pela moda com o apoio do seu pai.

Nas redes sociais, a ex-nadadora publica vídeos sobre moda, exibe combinações preferidas e ensina como ajustar as roupas e acessórios. A fórmula faz sucesso. O seu canal no Youtube tem mais de 112 mil inscritos. No Instagram, são 95 mil seguidores, 11 mil a menos que o seu pai, o medalhista olímpico nos Jogos de Atlanta'1996 e Sidney'2000.

Actualmente, Isabella Scherer arrisca-se na carreira de actriz. Depois de participar de uma série online, ganhou recentemente  um personagem num programa da Disney Channel.

LAMARODOM
Limpo como a água

Lamar Odom saiu do estado de coma e começou a comunicar-se com a equipa médica que o acompanhava. As autoridades que investigaram o ex-basquetebolista Lamar Odom, encontrado inconsciente há três meses num bordel, informaram não terem encontrado vestígios de drogas nas análises ao bicampeão da Liga Norte-americana de Basquetebol, pelos Los Angeles Lakers.

Lamar Odom, que se sagrou campeão pela equipa californiana, em 2009 e 2010, foi internado de urgência em Outubro do ano passado, depois de ter sido encontrado inconsciente num bordel do Nevada, nos Estados Unidos. O atleta ficou internado num hospital de Las Vegas.As autoridades policiais do Condado de Nye revelaram agora que não foram encontrados vestígios de substâncias ilícitas, em todos os exames realizados ao jogador, abortando a suspeita de consumo de cocaína.

Odom representou os Lakers, entre 2004 e 2011, tendo deixado temporariamente a NBA em 2013, após uma época ao serviço dos Los Angeles Clippers. Em Abril de 2014, chegou a assinar pelos New York Knicks para a recta final da época, mas foi dispensado pela equipa três meses depois.
Além dos dois títulos, pelos Lakers, Odom conta também no currículo com a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos Atenas'2004 e o título mundial em 2010, no campeonato disputado na Turquia.